Super Junior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Super Junior-K.R.Y)
Ir para: navegação, pesquisa
Super Junior
Super Junior at Kaohsiung Arena, Taiwan(2) Cropped.JPG
Super Junior durante um encontro com fãs promovido pela LG Optimus em Kaohsiung, Taiwan, em novembro de 2011.
Da esquerda para a direita: Leeteuk, Ryeowook, Eunhyuk, Donghae, Siwon, Kyuhyun, Sungmin, Yesung e Shindong.
Informação geral
Também conhecido(a) como SuJu (슈주), SJ, Kings of Hallyu (Reis da Onda Hallyu)[1][2][3][4]
Origem Seul
País  Coreia do Sul
Gênero(s) K-pop, J-pop, dance-pop, hip hop, R&B, pop-rock, teen pop, bubblegum pop, electro pop[5][6]
Período em atividade 2005[7] – presente
Gravadora(s) S.M. Entertainment, Label SJ, Avex Trax
Afiliação(ões) Super Junior-K.R.Y., Super Junior-T, Super Junior-M, Super Junior-Happy, Super Junior-D&E, M&D, SMTown
Integrantes Leeteuk
Heechul
Yesung
Kangin
Shindong
Sungmin
Eunhyuk
Donghae
Siwon
Ryeowook
Kyuhyun
Ex-integrantes Han Geng
Kibum
Página oficial superjunior.smtown.com
Super Junior
Nome em coreano
Hangul 슈퍼주니어
Romanização Revisada Syupeo Junieo
McCune-Reischauer Syup'ŏ Chuniŏ
Hangul, hanja.png Este artigo contém texto em coreano.
Sem suporte multilingue apropriado, você verá interrogações, quadrados ou outros símbolos em vez de hangul ou hanja.
Zhongwen.svg Este artigo contém texto em chinês.
Sem suporte multilingue apropriado, você verá interrogações, quadrados ou outros símbolos em vez de caracteres chineses.

Super Junior (hangul: 슈퍼주니어; rr: Syupeo Junieo) é uma boy band sul-coreana produzida por Lee Soo-man e formada pela empresa e gravadora S.M. Entertainment. O grupo estreou, inicialmente, com doze integrantes, em 6 de novembro de 2005,[7] no programa musical Inkigayo, com o single "Twins (Knock Out)".[8] No dia 23 de maio de 2006, a S.M. Entertainment anunciou a adição de um novo integrante, Kyuhyun.[9] [10] Os 13 integrantes originais, que formaram o grupo em seu auge, são Leeteuk (líder), Heechul, Han Geng (ex-integrante), Yesung, Kangin, Shindong, Sungmin, Eunhyuk, Donghae, Siwon, Ryeowook, Kibum (ex-integrante) e Kyuhyun.[7][9][11][12] Há ainda Zhou Mi e Henry, parte apenas do subgrupo Super Junior-M.[13] Super Junior também é conhecido como SuJu ou SJ, e ainda como "Os Reis da Onda Hallyu".[1][2][3][4][nota 1]

Com oito álbuns de estúdio lançados na Coreia do Sul, o grupo vendeu mais de 1,7 milhão de cópias físicas apenas nos últimos cinco anos, com seus trabalhos mais recentes.[14][15] Apesar de ter obtido grande sucesso nacional desde sua estreia, o grupo tornou-se internacionalmente conhecido após lançamento de seu hit sinlgle "Sorry, Sorry", em 2009, do álbum homônimo, que se transformou em um êxito de vendas na Coreia e em diversos países asiáticos.[16][17] O grupo já lançou e contribuiu para mais de 20 álbuns, sendo o artista de K-pop que mais vendeu por três anos consecutivos.[18] Ao longo dos anos, Super Junior foi dividido em pequenos grupos diferentes, visando atingir um número maior de público e estilos musicais diferenciados. Devido ao sucesso do Super Junior como artistas, outras empresas de entretenimento sul-coreanas começaram a treinar seus grupos musicais em outras áreas, como a atuação e a apresentação de programas televisivos.[19]

Nos anos seguintes, a boy band conquistou reconhecimento fora da Ásia, em especial na Europa e América, onde foi destaque em programas de televisão e jornais on-line. Além do seu sucesso comercial, Super Junior já possui treze prêmios no Mnet Asian Music Awards e dezessete no Golden Disc Awards, duas grandes premiações musicais da Coreia do Sul, além de ser o segundo grupo musical sul-coreano a ganhar o prêmio de Artista Favorito do MTV Asia Awards, em 2008.[20] Em 2012, a boy band foi nomeada na categoria de Melhor Artista Asiático no MTV Europe Music Awards, mostrando, mais uma vez, sua grande popularidade.[21] Em 2015, o grupo venceu nas duas categorias em que foi indicado na premiação estadunidense Teen Choice Awards, voltada para adolescentes, apresentada pela FOX.[22]

Em dezembro de 2009, Han Geng, integrante chinês que foi escolhido entre 3,000 competidores através de audições realizadas em Pequim, deixou o grupo após abrir uma ação judicial contra a agência do grupo, a SM Entertainment.[11] Han Geng ganhou o processo em dezembro de 2010,[23] embora sua saída do Super Junior tenha sida oficializada apenas em 27 de setembro de 2011, quando a empresa e gravadora finalmente lançou uma declaração oficial.[24][25] Em 20 de agosto de 2015, Kibum, que estava em inatividade desde 2009, anunciou o termino de seu contrato com a SM Entertainment através de sua conta no Instagram, consequentemente desligando-se oficialmente do grupo.[12]

Atualmente, o grupo conta com cinco integrantes ativos: Leeteuk, Heechul, Yesung, Shindong e Kyuhyun. Eunhyuk, Donghae, Siwon e Ryeowook estão afastados, cumprindo suas atividades obrigatórias no exército sul-coreano.[26][27][28][29] Kangin está em hiato por tempo indefinido, desde maio de 2016.[30] O serviço militar obrigatório vem alterando a formação do grupo desde 2010, e, além de Sungmin, Eunhyuk, Donghae e Siwon, cinco integrantes já alistaram-se: Kangin, a partir de 5 de julho de 2010, completando o seu serviço em 16 de abril de 2012,[31] Heechul, a partir de 1 de setembro de 2011, completando o seu serviço em 30 de agosto de 2013,[32] Leeteuk, a partir de 30 de outubro de 2012, completando o seu serviço em 29 de julho de 2014,[33] Yesung, a partir de 6 de maio de 2013, completando seu serviço em 4 de maio de 2015[34], Shindong, a partir de 24 de março de 2015, completando seu serviço em 23 de dezembro de 2016.[35][36] e Sungmin, a partir de 31 de março de 2015, completando seu serviço em 30 de dezembro de 2016.[37]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Formação e antecedentes[editar | editar código-fonte]

No ano de 2000, a SM Entertainment realizou suas primeiras audições internacionais, em Pequim, recrutando Han Geng, que fora escolhido entre 3,000 competidores.[38] No mesmo ano, Leeteuk, Yesung e Eunhyuk foram escolhidos após participarem das audições anuais da SM Entertainment, em Seul. Sungmin e Donghae tornaram-se trainees após ganharem, juntos, em primeiro lugar, um concurso patrocinado pela SM Entertainment em 2001. Em 2002, Heechul e Kangin foram escolhidos junto a Kibum, que fora descoberto por um agente de talentos em Los Angeles, na Califórnia. Siwon tornou-se trainee em 2003, após ser recrutado por agentes da empresa, e Ryeowook em 2004, depois de ganhar a edição anual do Chin Chin Youth Festival, concurso de canto realizado na Coreia do Sul para jovens artistas,[39] trabalhando como trainee por apenas dois meses antes de sua estreia. Shindong e Kyuhyun, este ganhando o terceiro lugar na edição de anual do Chin Chin Youth Festival,[40] foram descobertos em 2005. Entretanto, Kyuhyun juntou-se ao grupo somente em 2006.[9]

Antiga sede da SM Entertainment, agência e gravadora do grupo, em Apgujeong-dong, Gangnam-gu, Seul, no ano de 2012.

