Star Trek: Picard

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Star Trek: Picard
Jornada nas Estrelas: Picard (BR)
Informação geral
Formato série
Criador(es) Baseado em Star Trek de Gene Roddenberry
País de origem  Estados Unidos
Idioma original inglês
Produção
Produtor(es) Patrick Stewart
Michael Chabon
Akiva Goldsman
James Duff
Alex Kurtzman
Heather Kadin
Rod Roddenberry
Trevor Roth
Elenco Patrick Stewart
Santiago Cabrera
Michelle Hurd
Evan Evagora
Alison Pill
Hary Treadaway
Peyton List
Isa Briones
Exibição
Emissora original CBS All Access
Transmissão original 23 de janeiro de 2020 - atualmente
Temporadas 1
Episódios 10
Cronologia
Star Trek: Discovery
Em desenvolvimento

Star Trek: Picard é uma série WEB TV apresentando o personagem Jean-Luc Picard de Star Trek, criada pela CBS All Access como parte da expansão da franquia Star Trek liderada pelo produtor executivo Alex Kurtzman. A série se passa 20 anos após os eventos de Star Trek: Nemesis (2002) e é afetada pela destruição de Romulus no filme Star Trek (2009)

Patrick Stewart é um dos produtores executivos e reprisa seu papel como capitão Jean-Luc Picard, que ficou famoso na série Star Trek: The Next Generation . Jonathan Frakes, Brent Spiner, Marina Sirtis, Jeri Ryan, Santiago Cabrera, Michelle Hurd, Evan Evagora, Alison Pill, Harry Treadaway e Isa Briones também participam. Os primeiros rumores sobre a série começaram em junho de 2018, quando Kurtzman começou sua expansão e foi finalmente anunciada em agosto, depois de meses de negociações com Stewart, que anteriormente havia falado que não voltaria para a franquia após Nemesis. A filmagem foi iniciada na Califórnia em abril de 2019, com o título oficial anunciado um mês depois.

Star Trek: Picard foi lançado em 23 janeiro 2020, e consiste de 10 episódios.

Premissa[editar | editar código-fonte]

A série se passa 18 anos após a última aparição de Jean-Luc Picard em Star Trek: Nemesis (2002), [1][2] e encontra o personagem profundamente afetado pela morte de Data, assim como pela destruição de Romulus como mostrada no filme Star Trek (2009).[3]

Elenco e personagens[editar | editar código-fonte]

  • Patrick Stewart como Jean-Luc Picard: Almirante da Frota Estelar aposentado[4] e ex-Capitão da USS Enterprise-D e USS Enterprise-E. Stewart retorna ao papel após interpretar o personagem pela última vez no filme Star Trek: Nemesis de 2002. Ele sentiu na época que seu papel "já havia feito a sua parte", mas nos anos seguintes ele foi tocado por histórias sobre o impacto de seu personagem nas vidas dos fãs e então, agora estava feliz "em pesquisar e experimentar qual luz confortadora e reformadora ele poderia brilhar nesses tempos bem escuros".[5]
  • Santiago Cabrera como Cristobal “ Chris “ Rios: o piloto da nave de Picard, um ladrão habilidoso e antigo oficial da Frota Estelar.[6][7]
  • Michelle Hurd como Raffi Musiker[6][7]: ex-oficial da inteligência da Frota Estelar lutando contra abuso de drogas.
  • Evan Evagora como Elnor[8][7]
  • Alison Pill como Dr. Agnes Jurati[9][7]
  • Harry Treadaway como Narek[9][7]
  • Isa Briones como Dahj[9][7]: uma jovem mulher que procura Picard para obter ajuda.

Elenco recorrente e retornando[editar | editar código-fonte]

Episódios[editar | editar código-fonte]

TítuloDirigido porEscrito porLançamento
1 "Remembrance" Hanelle CulpepperAkiva Goldsman e James Duff23 de janeiro de 2020 (2020-01-23)
2 "Maps and Legends" Hanelle CulpepperMichael Chabon e Akiva Goldsman30 de janeiro de 2020 (2020-01-30)
3 "The End is the Beginning" Hanelle CulpepperMichael Chabon e James Duff6 de fevereiro de 2020 (2020-02-06)
4 "Absolute Candor" Jonathan FrakesMichael Chabon13 de fevereiro de 2020 (2020-02-13)
5 "Stardust City Rag" Jonathan FrakesKirsten Beyer20 de fevereiro de 2020 (2020-02-20)
6 "The Impossible Box" Maja VrviloNick Zayas27 de fevereiro de 2020 (2020-02-27)
7 "Nepenthe" Doug AarniokoskiSamantha Humphrey e Michael Chabon5 de março de 2020 (2020-03-05)
8 "Broken Pieces" Maja VrviloMichael Chabon12 de março de 2020 (2020-03-12)
9 "Et in Arcadia Ego, Parte 1" Akiva GoldsmanMichael Chabon, Ayelet Waldman e Akiva Goldsman19 de março de 2020 (2020-03-19)
10 "Et in Arcadia Ego, Parte 2" Akiva GoldsmanMichael Chabon e Akiva Goldsman26 de março de 2020 (2020-03-26)

