Sultanato de Fadhli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


السلطنة الفضلية
Sultanato de Fadhli

Sultanato

Século XV – 1917 Flag of North Borneo (1902–1946).svg

Bandeira de Sulu

Bandeira

Localização de Sulu
Mapa (em inglês) da Federação da Arábia do Sul
Continente Ásia
Capital Shuqrah, então Zinjibar
Governo Monarquia
História
 • Século XV Fundação
 • 1917 Dissolução
Atualmente parte de Iémen Iêmem

O sultanato de Fadhli (em árabe: سلطنة الفضلي, AFI: Salṭanat al-Faḍlī) foi um dos nove cantões que assinaram, originalmente, os acordos de proteção com o Império Britânico no final do século XIX, tornando-se parte do Protetorado de Áden. Foi um dos membros fundadores da Federação dos Emirados Árabes do Sul em 1959, e de sua sucessora, a Federação da Arábia do Sul, em 1963. A capital do sultanato era a cidade de Zinjibar, e seu território incorporava a região vizinha de Abyan. O último sultão, Hussein Ahmed Said al-Fadhli, foi deposto e o estado foi abolido em 1967, com a fundação da República Popular do Iêmen do Sul. Atualmente faz parte da República do Iêmen.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]

  • Gavin, R.J. Aden Under British Rule, 1839-1967
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Iémen é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Ícone de esboço Este artigo sobre Estado extinto, integrado ao Projeto Estados Extintos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.