Scream

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Stuart Maker)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Scream
Gritos (PT)
Pânico (BR)
 Estados Unidos
1996 • cor • 111 min 
Direção Wes Craven
Produção Cathy Konrad
Cary Woods
Roteiro Kevin Williamson
Elenco Neve Campbell
David Arquette
Courteney Cox
Henry Winkler
Liev Schreiber
Jamie Kennedy
Matthew Lillard
Rose McGowan
Skeet Ulrich
Drew Barrymore
Gênero Suspense
Idioma Inglês
Orçamento 14 milhões
Receita $173,046,663
Cronologia
Último
Último
Scream 2
(1997)
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

Scream (Pânico no Brasil e Gritos em Portugal) é um filme norte-americano do gênero suspense produzido no ano de 1996. Foi dirigido por Wes Craven e escrito por Kevin Williamson.

O filme revitalizou o gênero nos anos 1990 de forma semelhante à que Halloween de 1978 fez na segunda metade dos anos 1970, utilizando um conceito que combinava cenas assustadoras com diálogos que satirizavam os clichês dos filmes de terror. No filme estão vários ídolos adolescentes da época, incluindo: Neve Campbell, Rose McGowan e Courteney Cox (então no auge de sua fama no seriado Friends).

Scream tornou-se um grande sucesso comercial em sua estreia e foi um dos filmes mais lucrativos do ano de 1996, sendo aclamado por críticos de todo o mundo. Devido ao seu sucesso, resultaram três sequências: Scream 2, Scream 3 e Scream 4, que inicialmente teve sua estreia agendada para 2010 nos cinemas de todo o mundo, porém, o estúdio resolveu adiar o inicio da produção do filme, fazendo com que a estreia acontecesse em 15 de abril de 2011.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Um serial killer, fanático por filmes de terror, vem assustando cada vez mais uma pequena e pacata cidade do interior da Califórnia em 1996 ao assassinar brutalmente os jovens da cidade. Primeiro, ele telefona para alguém fazendo perguntas sobre filmes de terror. Se a vítima errar a resposta, ele depois invade a casa dela e mata-a a facadas.

O problema é que ninguém sabe quem pode ser o assassino, já que ele usa uma máscara de fantasma (Ghostface) e um facão para abrir suas vítimas de cima a baixo. Em uma das tentativas do assassino, este falha ao tentar matar a jovem Sidney Prescott, que sobrevive por muita sorte.

A partir daí, o assassino passa a ficar obcecado por Sidney e passa a tentar matá-la constantemente. A mãe de Sidney havia sido assassinada 1 ano antes, da mesma forma que os amigos de Sidney estão sendo assassinados agora. Talvez até haja uma ligação do assassino da mãe de Sidney com o atual assassino...

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Scream: Music from the Dimension Motion Picture
Trilha sonora
Lançamento Estados Unidos 17 de Dezembro de 1996
Gênero(s) Rock alternativo
Duração 46:30
Idioma(s) Inglês
Formato(s) CD
Gravadora(s) Warner Bros. Records
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

O álbum com a trilha sonora original do filme foi lançada em 17 de Dezembro de 1996. Um CD com a música orquestrada de Marco Beltrami dos filmes Scream e Scream 2 foram lançados pela gravadora Varèse Sarabande em 1997.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "Youth of America" — Birdbrain
  2. "Whisper" — Catherine
  3. "Red Right Hand" — Nick Cave and the Bad Seeds
  4. "(Don't Fear) The Reaper" — Gus Black
  5. "Artificial World" [Interdimensional Mix] — Julee Cruise
  6. "Better Than Me" — Sister Machine Gun
  7. "Whisper to a Scream (Birds Fly)" — Soho
  8. "First Cool Hive" — Moby
  9. "Bitter Pill" — The Connells
  10. "School's Out" — The Last Hard Men
  11. "Trouble In Woodsboro"/"Sidney's Lament" — Marco Beltrami
  12. "Blasphemy" — Immediate Music (Faixa bônus)

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

O filme teve sua estreia em 1,413 salas arrecadando $6,354,586 em seu primeiro fim de semana de exibição. No final de sua primeira exibição nos cinemas arrecadou quase $87 milhões, e foi relançado em 11 de Abril de 1997 arrecadando mais $16 milhões. Seu total final foi de $103,046,663 na América do Norte depois de ficar 19 semanas em cartaz. Seu total mundial foi de $173,046,663.

Scream foi o décimo terceiro filme mais visto dos EUA no ano de 1996 e se tornou o 6° filme de terror da história a ultrapassar a barreira dos 170 milhões de dólares em bilheteria. Antes dele, somente Tubarão 2, Drácula de Bram Stoker, Entrevista com o Vampiro, O Exorcista e Tubarão conseguiram essa façanha. Depois dele os filmes de terror ganharam mais visibilidade, mas poucos ainda conseguem superar esses números. Também foi o filme de terror mais visto em 1996/1997 no mundo todo.

O filme é até hoje a produção do gênero "slasher movie" com a maior bilheteria já registrada. Curiosamente suas seqüencias ocupam a 2ª e 3ª posição, respectivamente, seguido por I Know What You Did Last Summer e Freddy vs. Jason. "Scream" é até hoje o 3° filme que rendeu mais dinheiro para os estúdios da Dimension Films.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

O filme concorreu no total a 11 prêmios em 5 festivais/premiações. Os prêmios de maiores destaque foram o MTV Movie Awards (melhor filme) e o Saturn Awards (melhor filme, melhor atriz e melhor roteirista). Podemos destacar também o Gérardmer Film Festival, premiação francesa onde "Scream" recebeu o Grand Prize, prêmio mais importante do festival.

Classificação[editar | editar código-fonte]

  • "Scream" recebeu classificação R nos Estados Unidos, ou seja, menores de idade somente acompanhados. De acordo com a MPAA os critérios para a classificação foram: forte violência gráfica de horror e gore, e linguagem vulgar.
  • O filme foi banido na Coreia do Sul. Apenas em 1999 "Scream" foi reeditado para obter uma classificação de 18 anos.
  • O Brasil foi o país onde o filme recebeu a classificação mais baixa nos cinemas: 14 anos.

O filme na mídia[editar | editar código-fonte]

  • No final de 2008 "Scream" foi um dos poucos filmes de terror que apareceram na lista dos "500 Melhores Filmes de Todos Os Tempos" da conceituada revista britânica Empire. A votação foi feita por jornalistas, cineastas como Quentin Tarantino, Guillermo Del Toro e Pedro Almodovar, além dos próprios leitores.
  • No livro "1001 Filmes Para Ver Antes de Morrer" lançado em 2008, "Scream" é um dos poucos filmes de terror a aparecer na lista. A escolha das obras foi feita apenas por críticos de cinema.
  • Na lista atualizada em 2007, "Scream" aparece entre os 100 melhores filmes de terror do site Best-Horror-Movies.
  • Em 2005, um dos maiores sites especializados em cinema do mundo, o famoso IGN, fez uma lista dos 25 melhores filmes de terror da história, e "Scream" estava entre eles.
  • De acordo com o IMDB, "Scream" é o 18° melhor slasher movie da história e o 11° melhor filme direcionado aos adolescentes (único filme de terror presente no TOP 20).
  • Em 2005, "Scream" foi um dos 50 filmes indicados para se assistir no Halloween, pelo site CineClick.
  • Em Agosto de 2011, o DVD de "Scream" foi lançado pela primeira vez no Brasil com legendas, dublado e extras legendados. Seu lançamento ocorreu junto com o lançamento do DVD e do blu-ray de Scream 4.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.