Hanelle Culpepper está dirigindo o primeiro bloco da temporada, consistindo dos dois primeiros episódios e Jonathan Frakes dirigindo o segundo bloco, com os episódios 3 e 4.[2]

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Em junho de 2018, após se tornar o único showrunner de Star Trek: Discovery, Alex Kurtzman assinou um acordo de cinco anos com CBS Television Studios para expandir a franquia Star Trek além de Discovery em várias novas séries, minisséries e séries animadas.[11] Uma dessas novas séries seria estrelada por Patrick Stewart, reprisando seu papel de Jean-Luc Picard da série Star Trek: The Next Generation.[12][13] Kurtzman e Akiva Goldsman (que trabalhou na primeira temporada de Discovery) estavam ligados ao projeto.[13]

Quando a CBS se aproximou pela primeira vez de Patrick Stewart sobre a criação de mais séries de Star Trek, Kurtzman acreditava que Picard era o maior capitão de Star Trek e incluiu uma série apresentando o personagem em sua lista. Kurtzman e Goldsman entraram em contato com Stewart pela primeira vez em 2017, apesar de suas declarações anteriores de que ele já havia terminado com a franquia.

Kurtzman, Goldsman e a roteirista de Discovery Kirsten Beyer se encontraram com o ator,[3] que participou do encontro com o objetivo de recusar o projeto, mas ficou intrigado o bastante com a discussão para pedir um documento de três páginas delineando suas ideias.[3][14] Na época, Goldsman convidou um amigo, o novelista Michael Chabon, para trabalhar no projeto e os quatro produziram um documento de 34 páginas que enviaram para Stewart. Ele organizou outro encontro com eles em março de 2018, onde expressou a aprovação do pitch. Enquanto decidia se iria se juntar ao projeto, Stewart perguntou para Kurtzman se a série seria "bem diferente" das histórias anteriores de Star Trek, "tanto o que as pessoas se lembram e o que elas nem sequer estão esperando, se não, porque fazer?"[3] Ele também estava preocupado de que a série seria uma "ṕiada", mas recebeu garantias da equipe criativa do projeto de que esse não seria o caso.[14]

Dia 4 de agosto de 2018, Stewart fez uma aparição surpresa na Convenção anual de Star Trek em Las Vegas para anunciar a série de forma oficial e que ele iria estrelar nela. Stewart também foi colocado como produtor executivo da série ao lado de Kurtzman, Goldsman, Chabon, o roteirista da Discovery James Duff, Heather Kadin da produtora Secret Hideout de Kurtzman, Rod Roddenberry (filho do criador de Star Trek, Gene Roddenberry) e Trevor Roth do Roddenberry Entertainment. Beyer também continuou parte da equipe criativa.[5] A série seria lançada em 2019[15], mas a estreia acabou adiada para janeiro de 2020. Kadin revelou em outubro de 2018 que seria uma série, em vez de uma minissérie, e que seu lançamento não ia entrelaçar com Discovery ou outras novas séries da franquia. Kurtzman adicionou que a série de Picard seria "algo próprio",[16] depois elaborando que enquanto Discovery seja "uma bala", a série Picard é "um show bem contemplativo" com seu próprio "rítmo" e um sentimento de "mundo real".[17] O CCO da CBS, David Nevins confirmou em dezembro de 2018 que a série deveria ser lançada no CBS All Access no fim de 2019, depois do lançamento completo da segunda temporada de Discovery e as vários curtas de Star Trek: Short Treks.[18]

Stewart revelou em janeiro de 2019 que a série iria consistir de 10 episódios e reiterou que a intenção é de que ela continuaria por várias temporadas,[14] um mês depois adicionando que "nos preparamos possivelmente para três anos desse show".[19] Uma listagem de produção em março de 2019 deu a série o título de Star Trek: Destiny, que a CBS havia registradi em 2018.[20] Entretanto, o título oficial foi revelado como sendo Star Trek: Picard na apresentação de upfront da CBS em maio de 2019.[21] Na época, Kurtzman revelou que a série não tem um showrunner tradicional e que estava sendo "preparada" por uma grande equipe criativa.[22]

Em dezembro de 2019, antes da estreia, CBS All Access renovou a série para uma segunda temporada de 10 episódios.

