Senhor Destino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Sr. Destino)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sr. Destino
Outro(s) nome(s) Kent Nelson
Ocupação Psiquiatra
Afiliações Sociedade da Justiça
Liga da Justiça
All-Star Squadron
Família Laryn Nelson (Filha)
Marissa Nelson (Ex-Esposa)
Aaron Babcock (Pai)
Criado por Gardner Fox
Steve Gerber
Justiniano
Primeira aparição More Fun Comics #55
(Maio de 1940) - EUA
Editora(s) DC Comics
Afiliações Sociedade da Justiça
Liga da Justiça
All-Star Squadron
Ocupação Psiquiatra
Base de operações Las Vegas, Nevada
Parentesco Laryn Nelson (Filha)
Marissa Nelson (Ex-Esposa)
Aaron Babcock (Pai)
Codinomes conhecidos Nabu

Senhor Destino

Habilidades
  • Magia arcana
  • Campos de força
  • Fator de cura
  • Telepatia
  • Telecinese
  • Teletransporte
  • Viagem dimensional
  • Projeção astral
  • Vôo
  • Hipnose
  • Invisibilidade
  • Necromancia

Senhor Destino (Doctor Fate, no original; a tradução não literal serve para diferenciar o personagem do vilão da Marvel Comics, Dr. Destino e do vilão da DC Comics, Doutor Destino) é um feiticeiro e super-herói da DC Comics, e um membro da Sociedade da Justiça da América. Ele foi criado por Gardner Fox e Howard Sherman, e sua primeira aparição foi em More Fun Comics #55. O Sr. Destino original foi Kent Nelson, mas outros já utilizaram sua alcunha e poderes.[1]

More Fun Comics #55 (May 1940) introduziu o primeiro Sr.Destino. Depois de um ano sem histórias de fundo, seu alter ego e origens foram mostrados em More Fun Comics #67 (Maio de 1941).[2]

Seus interesses amorosos são variáveis entre Inza Cramer,[3] Inza Sanders,[4][5] e Inza Carmer,[6][7][8][9] que foi alterado para Inza Cramer na Era de Prata dos Quadrinhos.[10]

Origem[editar | editar código-fonte]

Kent Nelson[editar | editar código-fonte]

Quando acompanhando o pai numa escavação arqueológica no vale de Ur, na Mesopotamia, o garoto Kent Nelson encontrou a tumba de Nabu, um Lorde da Ordem em animação suspensa. A ressurreição de Nabu expeliu gases que mataram o pai de Kent, deixando-o sozinho para ser díscipulo de Nabu. Após alguns anos de treinamento, Nabu o presenteou com um elmo que continha a essência do Lorde da Ordem e encarregou-o de combater o caos como Sr.Destino (Dr. Fate). Algum tempo depois, Kent conheceu Inza Cramer, com quem dividiu aventuras e mais tarde se casou.

Pouco depois de ajudar a fundar a Sociedade da Justiça, Kent descobriu que sua personalidade estava sendo usurpada pela de Nabu quando usava o elmo. Kent então passou a usar um elmo comum, grandemente reduzindo seus poderes. O elmo de Nabu foi então roubado pelo feiticeiro brztaliano Kulak, e perdido junto com o vilão numa fenda dimensional. Kent eventualmente recuperou o elmo e passou a usa-lo, a despeito da crescente influência de Nabu sobre ele.

Sr. Destino manteve-se ativo mesmo quando a SJA foi dissolvida em 1951. Ele juntou-se novamente quando o grupo foi reativado.

Eric Strauss[editar | editar código-fonte]

Após a Crise nas Infinitas Terras, Kent descobriu que tantos anos lutando contra o Caos estavam anulando sua imortalidade; O corpo de Kent morreu, e tornou-se hospedeiro para Nabu, que então passou o título de Sr. Destino ao jovem Eric Strauss, que assim como Kent no passado, foi envelhecido até a idade adulta. Posteriormente, sua madrasta Linda Strauss passou a se fundir com ele num Sr. Destino composto.

Esse Sr. Destino teve sua série escrita por J.M. DeMatteis, escritor que conduziu as histórias para um rumo metafísico, com enfase na ascensão espiritual da humanidade, e onde, posteriormente o jovem Eric morreu e deixou sua madrasta como Sra. Destino por um breve período.

Jared Stevens[editar | editar código-fonte]

Kent e Inza Nelson morreram durante a Zero Hora, dando lugar a um novo usuário dos artefatos do Destino, Jared Stevens. A nova versão - ver Destino (Jared Stevens) -muito diferente de todas as demais, Chamava-se apenas Destino e reconfigurou os artefatos, envolvendo seu braço direito com a capa e transformando o elmo em um faca. Ele foi morto pelo Lorde do Caos Mordru.

