Sumidouro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Sumidouro (desambiguação).

Sumidouro é o ponto em que um curso d'água superficial penetra no solo. Trata-se de uma abertura natural que se comunica com uma rede de galerias e através da qual o curso de água adentra o subsolo (os ponor ou algares podem servir de sumidouro). Quando têm tampões de neve ou gelo têm o nome de Tesereft.

Sumidouros são locais preferenciais de infiltração de águas superficiais nos carstes. Os sumidouros podem ser:[1]

  • permanentes, quando absorvem as vazões de riachos, córregos ou mesmo de rios;
  • acidentais, quando atuam unicamente nas enchentes das drenagens superficiais;
  • intermitentes, quando funcionam somente nas épocas chuvosas.

Referências

  1. SILVA, Adelbani Braz da.(1995).Capitulo 3.2 – Hidrogeologia de Meios Cársticos. Curso de Hidrogeologia de Aquíferos Cársticos. Organizado pelo Núcleo de Estudos Hidrogeológicos do Meio Ambiente da UFBA (NEHMA), 39 p.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Sumidouro


Ícone de esboço Este artigo sobre Geologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.