Escrita[editar | editar código-fonte]

A sala de escritores inicial da série começou a trabalhar em setembro de 2018, onde trabalharam ao lado de Stewart por duas semanas.[15][23] A sala foi logo expandida para incluir uma lista completa de roteiristas para a série,[23] e eles já haviam quebrado a história em oito episódios em dezembro.[17] A série se passa 20 anos após a última aparição de Stewart como Picard no filme Star Trek: Nemesis (2002).[2] Kurtzman revelou que a série iria encontrar o personagem "radicalmente alterado" pela destruição de Romulus vários anos após os eventos de Nemesis, como mostrado no filme Star Trek (2009).[3] Stewart disse que a série iria contar uma única história serializada, e apesar de ocorrer numa época parecida que o flashforwards do final de Next Generation "All Good Things...", ele não iria criar uma barba como ele havia feito nas cenas desse episódio.[14]

Kurtzman disse que a ordem da série era ser um "show mais psicológico, um estudo de personagem sobre este homem em seus anos eméritos", e notou que é raro para uma série ser estrelada por um ator já de idade avançada como Stewart. Na série, o personagem deve encontrar seu caminho de volta para a visão original otimista de Roddenberry para a franquia, o qual Kurtzman espera que vá reforçar a visão original enquanto permite que o personagem "vá por vales profundos".[22]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Patrick Stewart reprisa o papel principal de outros derivados de Star Trek

Com o anúncio inicial da série em agosto de 2018, também veio a confirmação de que Stewart iria estrelar na série como Picard.[5] No começo de março de 2019, Santiago Cabrera e Michelle Hurd foram escolhidos para aparecerem na série, com Cabrera sendo um dos atores mais procurados durante a temporada piloto de 2019, onde escolheu essa série em vez de muitas outras ofertas.[6] Mais tarde neste mês, o novato Evan Evagora foi escolhido para outro papel regular.[8] Em abril, Alison Pill, Harry Treadaway e Isa Briones se juntaram ao elenco.[9]

Design[editar | editar código-fonte]

Reconhecendo que a série iria ocorrer num futuro mais longínquo do que outras séries e filmes de Star Trek, Kurtzman explicou que a produção estava procurando uma visão "realista" em vez de coisas como "arranha-céus flutuantes e todos os outros clichés de ficção científica... Nós tentamos evitar isso no design de produção, na aparência e na sensação que passa. É tudo sobre os detalhes pessoais os quais você pode se conectar, mesmo que ocorra tão longe no futuro."[24]

Filmagem[editar | editar código-fonte]

A produção começou dia 22 de abril de 2019,[25] no Santa Clarita Studios, Califórnia, com o working title Drawing Room.[20] Em dezembro de 2018, a série ganhou US$ 15,6 milhões em créditos de impostos pela California Film Commission para a produção ocorrer na Califórnia em vez de Toronto, onde Discovery é filmada.[26] Os primeiros dois episódios são dirigidos por Hanelle Culpepper, que previamente dirigiu Discovery e é a primeira mulher a dirigir os episódios iniciais de uma série Star Trek.[27] Os primeiros dois episódios formam o primeiro "bloco" da filmagem da série, com seus 10 episódios divididos num total de cinco blocos. Jonathan Frakes, que tamvém havia dirigido Discovery, dirige o segundo bloco da série e declarou sua crença de que esse sistema de blocos tem mais relação com amortização do que qualquer motivo relacionado com a história.[2] É esperado que a filmagem seja concluída em 1 de outubro de 2019.[20]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Star Trek: Picard deverá ser lançado pela CBS All Access nos Estados Unidos no começo de 2020,[18] e ter 10 episódios.[2] Como Discovery, cada episódio da série será transmitido no Canadá por Bell Media no mesmo dia que o lançamento no All Access, em canais específicos como Space (Inglês) e Z (Françês) antes de ser transmitido no Crave.[28] Amazon Prime Video vai exibir os episódios 24 horas após o lançamento nos EUA em outros 200 países e territórios ao redor do mundo; isso é em separado de Discovery, que é internacionalmente lançada pela Netflix.[29] Os acordos com a Amazon e a Bell para a série foram realizados pela CBS Studios International.[29][28]

Recepção[editar | editar código-fonte]

