Steffen Baumgart

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Steffen Baumgart
Informações pessoais
Nome completo Steffen Baumgart
Data de nasc. 5 de janeiro de 1972 (48 anos)
Local de nasc. Rostock, Alemanha Oriental
Nacionalidade alemão
Altura 1,78 m
Informações profissionais
Equipa atual Paderborn
Posição Treinador (Ex-atacante)
Clubes de juventude
1980–1988 Dynamo Rostock-Mitte
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1988–1991
1991–1994
1994–1998
1998–1999
1999–2002
2002–2004
2004–2008
2008
2008–2009
2010–2011
PSV Schwerin
SpVg Aurich
Hansa Rostock
Wolfsburg
Hansa Rostock
Union Berlim
Energie Cottbus
Magdeburg
Germania Schöneiche
SV 1919 Woltersdorf
58 (19)
92 (51)
118 (26)
32 (5)
67 (6)
64 (22)
76 (6)
13 (3)
15 (3)
Times/Equipas que treinou
2008–2009
2009–2010
2012–2013
2014–2015
2015–2016
2017–
Germania Schöneiche (auxiliar-técnico)
Magdeburg
Hansa Rostock (auxiliar-técnico)
Köpenick-Oberspree
Berliner AK 07
Paderborn





Steffen Baumgart (Rostock, 5 de janeiro de 1972) é um ex-futebolista e treinador de futebol alemão que atuava como atacante[1]. Atualmente é técnico do Paderborn.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Revelado nas categorias de base do Dynamo Rostock-Mitte em 1980, Baumgart iniciou a carreira no PSV Schwerin em 1988, onde jogaria até 1991 (um ano depois da reunificação das Alemanhas ocidental e oriental), e também passou pelo SpVg Aurich, pelo qual atuou durante 3 temporadas.

Sua melhor fase foi no Hansa Rostock, onde chegou em 1994 e disputou 118 jogos em sua primeira passagem, fazendo 26 gols. Defendeu ainda o Wolfsburg em 1998–99 antes de voltar ao Hansa na temporada seguinte, jogando 67 partidas e balançando as redes 6 vezes. Baumgart ainda vestiu as camisas de Union Berlim e Energie Cottbus, as últimas equipes de maior relevância na carreira, encerrada em 2009 após passagens por Magdeburg e Germania Schöneiche, onde também era o auxiliar-técnico. Ele ainda chegou a defender o SV 1919 Woltersdorf (equipe da liga regional de Brandemburgo) antes de sua aposentadoria definitiva como jogador, aos 39 anos.

Carreira de treinador[editar | editar código-fonte]

Já aposentado como profissional, voltou ao Magdeburg para assumir o comando técnico da equipe, exercendo o cargo durante a temporada 2009–10[3]. Trabalhou ainda como auxiliar no Hansa Rostock, treinou o Köpenick-Oberspree, equipe da Kreisliga (última divisão do futebol da Alemanha) e o Berliner AK 07 (Regionalliga Nordost, a quarta divisão nacional) até 2016.

Voltou à ativa em 2017, quando foi anunciada sua contratação pelo Paderborn, substituindo o ex-meia Stefan Effenberg. Embora não tivesse evitado o rebaixamento à Regionalliga, seu contrato foi renovado até 2018. Ajudou o clube a subir novamente à Bundesliga com 2 acessos consecutivos entre 2018 e 2019, e seu desempenho fez com que fosse agraciado com a ampliação de seu vínculo com o Paderborn até 2021.

Na segunda rodada da Bundesliga de 2019–20, Baumgart tornou-se o primeiro treinador a levar um cartão amarelo na competição.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Baumgart, Steffen» (em alemão). kicker.de. Consultado em 1 de maio de 2010 
  2. «Steffen Baumgart» (em alemão). kicker.de. Consultado em 1 de maio de 2010 
  3. «Steffen Baumgart neuer Trainer des 1. FC Magdeburg» (em alemão). 1. FC Magdeburg e.V. 31 de março de 2009. Consultado em 31 de março de 2009