Steven Pruitt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Steven Pruitt
Nascimento 17 de abril de 1984
San Antonio
Cidadania Estados Unidos
Alma mater
Ocupação wikimedista

Steven Pruitt é um editor e wikipedista americano que fez mais edições na Wikipédia inglesa do que qualquer outro editor. Com mais de três milhões de edições e mais de 35 mil artigos criados, foi nomeado, em 2017, um dos "25 Influenciadores mais Importantes na Internet" pela revista Time.[1] Pruitt edita sob o nome de usuário Ser Amantio di Nicolao.[2] Ele ajudou a diminuir o viés sistêmico na Wikipédia e promover a inclusão feminina, por intermédio do projeto Women in Red.[3]

Contribuições na Wikipédia[editar | editar código-fonte]

Pruitt criou sua conta em 2006, no momento em que era sênior no College of William & Mary.[1] Seu primeiro artigo editado na Wikipedia foi sobre Pedro Francisco, um herói da Guerra Revolucionária nascido em Portugal, conhecido como o "Gigante Virgínia", que também era o tataravô de Pruitt do lado paterno.[4] Em fevereiro de 2019, o editor fez mais de três milhões de edições na enciclopédia, mais do que qualquer outro editor na Wikipédia em inglês; ele havia superado o colaborador Justin Knapp em números de edições em 2015. Dentre suas edições, destacam-se a criação de artigos sobre mais de 600 mulheres, para combater o viés de gênero no site.[5][4]

Referências

  1. a b «Meet the 25 Most Influential People on the Internet». Time (em inglês). 26 de junho de 2017. Consultado em 9 de julho de 2019 
  2. «Meet The World's Most Prolific Wikipedia Editor». Vocativ (em inglês). 15 de janeiro de 2016. Consultado em 9 de julho de 2019 
  3. Malloy, Daniel. «This Prolific Nerd Is Shaping the Future of Wikipedia». OZY (em inglês). Consultado em 9 de julho de 2019 
  4. a b Eshleman, Tina (17 de setembro de 2018). «How the most prolific Wikipedia editor is expanding what we know about the world». W&M Alumni Magazine. Consultado em 9 de julho de 2019 
  5. January 26, CBS News; 2019; Pm, 12:18. «Meet the man behind a third of what's on Wikipedia». CBS News (em inglês). Consultado em 9 de julho de 2019