Hector Hall[editar | editar código-fonte]

Hector Hall era filho de Carter e Shiera Hall, o Gavião Negro e a Mulher-Gavião da Era de Ouro. Como parte de uma maldição lançada sobre eles pelo feiticeiro Hath-Set, Hector nasceu sem alma e foi possuído por um espírito maligno, o Escaravelho de Prata, que usou o ciúme que ele sentia do afilhado de Carter, Norda Cantrell, também conhecido como Bóreas, para motivar Hector a criar uma armadura de Metal Enésimo e tornar-se o super-herói Escaravelho de Prata, membro da Corporação Infinito.

Lá, Hector apaixonou-se por Hipólyta Trevor, a segunda Fúria, e ela acabou engravidando dele. Pouco depois, ele foi controlado pelo Escaravelho de Prata e sacrificou-se para salvar seus pais. Ele renasceu anos depois como o filho de Hank Hall, o Rapina, e Dawn Granger, a Columba. Como eles eram respectivamente agentes do Caos e da Ordem, Hector era um agente do Equilíbrio e foi escolhido como o novo Sr. Destino.

Ele integrou a Sociedade da Justiça da América, reuniu-se com seu pai e partiu em busca de sua esposa, que havia dado a luz a Daniel Hall, o menino que viria a substituir Morfeu como o Lorde do Sonhar. Hector eventualmente descobriu que Lyta e todos os Senhores Destino anteriores haviam sido aprisionados dentro do elmo por Nabu e libertou suas almas, reunindo-se com Lyta e mudando-se para a Torre do Destino em Nova Iorque, onde ficou por alguns meses.

Pouco depois, como resultado da guerra do Espectro contra a magia, Hector e Lyta foram transportados para outra dimensão, onde foram atacados e mortalmente feridos por monstros. À beira da morte, eles aceitaram o convite de Daniel para virem viver com ele na Dimensão do Sonhar e seus corpos físicos morreram.

Kent V. Nelson[editar | editar código-fonte]

Como visto na mini-série Coutdown to Mystery, Kent V. Nelson, sobrinho-neto de Kent Nelson, o Senhor Destino original, é encontrado pelo elmo após ser espancado e jogado numa lata de lixo, tornando-se o novo Senhor Destino.

Poderes[editar | editar código-fonte]

Os poderes de Sr. Destino são místicos por natureza; como um Agente da Ordem, ele tem os mesmos poderes do Lorde da Ordem Nabu que o controla pelo Elmo Dourado podendo evocar qualquer feitiço imaginável em níveis espantosos. Pode, por exemplo, controlar os elementos naturais (Terra, fogo, água, ar), dar vida a objetos, disparar rajadas místicas, abrir portais para outras dimensões, voar, criar um poderoso escudo imperfurável,controlar qualquer outro tipo de matéria etc, etc. Ele também é imortal e não envelhece. Alguém que use o elmo do Sr. Destino deve ter uma certa resistência mística ou perde a racionalidade por algum tempo. De qualquer forma, o usuário é possuído por Nabu. Sem o elmo, ele apenas pode usar telecinésia, detectar magia, bem como ter premonições. Seus níveis de poder variam de escritor para escritor. Por exemplo, em Justice League of America (vol. 1) #148 (Novembro 1977), Abnegazar, Rath e Gast conseguem controlá-lo a fim de que se volte contra seus aliados. Em Swamp Thing (vol. 2) #50 (Julho 1986), porém, Destino mata Abnegazar facilmente com uma única rajada. Na altura de seus poderes, Destino foi capaz de prender num pentagrama Etrigan, Darkseid, Izaya, o Pai Celestial e Órion, e utilizar seus potenciais místicos junto com seu poder a fim de destruir a Entidade Antivida junto com o universo na qual ela estava contida.Destino também foi capaz de selar os poderes de Espectro em ''Dias de Vingança'' e manipular a aura de Eclipso.