As notícias de que a SM Entertainment tinha planos de formar um grande novo grupo espalhou-se pela internet em 2004. No início de 2005, o produtor companhia, Lee Soo-man, confirmou os rumores e anunciou que estava preparando uma boy band com doze integrantes, que seria lançada perto do final do ano. O produtor chamou o grupo de "O Portão para o Estrelato na Ásia",[41] já que a maioria dos integrantes foram atores, MCs, modelos ou DJs de rádio antes da estreia com o grupo. Heechul, Siwon e Kibum começaram a carreira atuando em dramas e filmes;[42][43][44] Leeteuk, Yesung, Kangin, Shindong, Sungmin e Eunhyuk apresentaram-se na televisão e tornaram-se DJs e MCs ativos, antes e depois de estrearem como cantores; Han Geng fez sua primeira aparição como modelo. Lee Soo-man também disse que o grupo sofreria alterações na formação, com novos integrantes substituindo as gerações anteriores a cada ano, formato inédito no mercado do K-pop. Este conceito de formação rotativo seria inspirado no girl group japonês Morning Musume.

No início, houve rumores de que o nome do grupo seria O.V.E.R., sendo um acrônimo para Obey the Voice for Each Rhythm (Obedeça a Voz para Cada Ritmo, em tradução livre).[45] No entanto, antes da escolha definitiva do nome do grupo, a SM Entertainment referia-se a eles simplesmente como juniors, por serem bastante jovens quando se tornaram trainees da empresa.[45] Após os integrantes mostrarem diversos talentos para a agência durante um piquenique, a SM Entertainment estabeleceu o nome Super Junior. Logo, o grupo tornou-se conhecido como Super Junior 05, a primeira geração do Super Junior.

Super Junior 05 fez sua primeira aparição, antes de sua estreia oficial, no canal de televisão sul-coreano Mnet, em 11 de setembro de 2005.[nota 2] Durante a apresentação, eles performaram vários estilos de dança hip hop, onde o grupo dançou "Take It To The Floor" da banda B2K. Han Geng, Eunhyuk e Donghae fizeram uma performance especial separados do grupo, dançando "Caugh Up" do cantor estadunidense Usher. Entretanto, a performance só foi ao ar em 16 de maio de 2006, como segmento no Super Junior Show, o primeiro documentário do grupo na televisão.

2005 – 2006: Estreia do projeto Super Junior[editar | editar código-fonte]

Super Junior 05 estreou oficialmente durante uma apresentação no programa musical Inkigayo, em 6 de novembro de 2005, como um grupo de 12 integrantes.[8] No programa, o grupo apresentou seu primeiro single, "Twins (Knock Out)", que foi lançado digitalmente, junto com quatro faixas inéditas, no dia 8 de novembro de 2005. Um mini-álbum foi agendado para ser lançado como o primeiro trabalho do grupo, mas, em vez disso, um álbum de estúdio, SuperJunior05 (Twins), foi lançado em 5 de dezembro de 2005. O álbum vendeu 28,536 cópias em seu mês de lançamento, alcançando o terceiro lugar no gráfico mensal de dezembro de 2005.[46] Para ajudar na promoção e divulgação do grupo, a SM Entertainment um criou projeto de colaboração entre as boy bands Super Junior 05 e TVXQ, que lançaram, juntas, o single natalino "Show Me Your Love", que tornou-se o lançamento mais vendido de dezembro de 2005, com 49,945 unidades comercializadas.[46]

Após o término das performances de "Show Me Your Love" e já no ano de 2006, o grupo caminhou para seu segundo single promocional, "Miracle", cujas promoções foram iniciadas em fevereiro. "Miracle" foi o primeiro single do grupo a atingir o primeiro lugar em diferentes gráficos da Coreia do Sul e também de outros países, como a Tailândia.[47]

"Miracle" seria o último single de SuperJunior05 (Twins) a ser promovido. Com as promoções de "Miracle" lentamente acabando, a SM Entertainment decidiu começar a substituição dos membros originais. Antes da estreia do Super Junior 05, a intenção era que o mesmo fosse um grupo rotativo, com novos integrantes substituindo os anteriores, que sairiam do grupo após um determinado período. Depois do Super Junior 05, Super Junior 06, a segunda geração, seria lançada, e a gravadora começou a agir para anunciar os novos integrantes. No entanto, mesmo após audições para selecionar novos membros, o grupo projeto transformou-se em um grupo fixo, e tornou-se apenas Super Junior, sem o sufixo "05".[10]

2006 – 2007: "U", sucesso imediato e estreia dos primeiros subgrupos[editar | editar código-fonte]

Em 23 de maio de 2006, a SM Entertainment anunciou a adição de um novo integrante, Kyuhyun, que, agora, era o membro mais novo.[10] O grupo, agora com treze integrantes, lançou seu novo single, "U", para download digital gratuito no dia 25 de maio de 2006. "U" teve mais de 400 mil downloads em apenas cinco horas, excedendo 1,7 milhão de downloads, derrubando o servidor que hospedava o arquivo.[48] O lançamento físico de "U", com um total de três faixas, foi lançado no dia 6 de junho, vendendo mais de 36,500 de unidades naquele mês.[49]

Fãs do grupo, também conhecidos como E.L.F.,[50] com bastões de luz azul safira, cor oficial do grupo e seu fã-clube, durante concerto em Hanoi, em março de 2010.[51]

A canção tornou-se uma das mais populares do ano, desfrutando a primeira colocação por cinco semanas seguidas em dois programas musicais, Inkigayo e M! Countdown, pela primeira vez na carreira do grupo. "U" foi premiada como Mutizen Song[nota 3] da semana no Inkigayo, em 25 de junho de 2006, sendo este o primeiro prêmio recebido pelo grupo desde sua estreia, em novembro de 2005.[52]

Enquanto as promoções de "U" ainda estavam ativas, um novo single, "Dancing Out", foi lançado, em 23 de julho de 2006, como parte do álbum anual de verão da SMTown.[53] Devido à popularidade de "U", Super Junior recebeu mais de sete prêmios em cinco premiações musicais diferentes, ganhando os prêmios de Revelação do Ano no Golden Disc Awards, no Mnet Asian Music Awards[54][55] e no Seoul Music Awards.

