Sul global

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Em vermelho, aqueles países que poderiam ser considerados sul global.

Sul global é um termo utilizado em estudos pós-coloniais e transnacionais que pode referir-se tanto ao terceiro mundo como ao conjunto de países em desenvolvimento.[1] Também pode incluir as regiões mais pobres (em geral ao sul) de países ricos (do norte).[2] O sul global é um termo que estende o conceito de país em via de desenvolvimento. Habitualmente refere-se a todos aqueles países que têm uma história interconectada de colonialismo, neocolonialismo e uma estrutura social e econômica com grandes desigualdades em padrões de vida, esperança de vida ou acesso a recursos.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Mitlin, Diana; Satterthwaite, David (2013). Urban Poverty in the Global South: Scale and Nature. [S.l.]: Routledge. ISBN 9780415624664 
  2. Braveboy-Wagner, Jacqueline Anne (2003). The Foreign Policies of the Global South: Rethinking Conceptual Frameworks. [S.l.]: Lynne Rienner Publishers. ISBN 9781588261755 
  3. (em inglês) The Global South. Contexts. 2012.