Seus principais poderes são:

  • Ocultismo: Possui profundo conhecimento sobre o ocultismo e misticismo, envolvendo temas como a magia, a percepção extra-sensorial, a astrologia, o espiritismo, a numerologia e os sonhos lúcidos.
  • Elmo do Destino: O Elmo do Destino concede-lhe vastos poderes mágicos, e foi usado originalmente para abrigar o espírito de Nabu e permitiu-lhe a posse do hospedeiro, mais tarde só permitiu que ele aconselhe o hospedeiro em vez disso. Geralmente, mesmo sem usar o Elmo do Destino, o hospedeiro pode voar, possuir um grau de força e resistência acima do normal, e um baixo nível de telecinésia.
  • Magia: É capaz de usar forças sobrenaturais para graus variantes, como lançar feitiços, conjurar magia e criar um grande número de outros poderes.
  • Imortalidade: Vive eternamente sem envelhecer, adoecer ou qualquer coisa que seja uma "morte natural".
  • Telepatia: É capaz de ler os pensamentos de outros ou mentalmente se comunicar com eles.
  • Controle Mental: É capaz de controlar as ações e raciocínios dos outros.
  • Projeção Astral: É capaz de deixar seu corpo com vida e ficar vagando como espírito.
  • Psicometria: Pode ver o passado de um objeto, bem como o futuro possível dele.
  • Ilusão Mística: É capaz de alterar as percepções de outros, criando imagens e sons falsos.
  • Telecinésia: É capaz de levitar, mover, quebrar, moldar e lançar material físico (como objetos, pedras, madeira e etc), através da força mental.
  • Cronocinésia: É capaz de manipular a corrente do tempo, podendo perceber os eventos fora dos limites do espaço e tempo e se deslocar para o passado ou para o futuro.
  • Conjuração de Tempestade: Consegue convocar fortes tempestades.
  • Manipulação do Magnetismo: É capaz de controlar os campos magnéticos.
  • Convocação e Banimento: Pode convocar criaturas ou banir criaturas.
  • Conjuração de Construções de Energia Sólida: É capaz de criar construções de pura energia, como ferramentas, objetos, armas e outros itens, criar construções semi-vivas, e criar estruturas / edifícios de permanência variável.
  • Projeção de Energia: É capaz de gerar feixes concentrados em pura energia mística.
  • Reconstrução Molecular: É capaz de alterar a estrutura física da matéria, afetando o corpo físico de um ser vivo ou objeto, alterando sua forma ou sua funcionalidade.
  • Intangibilidade: É capaz de atravessar matérias sólidas sem se machucar.
  • Teletransporte: Pode teletransportar a si mesmo e a outros de um lugar para o outro, ou seja para mover seus corpos de um local para outro.
  • Invulnerabilidade: É altamente resistente a danos físicos, tiros, choques ou explosões, e o que mais se puder imaginar. Seu sistema imunológico o protege de toxinas e doenças.
  • Viagem Temporal e Dimensional: Através de portais dimensionais e temporais, é capaz de viajar ou enviar outros para o futuro ou para o passado, e viajar entre diferentes dimensões e universos, e atravessar diferentes planos de existência ou viajar através de várias formas de realidade.
  • Consciência Cósmica: É capaz de ver as probabilidades dos fatos que acontecerão no futuro e então as interpretar para selecionar a melhor ou manipular eventos prováveis.
  • Regeneração e Cura: É capaz de curar feridas ou doenças de si e de outros.
  • Voo: É capaz de desafiar a gravidade e literalmente voar, magicamente.

Nova Era da Magia no DCU[editar | editar código-fonte]

Com a morte de Nabu nas mãos do Espectro, como visto na mini-série Dia de Vingança, acaba prematuramente a Nona Era da Magia no Universo DC. Com a morte de Nabu, todas as raízes egípcias dos poderes do personagem deixam de existir. Segundo as palavras do roteirista do novo Senhor Destino, Steve Gerber:"Bill Willingham afirma que atualmente no Universo DC existe uma magia selvagem, uma vez que a Nona Era da Magia se encerrou com a morte de Nabu. Então me pareceu correto rever minha interpretação do Senhor Destino. Posso afirmar que talvez no futuro Kent Nelson se torne um super-herói especialista em ocultismo, mas por enquanto ele ainda precisa aprender a lidar com esta nova magia". O atual Senhor Destino portanto não tem mais acesso aos antigos poderes de Nabu, e sim a aspectos de uma nova magia ainda a ser descoberta.

Referências

  1. Grand Comics Database: Doctor Fate entries
  2. Beatty, Scott (2008). «Doctor Fate». In: Dougall, Alastair. The DC Comics Encyclopedia. New York: Dorling Kindersley. p. 103. ISBN 0-7566-4119-5. OCLC 213309017 
  3. More Fun Comics #80 (June 1942)
  4. More Fun Comics #75 (Jan. 1942)
  5. More Fun Comics #77 (March 1942)
  6. More Fun Comics #76 (Feb, 1942)
  7. More Fun Comics #78 (April, 1942)
  8. More Fun Comics #89 (March 1943)
  9. More Fun Comics #90 (April 1943)
  10. Predefinição:Comic book reference