Soyuz MS-19

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Soyuz MS-19
Insígnia da missão
Informações da missão
Operadora Roscosmos
Foguete Soyuz 2.1a
Espaçonave Soyuz MS
11F732A48 #749[1]
Número de tripulantes 3
Base de lançamento Baikonur 31/6
Lançamento 05 de outubro de 2021[2]
Baikonur, Casaquistão
Imagem da tripulação
Peresild, Shkaplerov e Shipenko
Peresild, Shkaplerov e Shipenko
Navegação
Soyuz-MS-18-Mission-Patch.png Soyuz MS-18
Soyuz MS-20 Soyuz MS-20 Mission Patch.png

Soyuz MS-19 é uma missão da Soyuz planejada para o dia 5 de outubro de 2021.[3] O voo levará três membros da Expedição 65/66.[4][5] Esta será a 146º missão tripulada da Soyuz. A tripulação consistirá de um comandante russo, do diretor Klim Shipenko e a atriz Yulia Peresild.[6] Shipenko e Peresild deverão passar uma semana na ISS antes de retornarem na Soyuz MS-18, com a intenção de realizarem o filme Vyzov (em russo: Вызов).[7][8] Sem um astronauta dos Estados Unidos, será a primeira vez em mais de 21 anos (Soyuz TM-30 em 2000) que uma Soyuz foi composta unicamente por tripulantes russos e a nave terá de ser atualizada para ser pilotada por uma única pessoa.[9]

Tripulação[editar | editar código-fonte]

Decolagem[editar | editar código-fonte]

Posição Cosmonauta
Comandante Rússia Anton Shkaplerov
UKP[5] Rússia Klim Shipenko
UKP[5] Rússia Yulia Peresild

Pouso[editar | editar código-fonte]

Posição Cosmo/Astronauta
Comandante Rússia Anton Shkaplerov
Engenheiro de voo 1 Rússia Pyotr Dubrov
Engenheiro de voo 2 Estados Unidos Mark Vande Hei

Suplentes[editar | editar código-fonte]

Posição Cosmonauta
Comandante Rússia Oleg Artemyev
UKP Rússia Aleksei Dudin
UKP Rússia Alena Mordovina

Reserva[editar | editar código-fonte]

Posição Cosmonauta
Engenheiro de voo Rússia Dmitriy Petelin
Engenheiro de voo Rússia Sergei Korsakov

Antecedentes e projeto cinematográfico[editar | editar código-fonte]

No dia 14 de maio de 2021, a Comissão Interagências aprovou a composição das tripulações principais e suplentes da ISS para o período de 2021-2023.[10] O cosmonauta Anton Shkaplerov (comandante) e a tripulação do filme "Challenge": a atriz Yulia Peresild e o diretor Klim Shipenko, irão para a ISS na Soyuz MS-19. O drama é um projeto conjunto da Roscosmos, Channel One e o estúdio Yellow, Black and White [ru].[11][12] Os suplentes escolhidos após passarem pela comissão médica são: a atriz do New Drama Theater Alyona Mordovina, o diretor cinegrafista Alexei Dudin[13] e Oleg Artemyev, comandante.[14] Desde o dia 24 de maio os tripulantes estão treinando no Centro de Treinamento Yuri Gagarin.[15] No dia 23 de julho, a tripulação principal participou de uma simulação de quatro horas no interior de uma réplica da Soyuz enquanto usavam o traje Sokol[16] e no dia 30 de julho a nave teve sua preparação de pré-lançamento iniciada.[17] No dia 31 de agosto a comissão médica anunciou que tanto a equipe principal e reserva estavam saudáveis para o voo espacial.[18] No dia 16 de setembro as duas equipes tiveram seu treinamento pré-voo em Baikonur confirmado.[19]

É planejado que o diretor e atriz retornem à Terra no dia 17 de outubro de 2021 na Soyuz MS-18, com o comandante Oleg Novitskiy. O cosmonauta Pyotr Dubrov e o astronauta Mark Vande Hei, que chegaram na ISS na Soyuz MS-18, se juntarão ao Shkaplerov no pouso da Soyuz MS-19.[4][20] O pouso da Soyuz MS-19 está programado para o dia 28 de março de 2022.[21]

Reações[editar | editar código-fonte]

O filme, que de acordo com Dmitry Rogozin, chefe da Roscosmos, é um "experimento para ver se a Roscosmos pode preparar duas pessoas comuns para voarem em cerca de 3 ou 4 meses" recebeu oposição das comunidades científicas e aeroespaciais, como ao fato de removerem cosmonautas treinados de seus voos, um mal uso de dinheiro público[22] ou mesmo de que usar os recursos da estação para propósitos não científicos seria ilegal.[23] Sergei Krikalev, diretor dos programas tripulados da Roscosmos, teria perdido sua posição ao falar contra o projeto,[24] mas foi reinstalado após alguns dias depois de protestos de cosmonautas dentro e fora da ativa.[15]

