Stan Romanek

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Stan Romanek
Romanek em 2009
Nascimento 01 de dezembro de 1962 (58 anos)
Fitzsimons Army Medical Center, Denver, CO
Nacionalidade Estadunidense
Cônjuge Lisa Jeannette Romanek
Ocupação autor e defensor de OVNIs
Página oficial
Extraordinary: The Stan Romanek Story, página oficial do documentário no Facebook

Stanley Tiger "Stan" Romanek (nascido em 1 de dezembro de 1962) é um autor americano, que proclama ter sido abduzido por alienígenas e é condenado como criminoso sexual.

Ele foi o tema do documentário Extraordinário: A história de Stan Romanek.[1] Suas alegações incluem ser abduzido por alienígenas;[2] ter um implante extraterrestre inserido no seu corpo;[3] ter experimentado comunicações telepáticas com alienígenas;[4] e estar vestido com roupas femininas pelos mesmos.[2] Romanek foi incapaz de corroborar qualquer uma das suas alegações relacionadas a supostos indivíduos de outros planetas.

Em 8 de agosto de 2017, Romanek foi considerado culpado por posse ilegal de pornografia infantil.[5] Em 14 de dezembro de 2017, ele foi condenado a servir dois anos em um centro de correções comunitárias. Ele agora é um criminoso sexual registrado no programa de nível 3 para negadores severos. Ele não pode usar computadores não monitorados ou contatar crianças menores de 18 anos, sem aprovação especial.[6][7]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Stan Romanek nasceu em 1962 em um hospital militar de Denver, Colorado, seu pai era um oficial não comissionado da Força Aérea dos Estados Unidos, e é o mais novo de quatro filhos.[8]

Relato[editar | editar código-fonte]

Romanek afirma ser abduzido por alienígenas. Ele diz que seu primeiro encontro com OVNIs ocorreu em 2000, e que ele teve muitas experiências com ETs desde aquela época. Estes incluem a descoberta de feridas misteriosas em seu corpo que brilhavam sob uma luz negra e a comunicação com alienígenas através de vozes eletrônicas recebidas. Ele também alega que estes seres seguiram seu carro e visitaram sua casa e a partir daí obteve contato telepaticamente com eles.[9][10] Em um relato de 2003, ele disse que acordou e se viu usando uma camisola de flanela feminina e suspeitou que ele havia sido sequestrado e devolvido em roupas diferentes. Romanek diz que finalmente chegou a suspeitar que as roupas pertenciam a outro suposta abduzida, Betty Hill. Quando perguntado se o vestido tinha sido testado para verificar se era o DNA de Hill, Romanek afirmou que não fez porque o teste era muito caro.[11]

Dwight Connely, editor do MUFON UFO Journal, incluiu o caso Stan Romanek em seu livro de 2004, The World's Best UFO Cases, aclamando-o como o melhor caso atual devido a: presença de testemunhas independentes; marcas e ferimentos em seu corpo; um grande círculo queimado; vídeos de fenômenos estranhos; e fórmulas matemáticas um pouco complicadas, que pareciam estar bem além da capacidade de Romanek. Connelly diz: "Este caso só deve ser visto como um possível melhor caso a longo prazo que esperamos que seja considerado legítimo dez anos depois".[12]

Aparecendo numa revista de notícias Primetime da rede ABC em 2009, Romanek sofreu hipnose por R. Leo Sprinkle, um psicólogo especializado em casos de abdução por alienígenas. Durante a hipnose, Romanek escreveu a equação de Drake, que é uma fórmula usada para estimar o número de civilizações comunicativas extraterrestres em nossa galáxia. Joe Nickell, do Center for Inquiry , sugeriu que a equação foi feita por meio de memorização simples.[13]

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Boo Video[editar | editar código-fonte]

Em 2008, Romanek apareceu no talk show Larry King Live, juntamente com Jeff Peckman, ex-candidato a prefeito de Denver, defendendo a história de Romanek como parte de sua campanha para uma Comissão de Assuntos Extraterrestres de Denver.[14] Romanek alegou ter gravado um vídeo de um alienígena espiando em sua janela.[15] Isso agora é comumente chamado de "Boo Video".[16]

Em maio de 2008, durante uma entrevista no programa de rádio Coast to Coast AM, o apresentador George Noory sugeriu que Romanek passasse por um teste de detector de mentiras para verificar a autenticidade do "Boo Video".[17] Romanek concordou com este teste. Quando foi realizado no final daquele ano, ele teria faltado com a verdade na pergunta: "A fita do Boo é uma farsa?" Ele alegou sem provas que tinha condições médicas que impedem um teste de detector de mentiras de funcionar nele.[18] Mais tarde em 2009, na Conferência dos Mistérios do Universo na cidade de Kansas, Romanek alegou, sem evidência, que ele foi forjado pelo radialista Noory para não passar no teste.[19]