No site agregador Rotten Tomatoes, a série obteve um índice de aprovação de 87% e uma nota média de 7,82/10, baseada em 65 resenhas. O consenso do site era: "Liderado pelo incomparável Patrick Stewart, Picard se afasta do protocolo da Frota Estelar com uma história serializada mais lenta, mas como todo grande Star Trek, encara temas oportunos com graça e acaba sendo um avanço excitante para uma nova fronteira".[30] Já no site Metacritic, a nota média foi de 76 (de 100) baseada em 27 resenhas, indicando "uma recepção favorável."[31] Embora a atuação de Patrick Stewart tenha sido elogiada, muitos críticos não gostaram do tom obscuro da série, destoando das demais séries da franquia.[32]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Alex Kurtzman Talks Canon And Patrick Stewart's Influence On Star Trek Picard Show». TrekMovie.com. 3 de janeiro de 2019. Consultado em 24 de março de 2019. Cópia arquivada em 24 de março de 2019 
  2. a b c d e Pascale, Anthony (15 de abril de 2019). «Interview: Jonathan Frakes Talks "Ambitious" Picard Show And 'Star Trek: Discovery' Growing Its Beard». TrekMovie.com. Consultado em 16 de abril de 2019. Cópia arquivada em 16 de abril de 2019 
  3. a b c d e Couch, Aaron; Goldberg, Lesley (8 de janeiro de 2019). «'Star Trek' Boss: Picard Leads "Radically Altered" Life in CBS All Access Series». The Hollywood Reporter. Consultado em 24 de março de 2019. Cópia arquivada em 9 de janeiro de 2019 
  4. Orland, Kyle (23 de maio de 2019). «Now live post-leaks, Star Trek: Picard trailer asks why the "Admiral" left Starfleet». Ars Technica. Consultado em 23 de maio de 2019. Cópia arquivada em 23 de maio de 2019 
  5. a b c Andreeva, Nellie (4 de agosto de 2018). «Patrick Stewart To Star In New 'Star Trek' Series As Jean-Luc Picard On CBS All Access». Deadline Hollywood. Consultado em 4 de agosto de 2018. Cópia arquivada em 4 de agosto de 2018 
  6. a b c Andreeva, Nellie (4 de março de 2019). «Santiago Cabrera & Michelle Hurd To Co-Star In 'Star Trek' Jean-Luc Picard Series On CBS All Access». Deadline Hollywood. Consultado em 24 de março de 2019. Cópia arquivada em 5 de março de 2019 
  7. a b c d e f g h i j k «Brent Spiner, Jeri Ryan, and Jonathan Frakes Set to Return for "Star Trek: Picard"». StarTrek.com. 20 de julho de 2019. Consultado em 20 de julho de 2019 
  8. a b Boucher, Jeff (13 de março de 2019). «'Star Trek': Evan Evagora Joins Picard Show As Series Regular». Deadline Hollywood. Consultado em 20 de março de 2019. Cópia arquivada em 20 de março de 2019 
  9. a b c d Thorne, Will (17 de abril de 2019). «'Star Trek' Jean-Luc Picard Series Adds Three to Cast». Variety. Consultado em 17 de abril de 2019. Cópia arquivada em 17 de abril de 2019 
  10. https://www.hollywoodreporter.com/live-feed/star-trek-discovery-casts-david-ajala-as-team-teases-season-3-time-jump-1225849
  11. Otterson, Joe (19 de junho de 2018). «Alex Kurtzman Sets Five-Year CBS TV Studios Pact, Will Oversee Expanded 'Star Trek' Universe». Variety. Consultado em 21 de julho de 2018. Cópia arquivada em 21 de julho de 2018 
  12. Andreeva, Nellie (19 de junho de 2018). «Alex Kurtzman To Shepherd 'Star Trek' Franchise Expansion Under New 5-Year Overall Deal With CBS TV Studios». Deadline Hollywood. Consultado em 5 de agosto de 2018. Cópia arquivada em 19 de junho de 2018 
  13. a b Goldberg, Lesley (19 de junho de 2018). «Alex Kurtzman Inks $25M Overall Deal Extension With CBS TV Studios, Will Expand 'Star Trek' TV Franchise». The Hollywood Reporter. Consultado em 24 de março de 2019. Cópia arquivada em 19 de junho de 2018 
  14. a b c d Alter, Ethan (31 de janeiro de 2019). «Patrick Stewart teases return of Jean-Luc Picard, says new 'Star Trek' series 'is a 10-hour movie'». Yahoo!. Consultado em 24 de março de 2019. Cópia arquivada em 31 de janeiro de 2019 
