Soyuz 29

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Soyuz 29
Insígnia da missão
Informações da missão
Sinal de chamada Fóton
Número de tripulantes 2
Lançamento 15 de Junho de 1978
20:16:45 UTC
Baikonur LC1
Aterrissagem 3 de Setembro de 1978
11:40:34 UTC
46° Norte, 69° Leste
Duração 79d 15h 23m 49s
Navegação
Soyuz28-patch.png Soyuz 28
Soyuz 30 Soyuz-30 patch.png

Soyuz 29 foi uma missão espacial soviética à estação espacial Salyut 6, realizada entre junho e setembro de 1978.[1][2]

Tripulação[editar | editar código-fonte]

[1][2]

Lançados
Aterrissaram

Parâmetros da Missão[editar | editar código-fonte]

[1][2]

Pontos altos da missão[editar | editar código-fonte]

Cápsula da Soyuz 29, exposta em museu da Alemanha.

O comandante era Vladimir Kovalyonok, e o engenheiro de voo era Aleksandr Ivanchenkov. Vladimir Lyakhov e Valery Ryumin serviram como grupo de apoio. Eles foram o segundo grupo de longa duração da Salyut 6.[1][2]

Com a chegada na Salyut 6, Kovalyonok e Ivanchenkov mudaram os regeneradores de ar e o sistema de regulação térmica, e ativaram o sistema de reciclagem de água para reprocessar a água deixada pelo grupo Tamyrs. Em 19 de Junho a Salyut 6 estava em uma órbita entre 368 km e 338 km. A temperatura a bordo era de cerca de 20 °C, e a pressão do ar era de 750 mmHg (100 kPa). Logo após isto, Kovalyonok e Ivanchenkov realizaram a manutenção na trava de ar da estação, instalaram equipamento que eles trouxeram no módulo orbital da Soyuz 29, e testaram o sistema de orientação Kaskad da estação.[1][2]

A estação operou em modo de gravidade-gradiente estabilizada entre 24 de Junho e 26 de Junho para evitar que os motores do sistema de controle de altitude disparassem, o que poderia causar interferências com um experimento de queima com duração de 3 dias usando o forno Splav-01. O grupo anterior instalou o forno no no compartimento intermediário de modo que ele pudesse operar no vácuo.[1][2]

Durante sua estada na Salyut 6, dois grupos visitantes embarcaram na estação. O segundo grupo substituiu a nave Soyuz, permitindo que o grupo ficasse no espaço mais tempo do que o tempo de vida designado da nave espacial. Eles aterrissaram com a nave Soyuz 31 em 2 de Novembro de 1978.[1][2]

A nave Soyuz 29 aterrissou com o grupo visitante lançado na Soyuz 31: Valery Bykovsky e Sigmund Jähn, o primeiro cosmonauta alemão.[1][2]

A cápsula está a mostra no Deutsches Museum em Munique, Alemanha.[1][2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d e f g h i Mark Wade. «Soyuz 29». Encyclopedia Astronautica. Consultado em 21 de julho de 2019 
  2. a b c d e f g h i Joachim Becker e Heinz Janssen (20 de abril de 2018). «Soyuz 29». SPACEFACTS. Consultado em 21 de julho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]