SPECTRE (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Spectre (filme))
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o filme. Para outros usos, veja Spectre.
Spectre
007 Spectre (PT)
007 Contra Spectre (BR)
Pôster promocional
 Reino Unido
 Estados Unidos

2015 •  cor •  148 min 
Direção Sam Mendes
Produção Michael G. Wilson
Barbara Broccoli
Coprodução Daniel Craig
Andrew Noakes
David Pope
Roteiro John Logan
Neal Purvis
Robert Wade
Jez Butterworth
História John Logan
Neal Purvis
Robert Wade
Baseado em James Bond, por Ian Fleming
Elenco Daniel Craig
Christoph Waltz
Léa Seydoux
Ben Whishaw
Naomie Harris
Dave Bautista
Monica Bellucci
Ralph Fiennes
Gênero Ação
Música Thomas Newman
Direção de arte Dennis Gassner
Direção de fotografia Hoyte van Hoytema
Figurino Jany Tamime
Edição Lee Smith
Companhia(s) produtora(s) EON Productions
Distribuição Metro-Goldwyn-Mayer
Columbia Pictures
Lançamento Reino Unido 26 de outubro de 2015
Brasil 5 de novembro de 2015
Portugal 5 de novembro de 2015
Estados Unidos 6 de novembro de 2015
Idioma Inglês
Orçamento US$ 245 milhões[1]
Receita US$ 880,674,609[1]
Cronologia
Skyfall
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Spectre (007 Contra Spectre (título no Brasil) ou 007 Spectre(título em Portugal)) é um filme britânico, o vigésimo quarto da franquia cinematográfica de James Bond, produzido pela EON Productions e o quarto estrelando Daniel Craig interpretando o agente secreto 007.[2] Spectre é dirigido por Sam Mendes, o mesmo do predecessor Skyfall, escrito por John Logan, Neal Purvis, Robert Wade e Jez Butterworth, e também tem no elenco Christoph Waltz, Léa Seydoux, Monica Bellucci, Ralph Fiennes, Dave Bautista, Naomie Harris, Ben Whishaw, Rory Kinnear e Andrew Scott.[3] O filme marca o retorno do sindicato do crime Spectre, presente nos primeiros filmes da série com Sean Connery e George Lazenby. Spectre foi lançado no Brasil em 5 de novembro de 2015.

O filme recebeu críticas geralmente positivas, que elogiaram as sequências de ação, o seu estilo, fotografia, a atmosfera de suspense e ação, com Waltz e Bautista recebendo muitos elogios por suas performances como Blofeld e Hinx. Foi um grande sucesso de bilheteria, arrecadando mais de 880 milhões de dólares, até mesmo superando a de filmes mais aguardados como Batman vs. Superman - A Origem da Justiça. Venceu o Oscar de canção Original por Writing's on the Wall de Sam Smith, desbancando a favorita Lady Gaga com Til It Happens To You . Ao ganhar um Oscar Spectre e Skyfall se tornaram os primeiros filmes de James Bond consecutivos desde 007 Contra Goldfinger (1964) e 007 Contra a Chantagem Atômica (1965) a ganharem Oscars.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Após impedir um atentado terrorista na Cidade do México, James Bond (Daniel Craig) é afastado do serviço por M (Ralph Fiennes) e desobedece ordens para descobrir mais sobre um assassino que encontrou no México. Enquanto M enfrenta forças políticas para manter o serviço secreto vivo, Bond descobre que o matador era empregado de uma organização criminosa,mais tarde essa organização é revelada como SPECTRE,a qual Bond já tinha enfrentado nos filmes antigos,que tinha entre seus membros todos os vilões dos primeiros filmes de 007.Mais tarde é revelado que Le Chiffre,Dominic Greene e Raoul Silva também fazem parte dessa organização.

