Suéter (banda)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Suéter
Logo.
Informação geral
Origem Buenos Aires
País  Argentina
Gênero(s) Rock argentino
New Wave
pop rock
Período em atividade 1981 - 1989
1993 - 1995
2002 - 2007
Gravadora(s) Interdisc
Afiliação(ões) Los Twist, Fabiana Cantilo, Charly García, Hilda Lizarazu, Andrés Calamaro, Los Abuelos de la Nada
Integrantes Miguel Zavaleta
Gustavo Donés
Jorge Minissale
Juan del Barrio

Suéter (Camisola), foi uma banda de rock argentina formada em 1981 e dissolvida em 2007. Seu estilo era uma mistura de new wave, pop rock e reggae.

Suas canções mais conhecidas são: Amanece en la ruta (Nascer do sol na estrada), Él anda diciendo (Ele está dizendo), Vía México (Estrada do México), Comiendo gefilte fish (Comer peixe gefilte), e sendo o mais famoso Extraño ser (Ser estranho)[1].

Biografia[editar | editar código-fonte]

Dirigido por Miguel Zavaleta, também foi construído inicialmente por Fabiana Cantilo e Celsa Mel Gowland como apresentadoras.[2] Juan del Barrio (teclados) e Gustavo Donés (baixo), treinamento com o qual gravaram o primeiro álbum e adicionados. [2] Eles tiveram o apoio de Charly García que convidou como o ato de abertura, mas o público inicialmente rejeitou. [2]

Gradualmente, eles alcançaram um registro e alguns sucessos maciços como "Vía México", uma canção de 1985, sobre uma ilegalidade do divórcio, no momento em que o país estava preparado para estabelecer uma lei admitiu.[3]

Em 1989, Miguel deixou uma banda para tentar uma carreira solo sem muito sucesso. [3] Voltando a 1994, com um treinamento renovado e Miguel Zavaleta como único membro original (com Diego Chorno na guitarra e teclados, Jorge Álvarez na bateria e Raúl Chevalier sem baixo), mais tarde substituído por Laura Gómez Palma). [3]

Em 2003, uma programação original que gravou o primeiro álbum em 1982 [4] (Zavaleta, Dones, Minissale, del Barrio) com o baterista encontra Hernán "Fresa" Robic. [4] A banda permanece em conjunto até o 8 de dezembro de 2007, Gustavo Donés morre, devido ao conflito interno e o grupo se separou pouco depois de deixar um novo álbum inédito.[5]

Membros[editar | editar código-fonte]

Alinhamento clássico[editar | editar código-fonte]

Outros membros[editar | editar código-fonte]

  • Bateria: Daniel Colombres (1981–1983), Claudio Loza in (1985–1987), Claudio Venier (1987-1989), Jorge Álvarez (1993-1996-2002-2003) (†), Laura Gómez Palma (1994-1995), Hernán Robic (2003-2007).
  • Baixo eléctrico: Edgardo Roggati (1981) (†), Edgardo Folino (1981) (†), Frank Ojstersek (1981), Raúl Chevalier (1995).
  • Guitarra: José Luis Asaresi (1987–1989) (†), Diego Chorno (1995), Silvio Furmansky (1995).
  • Teclados: Fabián Quintiero (1984 - 1985), Alejandro Desilvestre (1985–1986).
  • Voz e coros: Fabiana Cantilo (1981-1982-1995), Hilda Lizarazu (1984-1986), Celsa Mel Gowland (1981).

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de Estúdio[editar | editar código-fonte]

  • Suéter (1982)
  • Lluvia de gallinas (1984)
  • 20 caras bonitas (1985)
  • Misión ciudadano I (1987)
  • Suéter completo (1988)
  • Suéter 5 (1995)

Álbuns de compilação[editar | editar código-fonte]

  • Suéter Completo (1988)
  • Elefantes en el Techo (1997)

Canções mais famosas[editar | editar código-fonte]

  1. Amanece en la ruta
  2. Mamá planchame la camisa
  3. Comiendo gefilte fish
  4. Él anda diciendo
  5. Vía México
  6. Extraño ser
  7. Desvanecidos
  8. Elefantes en el techo
  9. Pánico en la ciudad
  10. Nada es como fue
  11. Jugo de tomate frío (cover da Manal)

Referências

  1. Biografia Sueter Consultado em 5 de dezembro de 2017
  2. a b c Biografía de Suéter en Rockargento.com. Recuperado em 5 de dezembro de 2017
  3. a b c Suéter en La Historia del Rock Argentino Consultado em 5 de dezembro de 2017
  4. a b Biography Sueter in Rock.com.ar Recuperado em 5 de dezembro de 2017
  5. Mdzol.com. «Falleció Gustavo Donés, el bajista de Suéter». Consultado em 5 de dezembro de 2017 

Ver também[editar | editar código-fonte]