Stephen Malkmus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Stephen Malkmus
Informação geral
Nascimento 30 de maio de 1966
Origem Santa Monica, California
Stephen Malkmus

Stephen Malkmus (Santa Monica, California, 30 de maio de 1966) é um músico estadunidense fundador da banda de rock alternativo americana Pavement.[1] Ele também mantém uma carreira solo, tendo lançados alguns álbuns. O seu trabalho mais recente é o álbum "Sparkle Hard", de 2018.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Stephen Malkmus é o líder do Pavement, um dos conjuntos mais cultuados e influentes dos anos 90. Formado em 1988, o Pavement deu ao mundo 5 discos clássicos e finalizou suas atividades em novembro de 2000. Em 2010, se reuniram novamente para alguns shows. Mas antes ainda do fim oficial do grupo, Stephen já ensaiava a carreira solo que viria a seguir. Foi também membro do Silver Jews, projeto em parceria com David Berman, em que contribuia como instrumentista e vocal, além de ajudar em algumas composições, desde 1989. Em 1999, ele participou de algumas sessões de estúdio ao lado de Kim Gordon e Jim O´Rourke (Sonic Youth), reunião que ficou conhecida como Kim’s Bedroom. Logo após, Malkmus reuniu-se ao The Jicks, uma banda formada por velhos conhecidos seus de Portland, local onde reside. Com Joanna Bolme no baixo, Mike Clark na guitarra e teclado e John Moen na bateria, Malkmus, assim como no Pavement, encarregou-se do vocal e da guitarra. Com a backing band montada, ele estava pronto para voltar ao circuito comercial.

Ao longo do ano de 2000, Stephen e o The Jicks entraram em estúdio e começaram a gravação de seu disco de estréia. A idéia era lançar o trabalho de forma independente, sob o título “Swedish Reggae”. Não aconteceu nenhuma coisa e nem outra: a Matador Records arrebanhou o novo projeto do ex-líder do Pavement (que também fazia parte de seu cast) e o seu debut foi lançado em 13 de fevereiro de 2001 somente com o nome de Malkmus na capa. No mês anterior, como aperitivo, saiu o single “Discretion Groove” (que possui uma edição 7’’ limitada lançada pela Domino Records). Este primeiro álbum caiu nas graças da crítica e dos fãs, ainda que a sonoridade apresentada seja basicamente a mesma dos tempos de Pavement (mas também ninguém esperava outra coisa). A banda entra em turnê de divulgação logo após o disco sair nas lojas, tendo em off-stage o ex-Pavement Bob Nastanovich, no cargo de manager.

Em abril do mesmo ano, uma das etapas dessa turnê foi o Brasil. Stephen e o Jicks fazem 4 shows em território nacional: o primeiro no dia 19 de abril em Londrina e depois Recife, São Paulo e Rio de Janeiro como atração principal do Abril Pro Rock, nos dias 21, 24 e 25, respectivamente. O repertório dos shows foi formado por suas músicas novas, com apenas uma única do Pavament sendo tocada: In Mouth of a Desert, do primeiro disco, “Slanted and Enchanted”. Também tocou "Here" do Pavement, no show em Londrina.

Em junho de 2002, os quatro amigos voltam ao estúdio para a gravação de um novo disco. O resultado, intitulado “Pig Lib”, é lançado no dia 18 de março de 2003, novamente com a bênção de público e crítica. No mês seguinte é lançado o single “Jenny and the Ess-Dog” (que novamente teve uma edição 7’’ limitada lançada pela Domino). Depois a banda parte em nova excursão, participando inclusive como banda de abertura do Radiohead em algumas apresentações marcadas para agosto nos EUA e no Canadá.

Os outros álbuns de estúdio de Stephen Malkmus são Face The Truth(2005), Real Emotional Trash (2008), Mirror Traffic (2011) e Wig Out at Jagbags (2014).

A banda de Stephen Malkmus, Pavement, confirmou o retorno aos palcos no último mês de setembro, após um hiato de 10 anos. O primeiro show do retorno acontecerá em 1º de março, na Austrália. À época, completam-se cerca de 11 anos desde a dissolução do grupo. O Pavement pode lançar faixas inéditas em 2010. Em entrevista ao site do semanário britânico NME, o guitarrista Spiral Stairs afirmou que a banda estuda a possibilidade de mesclar uma coletânea de hits a faixas inéditas, gravadas anteriormente mas nunca lançadas de modo oficial.

Referências

  1. Eric Weisbard (2008). «Pavement». Encyclopedia Britannica (em inglês). Consultado em 10 de junho de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.