Sterblitch Não Tem Um Talk Show: o Talk Show

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sterblitch Não Tem Um Talk Show: O Talk Show
Informação geral
Formato late-night talk show
Gênero Humor
Programa de entrevistas
Duração 80-120 minutos (live)
30-38 minutos (compacto)
Estado Em exibição
Criador(es) Eduardo Sterblitch
Clara Araújo
País de origem  Brasil
Idioma original língua portuguesa
Produção
Diretor(es) Rafael Queiroga
Produtor(es) Fernanda Neves
Editor(es)
  • Pedro Kabe
Câmera Videoconferência
Roteirista(s)
  • Andre Gribel
  • Daniela Ocampo
  • Eduardo Sterblitch
  • Leonardo Lanna
  • Rodolpho Rodrigo
Apresentador(es) Eduardo Sterblitch
Elenco
Tema de abertura "Fui Humilhado", por Academia da Berlinda
Empresa(s) produtora(s)
Exibição
Emissora original Gshow
Globoplay
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Formato de áudio Estéreo
Transmissão original 1 de junho de 2020
Temporadas 2
Episódios 13

Sterblitch Não Tem Um Talk Show: O Talk Show é um late-night talk show brasileiro produzido pelos Estúdios Globo, transmitido pelas redes sociais do portal Gshow desde 2 de junho de 2019 e lançada pelo serviço de streaming Globoplay desde 5 de junho de 2019, com apresentação do humorista Eduardo Sterblitch. É inspirado no espetáculo teatral Sterblitch Não Tem Um Talk Show, em que Edu brincava com a quantidade de humoristas que hoje em dia comandam talk shows e, com muito humor e improviso, chamava o público para participar.[1]

No dia 2 de outubro de 2020, GShow anunciou que o programa foi renovado para uma segunda temporada, estreando no dia 9.

Formato[editar | editar código-fonte]

A cada semana, o portal Gshow realiza duas lives durante a semana - que ocorrem às 22 horas - transmitidas pelas suas redes sociais (Twitter e Facebook), que também contam com a inclusão de mais uma live, feita pelo próprio perfil de Edu Sterblitch no Instagram). Posteriormente, elas são mescladas e editadas em um compacto de 35 minutos disponibilizados no Globoplay.

É conduzido diretamente da casa do apresentador - principalmente por conta da quarentena imposta pela pandemia de COVID-19 - junto com o editor André Gribel - que faz a mediação do público e dos convidados com o apresentador, além das edições ao vivo do programa - e o diretor Rafael Queiroga - em forma de uma cabeça flutuante - diretamente de suas respectivas casas, mas agregados por meio da tecnologia de chroma key. A ideia é promover uma "terapia em grupo" com conversas sobre os mais variados assuntos, pelas lives das redes sociais (pela hashtag #NTEM1TALKSHOW), com anônimos da plateia virtual (criada mediante pré-inscrição) e com celebridades. Ao mesmo tempo, ele conduzirá live games e dinâmicas divertidas com linguagem de memes e trollagens da web.

"Minha vontade é fazer exatamente o contrário dos talk shows; não conversar com famosos, mas com o público. Ver o que a galera tem a dizer, até porque é um momento de muita divisão.[...] É uma paródia, na verdade, da quantidade de humoristas que fazem talk show, [...] uma coisa mais deep web, como se a gente fosse um vírus ali. Como se estivéssemos fazendo um programa que nem a Globo sabe que tem." [2].

Comerciais fictícios[editar | editar código-fonte]

Junto com as entrevistas - inicialmente sob a alegação de não ter patrocinadores - o programa abre espaço para intervalos comerciais de baixo custo para empresas fictícias. Entre elas, as mais recorrentes são:

  • Cabeleleila Leila - Salão de "Cabeleleilos" (posteriormente, Centro de Beleila Leila Cabeleleilos) que também é co-gerenciado pelo seu sobrinho-neto de 12 anos Luiz Cláudio. Se tornou o comercial mais viralizado do programa nas redes sociais no final de Julho, chegando a ser usado como inspiração na divulgação do Globoplay e do programa durante os intervalos da Rede Globo.[3][4]
  • Espaço Carioca Lanchonete - Lanchonete da cidade de Sumaré - SP. Inspirada na lanchonete homônima do pai de Edu Sterblitch na mesma cidade.
  • Cerveja Cerveja - Cerveja "com nome de cerveja mesmo"; produzida na Fábrica Fábrica.

Episódios[editar | editar código-fonte]

1ª temporada (Junho-Agosto de 2020)[editar | editar código-fonte]

Data de transmissão (live) Convidado(a) Data de disponibilização
do compacto (Globoplay)
01 1 de junho Michel Melamed
Letícia Colin
5 de junho de 2020
2 de junho Ivete Sangalo
02 8 de junho Whindersson Nunes
Robson Sousa
12 de junho de 2020
9 de junho Fábio Porchat
03 15 de junho Welder Rodrigues 19 de junho de 2020
16 de junho Fátima Bernardes
04 20 de junho Tony Tornado 26 de junho de 2020
22 de junho Marcelo Adnet
05 27 de junho Cissa Guimarães 3 de julho de 2020
29 de junho Iza
06 04 de julho Joelma 10 de julho de 2020
06 de julho Babu Santana
07 11 de julho Bruno Mazzeo 17 de julho de 2020
13 de julho Pabllo Vittar
08 18 de julho Paolla Oliveira 24 de julho de 2020
20 de julho Ney Matogrosso
09 25 de julho Serginho Groisman 31 de julho de 2020
27 de julho Gabriel O Pensador
10 01 de agosto Gretchen 07 de agosto de 2020
03 de agosto Deborah Secco
11 08 de agosto Fernanda Torres 14 de agosto de 2020
10 de agosto Luísa Sonza
12 15 de agosto Preta Gil 21 de agosto de 2020
17 de agosto Péricles

2ª temporada (Outubro de 2020-presente)[editar | editar código-fonte]

Data de transmissão (live) Convidado(a) Data de disponibilização
do compacto (Globoplay)
01 09 de outubro Mart'nália 23 de outubro de 2020
10 de outubro Dani Calabresa
02 16 de outubro Any Gabrielly TBA
17 de outubro Bruna Marquezine
03 23 de outubro Paulo Vieira TBA
24 de outubro Rafa Kalimann

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Juliana Lessa (4 de junho de 2020). «Eduardo Sterblitch se experimenta em novo programa: 'Minha vontade é fazer o contrário do talk show'». GShow. Consultado em 7 de junho de 2020 
  2. Beatriz Vilanova (4 de junho de 2020). «Eduardo Sterblitch promove 'terapia em grupo' com novo talk show do Globoplay». F5. Folha de S.Paulo. Consultado em 7 de junho de 2020 
  3. «'Cabeleireira Leila': meme viral criado por Eduardo Sterblitch ganha nova versão». Redação. Extra. 28 de julho de 2020. Consultado em 8 de agosto de 2020 
  4. Redação (1 de agosto de 2020). «Eduardo Sterblitch fala do sucesso da 'Cabeleireira Leila': 'Não esperava'». UOL. Consultado em 8 de agosto de 2020