Em 2 de junho[56] daquele ano, um fã-clube oficial foi criado para o grupo, E.L.F, um acrônimo para Everlasting Friends (traduzido para o português como "Amigos Eternos" ou "Amigos para Sempre").[50] Como os fãs de grupos de K-pop têm o costume de apoiar seus ídolos com balões (hoje em dia, usa-se bastões de luz) de cores específicas, a cor oficial do Super Junior e seu fã-clube tornou-se o azul safira perolado.[57]

Com o fim de 2006, o grupo começou a diversificar seu modo de promover, e seu primeiro subgrupo, Super Junior-K.R.Y., formado por Yesung, Ryeowook e Kyuhyun, estreou em 5 de novembro, com uma performance da canção "The One I Love", no programa musical Music Bank.[58] Em fevereiro de 2007, um segundo subgrupo, Super Junior-T, composto por seis integrantes, Leeteuk, Heechul, Kangin, Sungmin, Shindong e Eunhyuk, foi formado. Seu primeiro trabalho, o single "Rokkugo!!!", foi lançado em 23 de fevereiro, e sua estreia oficial ocorreu dois dias mais tarde, com uma performance no Inkigayo.[59]

2007: Acidente rodoviário, retorno com Don't Don e sucesso comercial[editar | editar código-fonte]

Na madrugada de 19 de abril de 2007, quatro integrantes, Leeteuk, Shindong, Eunhyuk e Kyuhyun, e dois managers sofreram um grave acidente rodoviário que afetou profundamente a agenda do grupo.[60] A van em que os integrantes e a equipe estavam voltava de uma transmissão do programa de rádio Super Junior Kiss the Radio, quando o pneu dianteiro esquerdo estourou enquanto o motorista trocava de faixa. O veículo bateu em uma mureta de proteção do lado do motorista, e derrapou por cerca de 30 metros, capotando para seu lado direito. Kyuhyun, que estava sentado atrás do assento do motorista, teve ferimentos gravíssimos, sofrendo uma fratura no quadril, pneumotórax devido às costelas quebradas e diversas contusões.[61][62]

O grupo em 2007, durante um episódio do programa de variedades Exploradores do Corpo Humano.

Leeteuk teve estilhaços de vidro penetrados nas costas e acima dos olhos, exigindo mais de 170 pontos cirúrgicos.[63] Shindong e Eunhyuk sofreram ferimentos leves. Kyuhyun recebeu alta em 5 de julho de 2007, após 78 dias internado, seis deles na UTI, quatro dos quais em coma. Devido ao acidente, Leeteuk e Kyuhyun não participaram do filme Attack on the Pin-Up Boys, produção que marcou a estreia do grupo no cinema.[64] Kyuhyun também não participou do single de verão da SMTown, "Full of Happiness", cover da boy band H.O.T..

O acidente, acrescido a uma fratura no fêmur de Heechul, causada também em um acidente de carro no ano anterior, impediu que o segundo álbum de estúdio do grupo, Don't Don, fosse lançado no final de 2006, sendo adiado até setembro de 2007.[65][66] Super Junior fez sua primeira performance para o álbum em 21 de setembro de 2007, promovendo a faixa título, "Don't Don", no Music Bank. Foi a primeira performance do grupo com os treze integrantes depois de um ano inteiro.

Sessenta mil unidades do álbum foram comercializadas em seu dia de lançamento, alcançando o primeiro lugar no gráfico mensal de setembro de 2007, fazendo com que cópias adicionais fossem fabricadas rapidamente.[67] Embora Don't Don tenha recebido críticas mistas, o álbum foi um sucesso comercial, com mais de 160 mil unidades vendidas até o final do ano, tornando-se o álbum com a melhor vendagem do grupo até aquele momento. O álbum foi também o segundo mais vendido de 2007 na Coreia do Sul, atrás apenas de The Sentimental Chord, do trio SG Wannabe.[68][69]

Apoiado pelo lançamento de Don't Don, Super Junior foi indicado em sete categorias diferentes no Mnet Asian Music Awards que aconteceu no dia 17 de novembro de 2007. Super Junior venceu em três dessas categorias, incluindo o Daesang (Artista do Ano), sendo o maior vencedor da noite.[70][71][72] O grupo coletou ainda mais dois prêmios no Golden Disc Awards, incluindo um Disk Bonsang, dado aos melhores lançamentos do ano.[73]

2008 – 2009: Sorry, Sorry e expansão transoceânica[editar | editar código-fonte]

Em 2 de outubro de 2007, o empresário e a gravadora do grupo anunciaram oficialmente um terceiro subgrupo, o Super Junior-M, um subgrupo designado para o mercado chinês.[74] O Super Junior-M foi lançado oficialmente na China no dia 8 de abril de 2008 no 8th Annual Music Chart Awards e com o lançamento de seu primeiro videoclipe, "U".[75]

Super Junior durante a turnê SMTown Live '08 em Bangkok, na Tailândia em 2009.

A publicação do novo subgrupo criou uma polêmica entre fãs e a companhia: os fãs não apoiavam a companhia por adicionar dois novos membros ao grupo. Um quarto subgrupo foi criado pouco tempo depois do Super Junior-M. Com cinco integrantes do Super Junior-T e Yesung, foi formado o Super Junior-Happy, que lançou seu primeiro EP Cooking? Cooking! no dia 5 de junho de 2008.

Respondendo pela popularidade do Super Junior pela Ásia, o grupo realizou sua primeira turnê asiática, chamada The 1st Asia Tour - Super Show. A tour iniciou-se em 22 de fevereiro em Seul no Olympic Fencing Gymnasium.[76][77] A turnê cobriu nove cidades diferentes, incluindo Pequim, Shanghai, Bangkok, Taipei, Tóquio, e Hong Kong.[78] Os organizadores decidiram adicionar um show extra no dia 24 de fevereiro, devido ao grande sucesso das vendas.[79]

Em 8 de julho de 2008, o Super Junior fez sua primeira aparição oficial no Japão, com seu primeiro fanmeeting no Nippon Budokan em Tóquio,[80] como uma celebração pela grande inauguração de seu site oficial japonês, aberto em 1 de abril de 2008. Para complementar o evento, foi lançado o primeiro single japonês "U/Twins". O single estreou em quarto lugar na Oricon e se tornou o primeiro single coreano a entrar para o top 10 da parada.[81] Estima-se que 10,000 fãs japoneses estiveram presentes no fanmeeting.

No dia 12 de março de 2009 o grupo lançou seu terceiro álbum de estúdio, Sorry, Sorry.[82] O álbum foi o primeiro do grupo a estrear em primeiro lugar nos charts coreanos, vendendo 29,000 cópias no primeiro dia de vendas.[83] Um mês depois do lançamento, o álbum se tornou o best-seller de 2009, vendendo mais de 250,000 cópias na Coreia do Sul.[84] Sorry, Sorry se tornou o álbum de K-pop mais vendido em Taiwan, Tailândia, China e nas Filipinas, onde se tornou o primeiro álbum de K-pop a alcançar o primeiro lugar nas paradas musicais do país.