Série documental[editar | editar código-fonte]

No dia 6 de setembro de 2021 foi iniciada a exibição de uma série documental sobre o projeto.[25]

Filme[editar | editar código-fonte]

Klim Shipenko terá de filmar cerca de 35-40 minutos de filme na ISS, além de assumir a posição de diretor, operador, diretor de arte e maquiador. Oleg Novitsky e Peter Dubrov aparecerão no filme,[26] com Dubrov e Mark Vande Hei ajudando na produção.[27]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Space exploration in 2021». 17 de maio de 2021. Consultado em 17 de maio de 2021 
  2. «Spaceflight mission report: Soyuz MS-19». 12 de setembro de 2021. Consultado em 17 de setembro de 2021 
  3. «Launch Schedule». Spaceflight Now. 23 de fevereiro de 2021. Consultado em 25 de fevereiro de 2021 
  4. a b «Срок полета двух членов экипажа «Союза МС-18» увеличат». ТАСС (em russo). 14 de março de 2021. Consultado em 23 de abril de 2021 
  5. a b c «Roscosmos appointed ISS crews until 2023». 19 de maio de 2021. Consultado em 16 de julho de 2021. Participants of the joint project of Roscosmos and Channel One Klim Shipenko and Yulia Peresild have been included in the ISS-66 expedition prime crew... 
  6. Фильм «Вызов»: итоги медкомиссии
  7. «Russian actress to head to ISS in 2021 to star in first feature film in space». TASS. 2 de novembro de 2020. Consultado em 17 de novembro de 2020 
  8. «Выбраны 20 претенденток на роль в фильме, который будут снимать на МКС» (em russo). Интерфакс. 9 de março de 2021 
  9. «Soyuz crewing plans for 2021 now clearer». 16 de março de 2021. Consultado em 25 de julho de 2021 
  10. «Космонавты готовятся к очередной экспедиции на МКС» (em russo). ЦПК им. Ю.А.Гагарина. 25 de maio de 2021. Consultado em 25 de maio de 2021 
  11. «Актриса и режиссер фильма «Вызов» полетят к МКС 5 октября» (em russo). ТАСС. 29 de abril de 2021. Consultado em 30 de abril de 2021 
  12. «Экспедиция МКС-65/66. План полёта». Русский космос (em russo). Abril de 2021. p. 17 
  13. «Фильм «Вызов»: итоги медкомиссии» (em russo). Роскосмос. 13 de maio de 2021. Consultado em 13 de maio de 2021 
  14. Носенкова С. (Abril de 2021). «В открытом космосе рекорды не самая хорошая вещь». Русский космос (em russo) 
  15. a b «Russian Movie in Space Part 8». 10 de julho de 2021. Consultado em 25 de julho de 2021 
  16. «У основного экипажа МКС-66 начались совместные тренировки» (em russo). 23 de julho de 2021. Consultado em 23 de julho de 2021 
  17. «На Байконуре началась предполетная подготовка корабля «Союз МС-19»» (em russo). 30 de julho de 2021. Consultado em 7 de agosto de 2021 
  18. «Члены экипажей МКС-66 признаны годными к космическому полету» (em russo). 31 de agosto de 2021. Consultado em 2 de setembro de 2021 
  19. «Межведомственная комиссия допустила экипажи МКС-66 к предстартовой подготовке на Байконуре» (em russo). 16 de setembro de 2021. Consultado em 17 de setembro de 2021 
  20. «На МКС 10 человек». Роскосмос (em russo). 9 de abril de 2021. Consultado em 30 de abril de 2021 
  21. «ISS: Expedition 67». spacefacts.de (em inglês). 15 de junho de 2021. Consultado em 16 de junho de 2021 
  22. «Russian actresses who will compete for trip to ISS identified». 21 de março de 2021. Consultado em 25 de julho de 2021 
  23. «Russia looks for actress to steal Tom Cruise space movie thunder». 4 de novembro de 2020. Consultado em 25 de julho de 2021 
  24. «СМИ: Космонавт Сергей Крикалев лишился должности в «Роскосмосе» после критики идеи съемок на МКС» (em russo). 13 de junho de 2021. Consultado em 25 de julho de 2021 
  25. «Вызов. Первые в космосе. 1 серия» (em russo). 6 de setembro de 2021. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  26. «Создатели научно-просветительского проекта «Вызов» раскрыли некоторые секреты фильма» (em russo). 31 de julho de 2021. Consultado em 7 de agosto de 2021 
  27. «Russia to switch to year-long expeditions to orbital outpost, says Roscosmos chief». 16 de junho de 2021. Consultado em 12 de julho de 2021 

Precedido por
Inspiration4
Voos tripulados
Sucedido por
Shenzhou 13