Strombolicchio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Strombolicchio
Strombolicchio está localizado em: Itália
Strombolicchio
Localização
Coordenadas: 38° 49' 2" N 15° 15' 6" E
Aeolian Islands map.png
Mapa das ilhas Eólias
Geografia física
País  Itália
Localização Mar Mediterrâneo
Arquipélago Ilhas Eólias
Ponto culminante 49 m
Área 0,003  km²
Geografia humana
População 0 (-)
Densidade 0  hab./km²
Strombolicchio (ITA).jpg
Vista de Strombolicchio
Strombolicchio visto de Stromboli

Strombolicchio é uma pequena ilha desabitada e de origem vulcânica situada a 2 km a nordeste da ilha de Stromboli nas Ilhas Eólias, na Itália.

Geologicamente, Strombolicchio é uma agulha vulcânica de basalto muito duro e compactado resistente à erosão, sendo o resto do vulcão original que formou a ilha de Stromboli, cujas erupções cessaram há aproximadamente 200000 anos, quando a atividade vulcânica se deslocou 3 km para sudoeste. É a única parte aérea de uma plataforma submarina que se estende entre ela e a ilha principal. Está totalmente desprovida de água e terras de cultivo, pelo que é desabitada.

Um farol construído em 1926 e ativado em 1938, hoje alimentado por energia solar, situa-se no seu extremo, que é acessível por uma escadaria por uma escadaria de cimento de mais de 200 degraus.[1] A ilha é uma atração turística de Stromboli.

O nome é um diminutivo de Stromboli. Uma lenda transmitida ao longo das gerações de habitantes de Stromboli diz que Strombolicchio não é mais que a tampa do vulcão lançada ao mar durante uma violenta erupção.[2][3]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Strombolicchio

Referências

  1. capovaticano.eu. «Strombolicchio». Consultado em 27 de março de 2012. Arquivado do original em 14 de dezembro de 2009 
  2. pescainsicilia.blogsicilia.it. «Strombolicchio». Consultado em 27 de março de 2012. Arquivado do original em 18 de abril de 2012 
  3. isoleeolietravel.com. «ESCURSIONI ISOLA DI STROMBOLI». Consultado em 27 de março de 2012. Arquivado do original em 3 de março de 2016