Stella Freitas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Abril de 2012).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Stella Freitas
Nome completo Maristela Andrade Freitas
Nascimento 18 de maio de 1954 (63 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade Brasileira
Ocupação atriz
diretora

Stella Freitas, nome artístico de Maristela Andrade Freitas, (São Paulo, 18 de maio de 1954), é uma diretora teatral e atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Stella Freitas participou do seriado Sítio do Picapau Amarelo por três vezes. A primeira foi em 1977 interpretando a Cuca e as outras vezes em 1984 e em 2006.

Em 1987, começou a chamar a atenção do grande público ao interpretar a divertida empregada Dinalda na novela Sassaricando, de Sílvio de Abreu. Destaca-se nesse tipo de papel, o repetindo de forma marcante em outras duas novelas: Era uma Vez... (1998), de Walther Negrão e Senhora do Destino (2004), de Aguinaldo Silva.

Como diretora teatral, Stela Freitas dirigiu, em 1994 de “Pirandello Nunca Mais, de Ricardo Hofstetter, e Metralha, um musical protagonizado por Diogo Vilela, em 1996.

Em 1998, Stela Freitas apresentou o programa educativo "Alô, Vídeo Escola", no Canal Futura. A atriz tem várias participações em filmes, novelas e teatro. No cinema, Stela Freitas ganhou o prêmio de melhor atriz coadjuvante, no 18.º Festival de Gramado em 1990, por sua interpretação no filme Stelinha, de Miguel Faria Jr.

Em 2001, Stela Freitas participa do musical “South American Way”, de Miguel Falabella e Maria Carmem Barbosa, interpretando Carmem Miranda ao lado de Stella Miranda.

Stela Freitas comemorou 30 anos de carreira, em 2002, com o espetáculo “Chega de Sobremesa”. Em 2008, Stela Freitas esteve no teatro com a peça “Nesta Data Querida”, de Aloísio de Abreu e Lícia Manzo, ao lado do próprio Aloísio de Abreu.

Trabalhou na Rede Globo durante anos, porém depois de encerrada sua participação no seriado Sítio do Picapau Amarelo, Em 2007, Stela Freitas transferiu-se para a Rede Record para gravar a novela Luz do Sol, de Ana Maria Moretzsohn. também em 2008, a atriz volta às novelas, em Chamas da Vida.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

1978 Sítio do Picapau Amarelo Abelhinha Nair
1978 a 1981 Cuca
1983 a 1984 Viva o Gordo Vários Personagens
1984 Sítio do Picapau Amarelo Assunta Ribeiro (Episódio: A Arca da Emília)
1985 Tamanho Família Irinéia
1987 Sassaricando Dinalda Aparecida de Souza
1988 Vida Nova Marieta
1989 Chico Anysio Show Vários Personagens
1990 Gente Fina Laila
1990 a 1991/2001 Escolinha do Professor Raimundo Dona Cândida / Juanita
1992 Anos Rebeldes Dagmar
Você Decide Leninha
1995 74.5: Uma Onda no Ar Dinorah
Explode Coração Pátia
1996 a 1997 Chico Total Pretória
1997 Velas de Sangue Marizé
1998 Era uma Vez... Quitéria
1999 a 2004 Zorra Total Vários personagens
2004 Senhora do Destino Cícera Batista
2005 a 2007 Zorra Total Vários Personagens
2006 Sítio do Picapau Amarelo Dona Florena Caipora
2007 Luz do Sol Yvonne Macedo
2008 Chamas da Vida Rosicler Bueno Pimenta
2010 Ribeirão do Tempo Virgínia Ajuricaba
2012 Balacobaco Hilda Batista
2013 Pa Pe Pi Po Pu Odete
2014 Milagres de Jesus Priscila
Manual Prático da Melhor Idade Carlota
2015 Os Dez Mandamentos Sifrá[1]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Conheça os personagens de Os Dez Mandamentos». R7 Entretenimento. 18 de março de 2015. Consultado em 20 de março de 2015 
  2. Cinemateca Brasileira, Das Tripas Coração [em linha]