Romanek fez uma afirmação não confirmada de que ele consultou um especialista em vídeo, declarando sem evidência, que o Boo Video teria custado US $ 50.000 para falsifica-lo. Um paranormal de Denver afirma que o grupo de investigações, Rocky Mountain Paranormal Research Society, desacreditou essa afirmação, dizendo que eles criaram o vídeo por cerca de US $ 90.[20][21]

Sem implante[editar | editar código-fonte]

Em 2009, em entrevista a revista de notícias Primetime da rede ABC, Romanek disse que tinha provas físicas de suas experiências de abdução por meio de um implante alienígena em sua perna. Quando um exame médico para o implante foi solicitado, Romanek disse que havia desaparecido.[22]

Pornografia infantil[editar | editar código-fonte]

Em 13 de fevereiro de 2014, Romanek foi preso depois de entregar-se na cadeia do condado de Larimer sob a acusação de possuir e distribuir pornografia infantil,[23][24] sendo o resultado de uma investigação de oito meses lançada pelo Departamento de Segurança Interna dos EUA. Mais de 300 imagens, além de arquivos de vídeo contendo pornografia infantil foram encontrados nos computadores de Romanek.[25] Depois de aparecer no tribunal do condado de Larimer, Romanek foi liberado por US $ 20.000 como fiança de reconhecimento pessoal. Em março de 2016, Romanek se declarou inocente de ambas as acusações depois de recusar um acordo judicial da 8ª Promotoria Judiciária.[26]

Em 8 de agosto de 2017, Romanek foi considerado culpado por posse ilegal de pornografia infantil, mas não por distribuição de pornografia infantil.[27] Sua sentença foi realizada em 14 de dezembro de 2017, onde foi sentenciado a servir dois anos na casa de tratamento do condado de Larimer para correções comunitárias e listar-se como criminoso sexual. Ele se apresentou imediatamente à prisão para aguardar por espaço disponível nessa instalação. Como criminoso sexual, ele agora está sujeito a 10 anos de estágio supervisionado intensivo, não tem permissão para usar computadores ou dispositivos eletrônicos não monitorados e não pode entrar em contato com crianças menores de 18 anos sem aprovação do programa de correções comunitárias.[28][29]

A esposa dele, Lisa, dissera: "Vamos levar a ufologia ao tribunal".[30] Após o julgamento, seus advogados de defesa do escritório de advocacia do Colorado, McClintock e McClintock, afirmaram que não fizeram isso porque não era relevante para o caso.[31] Eles aconselharam Romanek a apelar em respeito a condenação e contratar um novo advogado de defesa para lidar com o caso de apelação, que, de acordo com os advogados de Romanek, é um conselho padrão.[32] Após o anúncio do veredito, Lisa Romanek disse que planejava apresentar uma notificação de apelação dentro de um período de 45 dias. [31][33][34]

Romanek fez acusações públicas de que o governo do seu país havia colocado as provas em seu computador. Na audiência de condenação, o promotor distrital Joshua Ritter acusou-o de fraude "para tentar colocar a culpa em outros" e "evidência de manipulação" na forma de vídeos alegando falsamente que seu computador tinha sido hackeado. Ritter revelou que Romanek tentou até enquadrar seu enteado Jacob Shadduck por colocar a pornografia no computador; O promotor apontou que até mesmo a equipe de defesa não permitiria tais provas no tribunal.[35] advogado de Romanek, Ted McClintock, afirmou que seu cliente planeja recorrer da condenação.[36]

Admitindo falsificações[editar | editar código-fonte]

Em um vídeo de 2015[37][38] numa entrevista no programa Peter Maxwell Slattery, Romanek disse que ele falsificou o estranho movimento de objetos que ocorreram durante uma entrevista de 2014 no mesmo programa. Romanek inicialmente negou ter falsificado provas, e mais tarde pediu desculpas, alegando que uma conspiração do governo estadunidense o coagiu a confessar e se incriminar.[37][38]

Previsões[editar | editar código-fonte]

No livro de 2009 de Romanek, Mensagens (em inglês: Messages), ele alegou ter recebido comunicações de extraterrestres e que um astrônomo (sem nome) interpretou os desenhos que Romanek fez sob hipnose de alinhamentos planetários apontados para 21 de setembro de 2012. Romanek disse que não sabia que evento significativo aconteceria naquela data, mas especulou que poderia ser quando os alienígenas se apresentassem à humanidade, ou talvez quando os desastres naturais que ele via em visões acontecessem.[39] Nenhuma dessas previsões aconteceu, ao menos confirmadas.