O single título "Sorry, Sorry" se tornou um hit,[85][86] ganhando prêmios e batendo recordes por ficar dez semanas consecutivas em primeiro lugar na Coreia além de ficar por 37 semanas nos charts taiwaneses de K-pop. Sorry, Sorry conquistou sucesso nacional e internacional, tornando-se o álbum mais bem vendido do grupo na Coreia do Sul.[87][88]

Sorry, Sorry ganhou diversos prêmios no 24th Golden Disc Awards, incluindo o Daesang, equivalente a música do ano.[89] Após o enorme sucesso de Sorry, Sorry, Super Junior iniciou sua segunda turnê pela Ásia, o Super Show 2, dia 17 de julho de 2009, em Seul.

2010 – 2011: Bonamana, mudanças na formação e reconhecimento internacional[editar | editar código-fonte]

Apesar do sucesso comercial, o grupo sofreu com processos e mudanças na formação. Embora Kibum tenha participado da promoção do Super Show 2, ele não participou dos shows, e a SM Entertainment anunciou que ele estaria deixando as atividades do grupo temporariamente para focar na sua carreira como ator.[90]

Membros do Super Junior durante concerto da MTV EXIT em Hanoi, em março de 2010.[51]

Em outubro de 2009, Kangin foi acusado de dirigir sob influência do álcool, batendo e fugindo em seguida, em um táxi estacionado com três passageiros.[91] Em dezembro do mesmo ano, Han Geng entrou na justiça com um pedido de término de contrato da SM Entertainment, alegando que as disposições de seu contrato eram ilegais, e que feriam seus direitos.[92] Ele saiu do grupo e começou uma carreira solo na sua terra natal, a China, em 2010. Ainda em dezembro, Kangin anunciou que se afastaria do grupo para cumprir os dois anos de serviço militar obrigatórios.[93]

Com apenas dez membros, Super Junior lançou seu quarto álbum, Bonamana, em maio de 2010. Embora não tenha sido bem recebido pela crítica como Sorry, Sorry, Bonamana ultrapassou a venda de 300,000 cópias na Coreia, batendo as vendas do álbum anterior.[94] Bonamana permaneceu no topo das paradas musicais asiáticas, quebrando o antigo recorde do grupo.[95]

Para promover o álbum, Super Junior embarcou em sua terceira turnê pela Ásia, o Super Show 3, em 2010 e 2011.[96] Em fevereiro de 2011, foi lançado um filme em 3D da mais recente turnê, o Super Show 3 3D em diversos cinemas.[97] O filme estreou em sexto lugar nas bilheterias, e se tornou o filme 3D mais vendido da Coreia.[98]

Após performar no Japão,[99] foi lançado um álbum comemorativo, que estreou em segundo lugar nos charts online japoneses da Tower Records. A versão japonesa do DVD do Super Show 3 3D também alcançou o segundo lugar, enquanto a versão CD conquistou a décima posição. Devido ao sucesso no Japão, o grupo lançou uma versão japonesa de "Bonamana", em junho de 2011. O single estreou em segundo lugar na Oricon, vendendo mais de 59,000 cópias na primeira semana. Mesmo assim, o single não é considerado como o single de estreia japonês.[100] Entre algumas pausas no Super Show 3, o grupo participou da turnê SMTown Live '10 World Tour, se apresentando em Los Angeles, Paris, Tóquio e Nova Iorque juntamente com outros artistas da SM Entertainment, apresentando-se pela primeira vez fora da Ásia.[101]

As performances do Super Junior foram bem recebidas pela mídia,[102] fazendo com que eles fossem considerados o Ícone da Cultura Pop Sul-Coreana, por espalhar a Onda Hallyu, recebendo o Prêmio de Ministro da Cultura pelo Ministério da Cultura, Esporte e Turismo. Eles foram destaque no programa da CNN Talk Asia,[103] e falaram sobre sua popularidade e o avanço do grupo no mercado musical global.[104] O grupo ganhou notoriedade fora da Ásia, destacando-se na Europa, América do Norte e América do Sul. Super Junior foi apontado pelas emissoras de TV mexicana TV Azteca e pela britânica BBC como o principal ícone da Onda Hallyu.[105]

2011 – 2012: Mr. Simple e turnê mundial[editar | editar código-fonte]

O quinto álbum do grupo, Mr. Simple, lançado em 3 agosto de 2011 alcançou o primeiro lugar no Gaon Chart, vendendo 287,427 cópias. O álbum ainda permaneceu na primeira posição por quatro semanas, vendendo 441,000 cópias até outubro de 2011, na Coreia do Sul.[106] O álbum estreou na terceira posição no Billboard World Albums Chart e na décima-sétima na Oricon. A canção título, "Mr. Simple" ganhou o primeiro lugar em sua primeira apresentação no M!Countdown da Mnet.[107]

Super Junior apresentando-se no Zénith de Paris, na França, em abril de 2012.

Em setembro de 2011, Heechul deixou temporariamente o grupo para cumprir seu serviço militar obrigatório. Em novembro do mesmo ano, o grupo deu inicio a sua quarta grande e primeira turnê a se estender pelo mundo, Super Show 4.[108] O segundo single japonês, a versão japonesa de "Mr. Simple" foi lançado dia 7 de dezembro,[109] porém, a estreia japonesa novamente não foi oficializada.[110] O single foi o primeiro do grupo a alcançar o topo das paradas da Oricon. O grupo gravou a canção "Santa U Are The One" juntamente com os membros do Super Junior-M, Zhou Mi e Henry, para o álbum 2011 Winter SMTown – The Warmest Gift, lançado dia 13 de dezembro. Além disso, Donghae e Eunhyuk lançaram o single digital Oppa, Oppa, no dia 16 de dezembro, mesmo dia em que apresentaram a canção no Music Bank, finalizando as promoções do ano.[111]

Ainda em 2011, Super Junior foi escolhido como a estrela da Hallyu que os fãs estrangeiros mais gostariam de conhecer. Uma pesquisa feita pela Arirang TV também revelou que Super Junior é o artista coreano mais querido em 188 países.[112]

Super Junior durante um show da turnê SM Town Live '10 World Tour em Nova York, em 2011.

Em 11 de janeiro de 2012, Super Junior participou do 26th Golden Disc Awards, realizado no Kyocera Dome, em Osaka, no Japão. O grupo recebeu quatro prêmios: Prêmio de Popularidade, Prêmio MSN Japan, Disk Bonsang e o grande prêmio, Disk Daesang, seguido pelo êxito no Seoul Music Awards em 19 de janeiro, no qual foram premiados com mais um Bonsang e um Daesang.[113] No dia 13 de janeiro, o grupo foi "coroado" como o "Rei do Álbum" em Taiwan, após o quarto e quinto álbum terem alcançado a primeira e segunda colocação nos rankings de música coreana de 2012. Alem disso, Super Junior alcançou o topo no KKBOX K-Pop por 64 semanas consecutivas, com a canção "Bonamana", marcando o recorde mais longo na história da parada. Posteriormente, "Mr. Simple" permaneceu por 46 semanas consecutivas (a partir de 4 de julho de 2012), quebrando o próprio recorde. No dia 22 de fevereiro, Super Junior ganhou o prêmio de "Álbum do Ano" para o 3º trimestre no Gaon Chart Awards[114] e no dia 13 de março, eles conquistaram o prêmio de vídeo de K-pop favorito para "Mr. Simple" no MYX Music Awards.[115]

Além disso, a turnê Super Show 4 foi terminada com êxito, passando por 10 cidades do mundo, incluindo Seul, Osaka, Taipei, Singapura, Macau, Bangkok, Paris, Xangai, Jacarta e Tóquio durante seis meses, após ter sido iniciada em novembro de 2011.[116] Foi o primeiro artista coreano a ter um concerto na França, levando mais de 6.400 pessoas. A turnê também chamou a atenção dos críticos e da mídia depois de atrair 80 mil pessoas para o Kyocera Dome sem ter feito uma estreia ou promoção oficial no país. Combinando suas quatro turnês, o grupo reuniu um total de 900 mil pessoas.

