Strikeforce: Diaz vs. Daley

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Strikeforce: Diaz vs. Daley
Detalhes
Promoção Strikeforce
Data 9 de abril de 2011
Local Valley View Casino Center
Cidade Estados Unidos San Diego, California
Público 9,059
Arrecadado 533,214
Cronologia
Strikeforce Challengers: Wilcox vs. Damm Strikeforce: Diaz vs. Daley Strikeforce: Overeem vs. Werdum

Strikeforce: Diaz vs. Daley foi um evento de artes marciais mistas promovido pelo Strikeforce, ocorrido em 02011-04-09 9 de abril de 2011 no Valley View Casino Center em San Diego, California.[1]

Background[editar | editar código-fonte]

Essa foi o primeiro evento principal do Strikeforce que foi gerenciado pelos novos compradores da Zuffa, que comprou a promoção no mês anterior.[2]

Esse evento foi originalmente esperado para contar com Alistair Overeem vs. Fabrício Werdum e Josh Barnett vs. Brett Rogers, as duas lutas restantes nas quartas de finais do Grand Prix de Pesados. Evento e as lutas foram anunciadas no site oficial do Strikeforce. Porém, em 2 de Março de 2011, Scott Coker confirmou que as lutas seriam movidas para o Strikeforce: Overeem vs. Werdum em Dallas, Texas, em 18 de Junho.[3]

K.J. Noons era esperado para fazer seu retorno ao Peso Leve nesse card,[4] mas a luta não se materializou.

Mike Kyle era esperado para enfrentar Gegard Mousasi, mas teve que se retirar da luta em 31 de Março de 2011, depois de quebrar a mão.[5] Keith Jardine aceitou entrar no lugar com uma semana de antecedência para enfrentar Mousasi.[6] A luta entre Mousasi e Kyle finalmente aconteceu no Strikeforce: Marquardt vs. Saffiedine em Janeiro de 2013, onde Mousasi finalizou Kyle com um mata leão no primeiro round.

Esse foi o último evento sem ser do Challengers a contar com lutadores em categorias menores de peso leve.

O evento acumulou aproximadamente 528,000 telespectadores, com picos de 806,000 na Showtime.[7]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Card Principal (Showtime)
Categoria Vencedor Perdedor Método Round Tempo Notas
Meio Médios Estados Unidos Nick Diaz derrotou Inglaterra Paul Daley Nocaute Técnico (socos) 1 4:57 a[›]
Leves Estados Unidos Gilbert Melendez (c) derrotou Japão Tatsuya Kawajiri Nocaute Técnico (cotoveladas) 1 3:14 b[›]
Meio Pesados Arménia Gegard Mousasi e Estados Unidos Keith Jardine Empate Majoritário (29-27, 28-28 e 28-28) 3 5:00 c[›]
Leves Japão Shinya Aoki derrotou Estados Unidos Lyle Beerbohm Finalização (neck crank) 1 1:33
Card Preliminar
Penas Estados Unidos Robbie Peralta derrotou Japão Hiroyuki Takaya Decisão Dividida (30-27, 30-27 e 28-29) 3 5:00
Pesados Estados Unidos Virgil Zwicker derrotou Estados Unidos Brett Albee Nocaute Técnico (socos) 1 1:46
Leves Guam Joe Duarte derrotou Estados Unidos Saad Awad Finalização (chave de braço) 2 2:45
Meio Médios Estados Unidos Herman Terrado derrotou Estados Unidos A.J. Matthews Nocaute (soco) 1 4:16
Catchweight (140 lbs) Estados Unidos Rolando Perez derrotou Estados Unidos Edgar Cardenas Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 30-27) 3 5:00
Pesados Estados Unidos Casey Ryan derrotou Estados Unidos Paul Song Finalização (triângulo) 1 1:39

^ a: Pelo Cinturão Meio Médio do Strikeforce.
^ b: Pelo Cinturão Peso Leve do Strikeforce.
^ c: Mousasi perdeu um ponto no primeiro round por uma pedalada ilegal.

Bolsas[editar | editar código-fonte]

Nick Diaz: $175,000 (sem bônus de vitória) der. Paul Daley: $65,000

Gilbert Melendez: $150,000 (sem bônus de vitória) der. Tatsuya Kawajiri: $97,612.50

Gegard Mousasi: $150,000 drew Keith Jardine: $25,000

Shinya Aoki: $73,637.50 (sem bônus de vitória) der. Lyle Beerbohm: $10,000

Robert Peralta: $4,000 (incluindo $2,000 por bônus de vitória) der. Hiroyuki Takaya: $2,740

Virgil Zwicker: $3,000 ($1,000 por bônus de vitória) der. Brett Albee: $1,000

Joe Duarte: $2,000 ($1,000 por bônus de vitória) der. Saad Awad: $1,500

Herman Terrado: $1,500 ($500 por bônus de vitória) der. A.J. Matthews: $1,000

Rolando Perez: $3,000 ($1,000 por bônus de vitória) der. Tom Peterson: $1,000

Casey Ryan: $2,000 ($1,000 por bônus de vitória) der. Paul Song: $750

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]