Documentário[editar | editar código-fonte]

Em 2017, J3FILMS produziu um documentário sobre este caso: Extraordinário: A história de Stan Romanek, com o título original sendo Extraordinary: The Stan Romanek Story (105 minutos, 2 de novembro de 2013),[40] foi disponibilizado para streaming através do Netflix.[41] O documentário apresentava uma gravação de voz de uma ligação com o híbrido humano-alienígena chamado Kioma, que afirma ser o filha de Romanek, a mais antiga das sete réplicas. Ela também afirmou que Romanek é o pai de duas outras meninas. Em 3 de julho de 2019, o documentário deixa a plataforma.[42]

Publicações em destaque[editar | editar código-fonte]

A esposa dele, Lisa, também escreveu sobre suas experiências de abdução em From My Side of the Bed'. [S.l.: s.n.] ASIN B0073M89GA 

Etherean LLC, editora que publica seus livros, foi registrada pela Secretaria do Colorado em setembro de 2011, tendo Stan Romanek como representante.[43]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Stanley Romanek court case gaining more attention as Netflix subscribers view his story» 
  2. a b Scherstuhl, Alan "In Kansas City, celebrity UFO-filmer Stan Romanek finds an audience of believers — and one reporter" thepitchkc.com, 2009-08-13
  3. «Man Claims Aliens Send Him Messages». ABC Primetime 
  4. «New Alien Video Shines (Photoshopped) Light on UFO Hoaxers». Popular Mechanics 
  5. «Romanek found guilty on one child pornography charge» 
  6. «Loveland alien abduction author Stanley Romanek sentenced to 2 years in halfway house in child pornography case» 
  7. «UFO author Stanley Romanek sentenced to 2 years to halfway house for child pornography possession» 
  8. Romanek, Stan (8 de maio de 2009). Messages. [S.l.: s.n.] ISBN 978-0738715261 
  9. «Man Claims Aliens Send Him Messages». ABC Primetime 
  10. «New Alien Video Shines (Photoshopped) Light on UFO Hoaxers». Popular Mechanics 
  11. Scherstuhl, Alan "In Kansas City, celebrity UFO-filmer Stan Romanek finds an audience of believers — and one reporter" thepitchkc.com, 2009-08-13
  12. Dwight Connelly, The World's Best Ufo Cases, Bookseller, Inc., 2004, pp. 219-232.
  13. «The Man Who Attracts Aliens». Skeptical Inquirer 
  14. «A Close Encounter with Jeff Peckman». Skeptical Inquirer 
  15. "Larry King Live: Alien on Tape" Larry King Live, 2008-06-02
  16. Chang, JuJu; Dybreuil, Jm, "Video of Alien at Window" ABC PrimeTime, 2009-08-18
  17. Noory, George "Weird Stories" Coast to Coast With George Noory, 2008-05-30
  18. Noory, George "Stan Romanek's Lie Detector Test Results" Disclose.tv, 2008
  19. Scherstuhl, Alan "In Kansas City, celebrity UFO-filmer Stan Romanek finds an audience of believers — and one reporter" thepitchkc.com, 2009-08-13
  20. Baxter,“The Stan Romanek Saga” Rocky Mountain Paranormal, 2010-08-23
  21. Kreidler, Marc (20 de outubro de 2010). «A Close Encounter with Jeff Peckman | Skeptical Inquirer» (em inglês). Consultado em 8 de julho de 2019 
  22. «Man Claims Aliens Send Him Messages». ABC Primetime 
  23. «Loveland Police Department Press Release» 
  24. «UFO Conspiracy Theorist Stan Romanek Says Child Porn Charges Are Gov. Conspiracy». Huffington Post 
  25. «Trial begins for Loveland UFO enthusiast in child pornography case» 
  26. «Attorneys postpone Romanek trial» 
  27. «Romanek found guilty on one child pornography charge» 
  28. «Loveland alien abduction author Stanley Romanek sentenced to 2 years in halfway house in child pornography case» 
  29. «UFO author Stanley Romanek sentenced to 2 years to halfway house for child pornography possession» 
  30. «Self-Described Alien Abductee Charged With Child Pornography». Huffington Post 
  31. a b «Romanek found guilty on one child pornography charge» 
  32. «Alien abduction author Stanley Romanek found guilty on one of two child pornography accusations» 
  33. https://twitter.com/LisaRomanek
  34. https://twitter.com/StacyLynneIJ/status/906324846220595200
  35. «Loveland alien abduction author Stanley Romanek sentenced to 2 years in halfway house in child pornography case» 
  36. «UFO author Stanley Romanek sentenced to 2 years to halfway house for child pornography possession» 
  37. a b «Stan Romanek,  Lisa Romanek and Michael Vogt 110th episode 06/07/2015 - Peter Maxwell Slattery - The E.T Contact Experience». web.archive.org. 28 de abril de 2017. Consultado em 8 de julho de 2019 
  38. a b «Child Porn Trial Of Self-Proclaimed UFO Abductee Stan Romanek Begins July 31». www.inquisitr.com. Consultado em 8 de julho de 2019 
  39. Romanek, Stan (2009). «New Equations and a Date for Change». Messages: The World's Most Documented Extraterrestrial Contact Story. [S.l.: s.n.] ISBN 978-0738715261 
  40. Extraordinary: The Stan Romanek Story, consultado em 8 de julho de 2019 
  41. «Extraordinary: The Stan Romanek Story». Netflix.com 
  42. «Titles Leaving Netflix in July 2019». What's on Netflix (em inglês). 1 de julho de 2019. Consultado em 8 de julho de 2019 
  43. Etherean LLC, "Articles of Organization (PDF)" Colorado Secretary of State, 2009-09-27