  15. a b Evans, Greg (24 de setembro de 2018). «Patrick Stewart Tweets Photo Of 'Star Trek' Writers: 'Journey Has Begun'». Deadline Hollywood. Consultado em 24 de setembro de 2018. Cópia arquivada em 24 de setembro de 2018 
  16. Ulster, Laurie (6 de outubro de 2018). «Exclusive: Star Trek Executive Producers Reveal Picard Series Production Details». TrekMovie.com. Consultado em 24 de março de 2019. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2019 
  17. a b Hibberd, James (10 de dezembro de 2018). «Star Trek producer explains how Picard spin-off will be 'extremely different'». Entertainment Weekly. Consultado em 24 de março de 2019. Cópia arquivada em 11 de dezembro de 2018 
  18. a b O'Connell, Michael (4 de dezembro de 2018). «David Nevins Touts More 'Star Trek,' Streaming Stats and Backend's Endurance». The Hollywood Reporter. Consultado em 23 de março de 2019. Cópia arquivada em 5 de dezembro de 2018 
  19. «Patrick Stewart Says Star Trek Picard Series Is Set Up To Run Three Seasons». TrekMovie.com. 4 de fevereiro de 2019. Consultado em 24 de março de 2019. Cópia arquivada em 10 de fevereiro de 2019 
  20. a b c Pascale, Anthony (4 de março de 2019). «More Production Details For Star Trek Picard Series Emerge, Including Possible Title». TrekMovie.com. Consultado em 24 de março de 2019. Cópia arquivada em 5 de março de 2019 
  21. Baysinger, Tim (15 de maio de 2019). «CBS All Access Finally Names Its Upcoming 'Star Trek' Series With Patrick Stewart». TheWrap. Consultado em 17 de maio de 2019. Cópia arquivada em 15 de maio de 2019 
  22. a b Ordoña, Michael (9 de maio de 2019). «'Star Trek' was canceled 50 years ago. Now, the franchise is flying warp speed ahead». Los Angeles Times. Consultado em 11 de maio de 2019. Cópia arquivada em 9 de maio de 2019 
  23. a b Boucher, Geoff (9 de novembro de 2018). «'Star Trek': Michael Chabon "Thrilled" To Be On-Board With Patrick Stewart & 'Calypso' Short». Deadline Hollywood. Consultado em 24 de março de 2019. Cópia arquivada em 14 de março de 2018 
  24. Miller, Liz Shannon (31 de janeiro de 2019). «The Future of 'Star Trek': How the Picard and Michelle Yeoh Spin-Offs Will Relate to 'Discovery'». IndieWire. Consultado em 24 de março de 2019. Cópia arquivada em 3 de fevereiro de 2019 
  25. Lovett, Jamie (22 de abril de 2019). «'Star Trek': Picard Series Begins Filming». ComicBook.com. Consultado em 22 de abril de 2019. Cópia arquivada em 22 de abril de 2019 
  26. Patten, Dominic (10 de dezembro de 2018). «Patrick Stewart's 'Star Trek' Series, 'Mayans M.C.' & 'Why Women Kill' Score Tax Credits From California». Deadline Hollywood. Consultado em 10 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 10 de dezembro de 2018 
  27. Porter, Rick (1 de março de 2019). «'Star Trek': Patrick Stewart Series Taps 'Discovery' Veteran to Direct». The Hollywood Reporter. Consultado em 24 de março de 2019. Cópia arquivada em 2 de março de 2019 
  28. a b White, Peter (14 de maio de 2019). «Canada's Bell Media Acquires Rights To CBS All Access' Patrick Stewart-Fronted 'Star Trek' Spin-Off – LA Screenings». Deadline Hollywood. Consultado em 17 de maio de 2019. Cópia arquivada em 14 de maio de 2019 
  29. a b White, Peter (13 de maio de 2019). «Amazon Beams Up Global Rights To CBS All Access' Jean-Luc Picard 'Star Trek' Series». Deadline Hollywood. Consultado em 17 de maio de 2019. Cópia arquivada em 13 de maio de 2019 
  30. «Star Trek: Picard: Season 1». Rotten Tomatoes. Fandango. Consultado em 31 de janeiro de 2020 
  31. «Star Trek: Picard - Season 1 Reviews». Metacritic. CBS Interactive. Consultado em 31 de janeiro de 2020 
  32. Moore, Kathleen (24 de fevereiro de 2020). «Vomiting through Star Trek: Picard, episode 5». The Post Star. Consultado em 26 de fevereiro de 2020 

Links externos[editar | editar código-fonte]