Splatter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Splatter ou gore é um subgênero do cinema de terror que, deliberadamente, se concentra em representações gráficas de sangue e violência gráfica. Estas películas, por meio da utilização de efeitos especiais, tendem a apresentar um interesse evidente na vulnerabilidade do corpo humano e na sua teatral mutilação. O termo "cinema splatter" foi cunhado por George A. Romero para descrever seu filme “Zombie – O Despertar dos Mortos” (Dawn of the Dead) (1978), apesar desse filme geralmente ser considerado pelos críticos a ter aspirações mais altas, como comentário social, do que ser simplesmente apelativo para sua própria causa.

Nos últimos anos, o combinação de violência gráfica e imagens sexualmente sugestivas em alguns filmes tem sido rotulado como "torture porn" ou "gorno" (um portmanteau de "gore" e "porno").[1] Por outro lado, filmes como “Fome Animal” (Braindead) (1992), e até certa medida “Zombie – O Despertar dos Mortos”, os quais apresentando um gore por cima, podem ser interpretados como comédia, e se enquadram na categoria de splatstick .

Referências

  1. Boucher, Geoff (3 June 2007). «A queasy-does-it guy». latimes.com.