Steve Berry

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde agosto de 2017) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Steve Berry
Steve Berry em 2012
Nascimento 1955 (62 anos)
Condado de Camden
Nacionalidade norte-americano
Ocupação Escritor
Principais trabalhos O Quarto de Ambar
A Profecia Romanov
Página oficial
www.steveberry.org

Steve Berry (1955) é um autor de livros policiais norte-americano. Ficou conhecido com livros como O Quarto de Ambar e A Profecia Romanov. Seus livros foram traduzidos para 40 idiomas com mais de 17 milhões de cópias em 51 países.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Steve Berry cresceu na Geórgia, na costa do Condado de Camden. Desde cedo adorou a leitura e ainda mais a escrita. Formando-se em Direito na Mercer University[1] e integrou o Programa de Educação do Condado de Camden.[carece de fontes?] Ao longo de duas décadas dedicou-se à advocacia. No entanto, a publicação e o sucesso obtido com seus livros fizeram com que o autor abandonasse os tribunais.[2] Hoje, dedica-se ainda à política local, tanto que é um dos cinco comissários do condado estadunidense.[carece de fontes?]

Fundou com a esposa Elizabeth a History Matters, entidade dedicada à preservação de lugares históricos. Foi nomeado para servir no Smithsonian Libraries Advisory Board para ajudar a promover e apoiar bibliotecas.[1]

Ele é membro fundador da International Thriller Writers, um grupo de mais de 2.600 escritores de suspense de todo o mundo, e foi por três anos vice-presidente.[1]

Carreira literária[editar | editar código-fonte]

Começou a escrever, concisamente, em 1990. Em 2000 e no seguinte ano foi o vencedor aclamado do Georgia State Bar, prémio dedicado a precoces autores de ficção do estado da Geórgia, e duas pequenas histórias suas foram publicadas no Georgia State Bar Journal. A partir daqui empenhou-se na escrita de livros. E saiu-se bem, visto que a sua primeira novela, O Quarto de Ambar (The Amber Room na versão original) foi um estrondoso sucesso, aclamado pela crítica, que elegeu Berry como o próximo John Le Carré ou Dan Brown da ficção policial.[carece de fontes?]

Outros best-sellers de Berry foram O Terceiro Segredo e The Templar Legacy. Este último manteve-se no Top 10 das livrarias norte-americanas durante 8 semanas consecutivas.[carece de fontes?]

Em 2005 foi eleito como o Autor do Ano pela Georgia Writer's Association.[carece de fontes?]

A Profecia Romanov[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O livro conta a história de um advogado negro, Miles Lord, pertencente à Comissão do Czar, uma comissão que tinha como objectivo eleger unanimemente um czar para a Rússia, no conturbado período pós-soviético, encarregado de descobrir alguma coisa que pudesse prejudicar as pretensões do herdeiro ao trono supostamente mais legítimo, Stefan Baklanov, apoiado pela máfia russa e pelos novos-ricos. Após descobrir documentos comprometedores - uma carta da última czarina russa e um documento deixado por Lenine - vê-se directamente envolvido, com uma acrobata do Circo de Moscovo, na busca dos possíveis sobreviventes ao Massacre de Iekaterinburgo, Alexei e Anastásia Romanov, seguindo literalmente uma profecia de Rasputine.[carece de fontes?]

Para além de uma história hilariante, Berry não se conteve a esforços para integrar neste livro detalhados e assustadores relatos do assassínio da família imperial russa, em 1918.

Obras[editar | editar código-fonte]

Série do Cotton Malone[editar | editar código-fonte]

  1. The Templar Legacy (2006) no Brasil: O Legado dos Templários (Editora Record, 2007)
  2. The Alexandria Link (2007) no Brasil: O Elo de Alexandria (Editora Record, 2008)
  3. The Venetian Betrayal (2007) no Brasil: Traição em Veneza (Editora Record, 2009)
  4. The Charlemagne Pursuit (2008) no Brasil: A Busca de Carlos Magno (Editora Record, 2010)
  5. The Paris Vendetta (2009) no Brasil: Vingança em Paris (Editora Record, 2011)
  6. The Emperor's Tomb (2010) no Brasil: A Tumba do Imperador (Editora Record, 2012)
  7. The Jefferson Key (2011) no Brasil: O Enigma de Jefferson (Editora Record, 2012)
  8. The King's Deception (2013) no Brasil: A Farsa do Rei (Editora Record, 2016)
  9. The Lincoln Myth (2014)
  10. The Patriot Threat (2015)
  11. The 14th Colony (2016)
  12. The Lost Order (2017)
  13. The Bishop's Pawn (A publicar, 2018)

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.