2012: Sexy, Free & Single e sucesso no Japão[editar | editar código-fonte]

Após o sucesso no Kyocera Dome em 2011, o grupo tornou-se mais ativo no Japão durante o primeiro semestre de 2012. A dupla Donghae & Eunhyuk lançou a versão japonesa de "Oppa, Oppa" estreando em segundo no ranking diário e semanal da Oricon.[117] Eles também realizaram um encontro de fãs em Tóquio com a participação de 4.500 pessoas, onde uma versão japonesa da canção "Opera" foi apresentada. O grupo anunciou dois shows no Tokyo Dome durante o Super Show 4, realizados em 12 e 13 de maio, atraíndo um público de 100 mil pessoas.[118]

Fãs alemãs com cópias do sexto álbum do grupo, Sexy, Free & Single, em agosto de 2012.

Em 9 de maio de 2012, o single japonês "Opera" foi lançado, vendendo 159.798 cópias em sua primeira semana e alcançando o número 1 do ranking diário da Oricon.[119]

Em junho de 2012, a SM Entertainment anunciou a volta de Kangin para o lançamento do sexto álbum, Sexy, Free & Single, que foi lançado online dia 1 de julho[120] e dia 4 nas lojas. O MV de "Sexy, Free & Single" foi lançado dia 3 de julho. No dia 7 de agosto, o relançamento de Sexy, Free & Single foi lançado. Spy inclui quatro canções inéditas, das quais duas foram compostas por Leeteuk e uma por Donghae. O MV de "Spy" foi lançado dia 13 de agosto.

O sexto álbum Sexy, Free & Single entrou no ranking do iTunes em diversos países como Austrália, França, Peru e Japão. O álbum também entrou pro ranking da Billboard World Albums Chart em terceiro lugar.[121] O album estreou em primeiro nos charts coreanos,[122] vendendo 335,744 cópias em um mês, e permanecendo e na primeira posição por três semanas consecutivas, totalizando 459,182 cópias vendidas em dois meses.[123] O álbum também alcançou a primeira colocação no Hanteo Chart com mais de 200,000 cópias vendidas, tornando-se o primeiro grupo a realizar isso em 2012.[124] O grupo atingiu a primeira colocação no ranking do Hanteo Chart Top 5 K-Pop Artists de janeiro-setembro de 2012, ganhando o Singer Award, além de alcançar a primeiro lugar e ganhar o Album Award de janeiro-novembro de 2012.[125][126]

Super Junior em um pôster promocional para a LG.

Sexy, Free & Single ficou em primeiro lugar por várias semanas no Taiwan KKBOX KPOP chart, colocando todas as canções do álbum no ranking.[127] Uma versão japonesa de "Sexy, Free & Single" foi lançada como single dia 22 de agosto, vendendo 118,902 cópias, sendo considerado "ouro" por vender mais de 100,000 unidades. Super Junior ganhou o prêmio Teen Style Icon no Style Icon Awards, em outubro de 2012.[128] No dia 30 do mesmo mês o líder Leeteuk se afastou das atividades do grupo para cumprir suas atividades obrigatórias no exército sul-coreano.[129]

Em novembro, eles venceram o prêmio de "Melhor Grupo" no 19th Korean Entertainment Arts Awards.[130] No dia 30 de novembro, o grupo participou do Mnet Asian Music Awards[nota 4] onde ganhou três prêmios: "Álbum do Ano", "Melhor Grupo Global - Masculino" e "Best Line Award". Esse foi o segundo ano consecutivo em que o grupo ganha o prêmio de "Album do Ano".[131][132] No início de dezembro o filme da turnê Super Show 4 em 3D foi premiado com o "Prêmio de Obra de Arte" no International 3D Festival, sendo o único artista juntamente com o grupo Glam a ganhar um prêmio.[133] Em 15 de janeiro de 2013, o grupo foi premiado com um Daesang, o prêmio principal do 27th Golden Disc Awards, sendo o terceiro no total e o segundo ganhado consecutivamente.[134]

Em 31 de outubro, a Avex Trax lança a versão em DVD do Super Show 4 no Japão com o concerto em Osaka e em Tóquio junto com material especial. Na primeira semana de lançamento, o DVD conquistou a Triple Crown na Oricon após alcançar o primeiro lugar nos três rankings semanais: compilação, DVD musical e Blu-ray Disc.[135] Super Junior se tornou o primeiro artista masculino estrangeiro a atingir esse recorde no Japão. Após isso, o trio Super Junior-K.R.Y. começou uma rodada de concertos especiais de inverno ainda no Japão. Eles realizaram três paradas em Yokohama em 22, 23 e 24 de novembro, três paradas em Kobe, em 22, 23 e 24 de dezembro e três paradas no Nippon Budokan em 22, 23 e 24 de janeiro de 2013.[136]

Super Junior pisou em solo sul-americano pela primeira vez em 2 de novembro de 2012, junto com MBLAQ, Rania, CN Blue, Davichi e After School para participar do Music Bank realizado no palco da Quinta Vergara em Viña del Mar, no Chile, reunindo mais de 8,000 pessoas.[137][138]

2013: Retorno dos subgrupos, Hero e a turnê mundial Super Show 5[editar | editar código-fonte]

Em 6 de janeiro, o vídeo da música "Break Down" foi revelado em uma conferência de imprensa na China, dando início a uma nova promoção do Super Junior-M. O álbum alcançou o primeiro lugar no Billboard World Albums Chart[139] e teve várias aparições no iTunes de diferentes países.

Super Junior durante apresentação em São Paulo, no Credicard Hall, em abril de 2013.

Pela primeira vez, o subgrupo voltado para o mercado chinês promoveu em programas de música na Coreia do Sul para completar a promoção,[140] assim como em Taiwan e Hong Kong. Em 23 de janeiro, o trio Super Junior-K.R.Y. lançou seu primeiro single original, "Promise You", no Japão. O single foi lançado no segundo dia de inverno concertos especiais no Budokan. O single estreou em segundo lugar no ranking da Oricon, mais tarde chegando ao número um, vendendo mais de 69.000 cópias na primeira semana.[141][142]

Em 13 de fevereiro, Super Junior participou da cerimônia do Gaon Chart Awards, onde ganhou o prêmio de álbum mais vendido no terceiro trimestre de 2012. Durante o discurso de agradecimento, Eunhyuk confirmou que o grupo iria iniciar sua quinta turnê, a segunda pelo mundo, o Super Show 5, em Seul.[143] No dia 10 de março, o grupo anunciou que sua segunda turnê mundial, o Super Show 5, durante um hangout do Google+, passaria pela América Latina, incluindo o Brasil, Argentina, Peru e Chile. A turnê foi iniciada em 23 de março, na cidade de Seul.[144] O show no Brasil ocorreu no dia 21 de abril, no Credicard Hall, em São Paulo, sendo o primeiro grande evento do gênero no país.[145] Super Junior se tornou o único artista coreano a realizar um concerto de sucesso em quatro países da América do Sul e quebrou um recorde depois de liderar o maior número de público no continente para um artista sul-coreano.

