Strasserismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Strasserismo refere-se à vertente do nazismo que reivindicava, e que atualmente reivindicam os neonazistas, um movimento das massas mais radical, baseado nos trabalhadores, uma forma de nacional-socialismo, particularmente hostil em relação ao capitalismo financeiro e com uma base antissemita, sendo associada juntamente com o nacionalismo. Ela deriva seu nome de Gregor e Otto Strasser, os dois irmãos nazistas que inicialmente foram associados com esta posição. Opositor das estratégias de Adolf Hitler, Otto Strasser foi expulso do NSDAP em 1930, enquanto Gregor Strasser foi morto durante a Noite das Facas Longas em 1934.

Durante os anos 1970 as ideias do strasserismo começaram a ser associados mais fortemente na Europa em membros mais jovens de grupos de extrema-direita sem vínculos concretos com Hitler, e com um forte sentimento de anticapitalista.

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.