Neste filme os eventos de Casino Royale (2006), 007 - Quantum of Solace e Skyfall são alinhavados e encaixados num quebra-cabeças que por trás estava o tempo todo a SPECTRE arquitetando os planos e sendo derrotados por James Bond

Elenco[editar | editar código-fonte]

Personagem Ator / Atriz Estados Unidos Dublagem Brasil
James Bond Daniel Craig Garcia Júnior
Franz Oberhauser / Ernst Stavro Blofeld Christoph Waltz Élcio Romar
Madeleine Swann Léa Seydoux Adriana Torres
M Ralph Fiennes Márcio Simões
Lucia Sciarra Monica Bellucci Andréa Murucci
Q Ben Whishaw Manolo Rey
Eve Moneypenny Naomie Harris Izabel Lira
Max Denbigh / C Andrew Scott Philippe Maia
Ex-M Judi Dench Geisa Vidal
Tanner Rory Kinnear Sérgio Stern
Sr. White Jesper Christensen Jorge Vasconcellos
Moreau Marc Zinga Carlos Gesteira
Aliado de Oberhauser Guilherme Briggs

Produção[editar | editar código-fonte]

Disputa de direitos[editar | editar código-fonte]

A propriedade da organização SPECTRE e seus personagens relacionados esteve no centro de uma duradoura disputa que começou em 1961 entre o autor Ian Fleming e o produtor Kevin McClory sobre os direitos do romance Thunderball, depois que Ian incorporou na história do livro elementos de um roteiro que foi escrito por Kevin McClory. Fleming fez um acordo judicial com McClory em 1963, dando ao produtor os direitos do filme e assim permitindo que ele produzisse em 1965 Thunderball (com Albert R. Broccoli e Harry Saltzman ficando como produtores executivos). E do filme não-canônico Never Say Never Again de 1983. Sob os termos do acordo, os direitos literários permaneceram com Fleming. Enquanto que a EON Productions obteve uma licença para usar a SPECTRE e os personagens de McClory por dez anos, permitindo que aparecessem nos filmes 007 You Only Live Twice, 007 On Her Majesty's Secret Service e 007 Diamonds Are Forever.[4]

Em novembro de 2013, a Metro-Goldwyn-Mayer e o espólio de McClory finalmente encerraram a disputa com a Danjaq LLC (a empresa mãe da EON Productions), com a MGM adquirindo os direitos autorais completos do conceito da SPECTRE e todos os seus personagens.[5]

Filmagens[editar | editar código-fonte]

As gravações de SPECTRE começaram em 8 de janeiro de 2015 no Pinewood Studios. Locações incluem Londres, Cidade do México, Roma, Tânger e Arfoud no Marrocos, além de Sölden, Obertilliach e Altaussee na Áustria.[6]

Recorde[editar | editar código-fonte]

O filme entrou para o Guinness Book of Records pela maior explosão já ocorrida no cinema, na cena em que o quartel-general da SPECTRE no deserto foi destruído por Bond. Chris Corbould, o supervisor de efeitos especiais e sua equipe, usaram 8418 litros de combustível e 33 quilos de explosivos para conseguirem o recorde e o efeito desejado.[7]

Música[editar | editar código-fonte]

Thomas Newman voltou a compor a trilha sonora após ter feito a de Skyfall.[8] A música-tema, "Writing's on the Wall", foi escrita e gravada por Sam Smith, o primeiro cantor britânico solo responsável por uma canção da série desde Tom Jones em Thunderball.[9] Writing's on the Wall recebeu o Globo de ouro de melhor canção original e o Oscar de melhor canção original.[10]

Referências

  1. a b «Spectre (2015)». Box Office Mojo. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  2. «SPECTRE THE 24TH JAMES BOND ADVENTURE SET TO BEGIN PRODUCTION». Sony Pictures. 4 de Dezembro de 2014. Consultado em 6 de Janeiro de 2015 
  3. «24th James Bond film SPECTRE pushes UK release date to November». MI6. Consultado em 6 de janeiro de 2015 
  4. Lycett, Andrew (1996). Ian Fleming. Londres: Phoenix. p. 432. ISBN 978-1-85799-783-5 
  5. Vejvoda, Jim (15 de novembro de 2013). «MGM, Danjaq Settle James Bons Rights Dispute with McClory Estate». IGN. Consultado em 15 de dezembro de 2014 
  6. «Bond 24 is SPECTRE». MI6. 4 de dezembro de 2014. Consultado em 4 de dezembro de 2014 
  7. «SPECTRE IN THE RECORD BOOKS». www.007.com. Consultado em 27 de janeiro de 2016 
  8. «Bond returns in Spectre». 007.com. Eon Productions. 4 de dezembro de 2014. Consultado em 6 de dezembro de 2014 
  9. «Sam Smith Bond song splits opinion». BBC. 28 de setembro de 2015. Consultado em 28 de setembro de 2015 
  10. AdoroCinema. «Oscar 2016: O Regresso e Mad Max são os principais indicados — veja a lista!». AdoroCinema. Consultado em 27 de janeiro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]