O lançamento do primeiro álbum de estúdio japonês do grupo, Hero, foi marcado para 24 de julho.[146] No dia de seu lançamento, Hero disparou direto para o topo da Oricon, permanecendo na mesma posição da lista ao longo da semana.[147] Um dia antes do lançamento de Hero, o grupo lançou o trailer de seu segundo filme em 3D através do canal oficial da SM Entertainment no YouTube. "Super Show 4 3D" cobre a primeira turnê mundial do grupo, realizada entre 2011 e 2012, mostrando as melhores performances mais detalhadamente. O filme foi lançado nos cinemas sul-coreanos em 8 de agosto de 2013.[148]

2014: Mamacita e nova turnê mundial, Super Show 6[editar | editar código-fonte]

Os subgrupos do Super Junior continuaram a realizar os seus lançamentos. DongHae & EunHyuk continuaram suas promoções no Japão com seu primeiro álbum completo japonês, Ride Me,[149] lançado em fevereiro, além do single "Skeleton", em agosto.[150] A dupla também realizou sua primeira turnê no Japão, a Super Junior D&E The First Japan tour 2014, que passou por 8 cidades em 22 concertos, reunindo cerca de 100 mil fãs, no total.[151]

Em março, Super Junior-M retornou com o EP Swing[152], recebendo boa resposta na Coreia, onde o grupo promoveu mais uma vez em programas musicais. Henry, integrante do subgrupo, continuou a mostrar seus talentos. Fantastic, EP lançado em julho, foi elogiado e até mesmo lançado como um single no Japão.

Em agosto de 2014, a SM Entertainment anunciou que Leeteuk, que encerrou suas atividades no serviço militar sul-coreano no dia 29 de julho de 2014,[153] e Heechul, que não participava de atividades oficiais do grupo na Coreia do Sul desde que se alistou, em 2011, voltariam às atividades do Super Junior, para o sétimo álbum do grupo, Mamacita, que foi lançado digitalmente em 29 de agosto, e lançado fisicamente, nas lojas, em 1 de setembro,[154] dois anos após o lançamento anterior, Sexy, Free & Single.

A versão física do álbum foi uma das mais vendidas de 2014, provando mais uma vez a popularidade do Super Junior ao redor do mundo como um dos principais nomes da onda Hallyu mundialmente. O álbum ficou no topos de gráficos da Coreia, Taiwan e Hong Kong[155] e também recebeu críticas positivas até mesmo da Billboard americana.[156]

Após o lançamento, o vídeoclipe de “Mamacita” alcançou 1 milhão de visualizações no Youtube em menos de 8 horas, atingindo 2 milhões de visualizações em um dia.[157][158] Para agradecer, o grupo realizou eventos especiais on-line e presenciais para os fãs.

Outros dois membros também anunciaram seus lançamentos solo: Zhou Mi, integrante do Super Junior-M e seu primeiro mini-álbum solo, Rewind[159] e, depois de muitos rumores de um álbum solo que circulavam desde 2013, Kyuhyun finalmente lançou seu primeiro trabalho solo, o mini-álbum At Gwanghwamun,[160] que alcançou o topo de diversas paradas musicais sul-coreanas por diversas semanas.[161]

A terceira turnê mundial do grupo, Super Show 6 teve início em 19 de setembro, com um show em Seul, seguidos por mais dois shows na mesma cidade, marcando seu centésimo concerto no dia 21 de setembro,[162] e também levando o grupo a ser o primeiro artista coreano a realizar cem concertos mundialmente.[163]

2015 – atualmente: Devil, aniversário de 10 anos de estreia e hiato[editar | editar código-fonte]

Em 7 de março, a dupla Donghae & Eunhyuk fez seu retorno com o mini-ábum The Beat Goes On, promovendo com as canções "Growing Pains" e "Can You Feel It?".[164] O sucesso das vendas físicas ocasionou no primeiro prêmio da dupla, no programa Music Bank.[165] A dupla também realizou sua segunda turnê no Japão, associada ao mini-álbum lançado no país, Present,[166] e iniciou uma nova turnê, dessa vez passando por vários países asiáticos.[167]

No dia 24 de março, Shindong iniciou seu serviço militar obrigatório oficialmente, na 28ª Divisão de Infantaria de Yeoncheaon.[168] No dia 31, foi a vez de Sungmin alistar-se, em um campo de treinamento na província de Gyeonggi.[169]

Super Junior apresentando-se durante o KCON 2015, no Staples Center, em Los Angeles.

Em 5 de maio de 2015, Yesung foi dispensado oficialmente do serviço militar, após cumprir 23 meses como servidor público.[170] Durante o mês de junho, o subgrupo Super Junior-K.R.Y. realizou uma nova turnê no Japão, a Super Junior-K.R.Y. Japan Tour 2015 ~phonograph~, marcando a volta de Yesung, sendo sua primeira aparição oficial desde seu alistamento.[171]

Nos dias 11 e 12 de julho, Super Junior realizou os últimos shows da turnê Super Show 6. Além de performar grandes sucessos, o grupo apresentou quatro novas músicas: "Devil", "Alright", "Don't Wake Me Up" e "Stars Appear...".[172] Em 16 de julho, Super Junior retornou para o cenário musical com um lançamento especial, em comemoração aos 10 anos do grupo: o álbum intitulado Devil.[173] O álbum também é marcado por conter canções de vários subgrupos. Super Junior-M aparece com "Forever with You", Super Junior-T com "Love at First Sight", Super Junior-K.R.Y. com "We Can" e Donghae & Eunhyuk com "Don't Wake Me Up". Devil chegou a ficar na primeira posição no ranking de álbuns mais vendidos do Hanteo,[174] na segunda posição no Gaon Chart, além de ficar em primeiro lugar no iTunes em 10 países diferentes.[175]

Devil foi bastante elogiado pela Billboard,[176] em um artigo com um artigo intitulado "Super Junior mostra um lado Ágil & Sexy no vídeo de ‘Devil'”, onde cita que "Devil" é a melhor canção do Super Junior dos últimos tempos, além de possuir um videoclipe cinematográfico.

