Sprint Corporation

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Sprint Corporation foi uma empresa estadunidense do setor de telecomunicações, com um valor de mercado de aproximadamente US$ 77 bilhões (início de 2006), antes de sua aquisição pela T-Mobile em 1 de abril de 2020.[1] Em 2005, foi fundida com Nextel Corporations, empresa que oferecia serviços de rádio sem fio, utilizando a tecnologia iDEN nos Estados Unidos (não confundir com Nextel América Latina, cuja marca é licenciada à NII Holdings, Inc.). A rede de operação desta última foi desativada em junho de 2013.[2]

Em 1 de abril de 2020, a T-Mobile US e Sprint Corporation completaram sua fusão com a T-Mobile agora sendo proprietária integral da Sprint, fazendo com que essa seja uma subsidiária efetiva da T-Mobile até que a marca Sprint seja oficialmente dissolvida. Mudanças na liderança, nos bastidores e na bolsa ocorreram imediatamente, sendo que mudanças para o consumidor ocorrerão ao longo do tempo. Nenhuma linha do tempo foi divulgada para essas alterações.[3][4][5]

Referências

  1. «Sprint Newsroom». newsroom.sprint.com (em inglês). Consultado em 26 de julho de 2019 
  2. http://support.sprint.com/support/article/The_Nextel_National_Network_shut_down_on_June_30/3e5d4663-6111-4595-b141-6ed9a5a6ea18
  3. «T-Mobile and Sprint's merger is officially complete» (em inglês). Consultado em 1 de abril de 2020 
  4. Bellevue; Washington; Overl; Park; April 1, Kansas-; 2020 –. «T-Mobile Completes Merger with Sprint to Create the New T-Mobile». www.t-mobile.com (em inglês). Consultado em 1 de abril de 2020 
  5. «What the T-Mobile & Sprint Merger Means for You | T-Mobile». www.t-mobile.com. Consultado em 1 de abril de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.