No dia 1º de agosto, Super Junior apresentou-se no KCON 2015, o maior festival de K-pop realizado nos Estados Unidos, ao lado de GOT7, Monsta X, Sistar e Roy Kim, realizado no Staples Center, em Los Angeles. O grupo performou diversos sucessos, como "Mr. Simple", "Sorry, Sorry", e o novo single, "Devil".[177]

Em 16 de agosto, o grupo venceu em duas categorias, Melhor Artista Internacional e Melhor Fã-clube, na premiação estadunidense voltada para adolescentes Teen Choice Awards, apresentada pela FOX.[22]

Em 20 de agosto de 2015, Kibum, que estava em inatividade desde 2009, anunciou o término de seu contrato com a SM Entertainment através de sua conta no Instagram, desligando-se oficialmente do grupo.[12]

Devido os alistamentos militares, o grupo anunciou hiato até 2017, com previsão de retorno na segunda metade do ano. Entretanto, os integrantes que já cumpriram a carreira militar e os que ainda não se alistaram continuaram com diversas atividades individuais, como as estreias como cantores solo de Ryeowook e Yesung,[178][179] e a estreia japonesa de Kyuhyun.[180]

Subgrupos[editar | editar código-fonte]

Desde a estreia do grupo em 2005, foram criados cinco subgrupos derivados do Super Junior. Com a exceção de Kibum, todos os integrantes participam pelo menos de um subgrupo. A criação de subgrupos foi parte de uma estratégia da SM Entertainment para não limitar as atividades dos integrantes do grupo somente ao Super Junior.[181][182] Além disso, o objetivo dessas formações era mostrar que o Super Junior poderia acomodar e executar diferentes gêneros musicais. Esta estratégia foi posteriormente contestada por críticos, e tem influenciado uma grande quantidade de outros grupos musicais da Coreia do Sul a criar subgrupos oficiais e não oficiais.[183]

Super Junior-K.R.Y.[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Super Junior-K.R.Y.

Super Junior-T[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Super Junior-T

Super Junior-M[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Super Junior-M

Super Junior-Happy[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Super Junior-Happy

Super Junior-D&E[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Donghae & Eunhyuk

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Em 2009, a SM Entertainment anunciou que Kibum deixaria as atividades do grupo temporariamente para focar em sua carreira como ator.[90] Ainda no mesmo ano, em dezembro, Han Geng pediu a anulação de seu contrato após uma ação judicial contra sua agência, a SM Entertainment.[184] Posteriormente, Han Geng ganhou a ação, em dezembro de 2010,[185] embora sua saída do Super Junior tenha sido oficializada somente em 27 de setembro de 2011, quando a empresa finalmente lançou uma declaração oficial.[186][24] Em 20 de agosto de 2015, Kibum, em inatividade desde 2009, anunciou o termino de seu contrato com a SM Entertainment através de sua conta no Instagram, desligando-se oficialmente do grupo.[12]

Kangin alistou-se para o serviço militar obrigatório em 5 de julho de 2010, completando-o em 16 de abril de 2012.[31] Heechul alistou-se em 1 de setembro de 2011, completando seu serviço militar em 30 de agosto de 2013.[32] Leeteuk alistou-se para o serviço militar obrigatório em 30 de outubro de 2012, e o terminou em 29 de julho de 2014.[153] Yesung alistou-se para o serviço militar obrigatório em 6 de maio de 2013, completando-o em 4 de maio de 2015.[187] Shindong planejava alistar-se para o serviço militar obrigatório em 25 de novembro de 2014,[188] mas adiou seu alistamento devido a um problema de saúde.[189] Shindong alistou-se para o serviço militar obrigatório em 24 de março de 2015, completando-o em 23 de dezembro de 2016.[35][36] Sungmin alistou-se para o serviço militar obrigatório em 31 de março de 2015, completando-o em 30 de dezembro de 2016.[37] Eunhyuk alistou-se para o serviço militar obrigatório em 13 de outubro de 2015.[26] Donghae alistou-se para o serviço militar obrigatório em 15 de outubro de 2015.[27] Siwon alistou-se para o serviço militar obrigatório em 19 de novembro de 2015.[28] Ryeowook alistou-se para o serviço militar obrigatório em 11 de outubro de 2016.[29]

Em 2014, Super Junior trabalhou com dez integrantes ativos: Leeteuk, Heechul, Kangin, Shindong, Sungmin, Eunhyuk, Siwon, Donghae, Ryeowook e Kyuhyun. Atualmente, devido aos alistamentos militares, contam com seis integrantes ativos: Leeteuk, Heechul, Yesung, Shindong, Sungmin e Kyuhyun. Kangin está em hiato por tempo indefinido, desde maio de 2016.[30]

Integrantes ativos
Nome artístico[7] Nome de nascimento Data de nascimento[7] Local de nascimento Posição no grupo[190]
Romanização Hangul Romanização Hangul
Leeteuk 이특 Park Jung-su 박정수 1 de julho de 1983 (33 anos) Coreia do Sul Seul Líder, vocalista guia e rapper de apoio
Heechul 희철 Kim Hee-chul 김희철 10 de julho de 1983 (33 anos) Coreia do Sul Hoengseong, Gangwon Vocalista de apoio, rapper de apoio e face[nota 5]
Yesung 예성 Kim Jong-woon 김종운 24 de agosto de 1984 (32 anos) Coreia do Sul Cheonan, Chungcheong do Sul Vocalista principal
Shindong 신동 Shin Dong-hee 신동희 28 de setembro de 1985 (31 anos) Coreia do Sul Mungyeong, Gyeongsang do Norte Rapper guia, dançarino líder e vocalista de apoio
Sungmin 성민 Lee Sung-min 이성민 1 de janeiro de 1986 (31 anos) Coreia do Sul Goyang, Gyeonggi Vocalista líder e dançarino guia
Kyuhyun 규현 Cho Kyu-hyun 조규현 3 de fevereiro de 1988 (29 anos) Coreia do Sul Seul Vocalista principal e maknae[nota 6]
Integrantes inativos
Nome artístico[7] Nome de nascimento Data de nascimento[7] Local de nascimento Posição no grupo[190]
Romanização Hangul Romanização Hangul
Kangin 강인 Kim Young-woon 김영운 17 de janeiro de 1985 (32 anos) Coreia do Sul Seul Vocalista guia
Eunhyuk 은혁 Lee Hyuk-jae 이혁재 4 de abril de 1986 (31 anos) Coreia do Sul Goyang, Gyeonggi Dançarino principal, rapper principal e vocalista de apoio
Donghae 동해 Lee Dong-hae 이동해 15 de outubro de 1986 (30 anos) Coreia do Sul Mokpo, Jeolla do Sul Vocalista líder, rapper guia e dançarino líder
Siwon 시원 Choi Si-won 최시원 10 de fevereiro de 1987 (30 anos)[nota 7] Coreia do Sul Seul Vocalista guia e visual[nota 8]
Ryeowook 려욱 Kim Ryeo-wook 김려욱 21 de junho de 1987 (29 anos) Coreia do Sul Incheon Vocalista principal
Integrantes exclusivos do Super Junior-M
Nome artístico[13] Nome de nascimento Data de nascimento[13] Local de nascimento Posição no grupo[190]
Romanização Hangul Romanização Chinês
Zhou Mi 조미 Zhou Mi 周覓 19 de abril de 1986 (31 anos) China Wuhan, Hubei Vocalista principal e rapper guia
Henry 헨리 Henry Lau 劉憲華 11 de outubro de 1989 (27 anos) Canadá Toronto, Ontario Rapper guia, dançarino guia, vocalista guia e maknae[nota 6]
Ex-integrantes
Nome artístico[7] Nome de nascimento Data de nascimento[7][191] Local de nascimento Posição no grupo[190]
Romanização Hangul Romanização Chinês/Hangul
Hankyung 한경 Han Geng 韩庚 9 de fevereiro de 1984 (33 anos) China Mudanjiang, Heilongjiang Dançarino guia e vocalista de apoio
Kibum 기범 Kim Ki-bum 김기범 21 de agosto de 1987 (29 anos) Coreia do Sul Seul Rapper guia e vocalista de apoio

Linha do tempo[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Discografia de Super Junior

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Filmografia de Super Junior

Turnês e concertos[editar | editar código-fonte]

Estilo musical e imagem[editar | editar código-fonte]

Super Junior apresentando-se durante o MBC Korean Music Wave In Google, em 2012.

Durante o início de sua carreira, o estilo musical predominante era o bubblegum pop. Canções do primeiro álbum de estúdio, Twins (Knock Out), exploraram bastante o estilo, apesar de o single principal do álbum ser baseado em um estilo mais agressivo, o rap rock. Em 2007, com o lançamento de Don't Don, o grupo realizou uma transição radical, tanto no estilo musical quanto em sua imagem, explorando o ethereal e o rock alternativo. À época, os integrantes descoloriram seus cabelos e utilizavam penteados extravagantes, que eram influências das modas punk e hip hop. Em 2009, há o amadurecimento musical do grupo com o lançamento de Sorry, Sorry. O álbum explora gêneros mais maduros, em evidência o pop e o R&B contemporâneo, trabalhando com canções mais serenas, sendo dominado totalmente por vocais harmoniosos.[192] Para o próprio Super Junior, Sorry, Sorry é fortemente relacionado com o verdadeiro estilo musical do grupo, diferente do que aconteceu com seus lançamentos anteriores.[193] Para Sorry, Sorry, Super Junior aderiu uma imagem mais clássica e sofisticada em comparação ao estilo de seu álbum anterior. Desde então, o grupo assumiu uma identidade mais adulta e masculina, que é facilmente percebida em seus lançamentos a partir de Bonamana.

Em suas canções, Super Junior trabalha constantemente com Yoo Young-jin, que produziu grande parte do material do grupo desde sua estreia. Young-jin é conhecido por criar o SMP Style (SM Music Performance Style), gênero musical que envolve em equilíbrio o rock, R&B e rap, complementados por guitarra, baixo e outros instrumentos de percussão,[194] usado com destaque no segundo álbum de estúdio do grupo, Don't Don.[195] A partir de Sorry, Sorry e Bonamana, os estilos utilizados foram o pop e o R&B contemporâneo e, recentemente, os estilos mais utilizados na maioria das músicas do grupo são o electropop e o synthpop, formando o "SJ Funky", estilo próprio do grupo, que consiste em sonoridade eletrônica e elementos do funk, letras e melodias semelhantes em repetição e adição de uma performance sofisticada.[196] O grupo também é aclamado por sua harmonização vocal e por incorporar diferentes tipos de belting em suas canções.[197]

Filantropia[editar | editar código-fonte]

Super Junior foi nomeado como embaixador da boa vontade para o 50º Aniversário da estabilização das relações diplomáticas entre a Coreia do Sul e a Tailândia, em 2008, honrando o bom relacionamento mantido entre as duas nações nos últimos cinquenta anos.[198]

Super Junior, a presidente sul-coreana Park Geun-hye e o girl group Girls' Generation em 2013.

Em 20 de fevereiro de 2010, os integrantes do grupo foram nomeados como embaixadores do turismo de Taiwan.[199]

Super Junior participou de uma campanha de doação de sangue promovida em setembro de 2007[200] e em 14 de junho de 2010, foram nomeados como embaixadores da Cruz Vermelha para o Dia Mundial do Doador de Sangue, juntamente com o girl group f(x).[201]

Em 3 de março de 2011, o grupo foi nomeado pelo Ministério da Alimentação, Agricultura, Florestas e Pesca da Coreia como embaixador honorário por promover a culinária coreana em todo o mundo.[202] Em 17 de junho do mesmo ano, foram escolhidos para serem os embaixadores do Seoul Summer Sale 2011.[203] Eles também foram nomeados para a mesma posição para a Seoul Summer Sale 2012.[204] Ainda em 2011, o grupo foi nomeado como embaixador do Turismo da Coreia e da LG.[205]

Devido a sua popularidade, eles foram escolhidos para serem endorses da Lotte Duty Free[206] e Donghae e Siwon para serem endorses da famosa linha de roupas filipina Bench.[207] Kyuhyun é endorser da Masita[208] e, junto com Siwon, é endorser da SK Telecom.[209] Em 4 de setembro de 2012, Super Junior foi nomeado como embaixador honorário do Distrito de Gangnam, em Seul.[210]

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Expansão para a China[editar | editar código-fonte]

Após os subgrupos Super Junior-K.R.Y. e Super Junior-T terem estreado e promovido, a SM. Entertainment anunciou, em 2 de outubro de 2007, o nascimento de um novo projeto de subgrupo do Super Junior que iniciaria atividades na China, a partir de 2008. Zhou Mi e o trainee Henry, que anteriormente havia participado de "Don't Don!", foram anunciados como dois dos sete integrantes totais.[211]

O anúncio trouxe uma enorme onda de insatisfação e oposição de alguns fãs após o anúncio. Alguns membros do fã-clube oficial assinaram petições online e realizaram protestos para expressarem sua insatisfação e oposição em relação à adição de um décimo quarto membro no grupo, temendo que um dos integrantes "originais" fosse "substituído".[212] Muitos fãs planejaram boicotar produtos, mas executaram protestos silenciosos em frente do edifício principal da SM Entertainment em Seul, segurando cartazes com o slogan "Only 13" (em português, "Somente 13").[213][214] Mais de mil fãs apareceram na frente do prédio da companhia num terceiro protesto em 3 de novembro de 2007.[215] Em vez de um protesto silencioso, os fãs cantaram várias músicas do Super Junior e gritaram "treze".[216] Depois de mais rumores sobre a adição de um outro membro, os fãs decidiram ganhar uma representação legal, como acionistas da empresa. Em 20 de março de 2008, os fãs do grupo compraram 58.206 ações da SM Entertainment, mantendo 0,3% de todo o estoque da empresa. Os fãs também lançaram uma declaração através da mídia, afirmando que iriam evitar de todas as formas que a SM Entertainment adicionasse novos integrantes no grupo, mantendo Super Junior com apenas treze membros.[217]

Conflito com a MBC[editar | editar código-fonte]

Uma disputa de horários ocorreu entre a SM Entertainment e a MBC, quando a empresa do grupo insistiu que Kangin permanecesse no programa Exploradores do Corpo Humano, da SBS, em vez do programa da MBC, Sunday Night Dong-An Club, onde ele era apresentador regular. A MBC proibiu temporariamente o resto do Super Junior de aparecer em todas as performances futuras e shows organizados pela emissora[218] e Kangin perdeu seu posto de MC do programa Show! Music Core para T.O.P, do BIGBANG e também de mais dois programas de variedades, que logo foram cancelados devido à baixa audiência após sua saída.[219] A emissora exigiu um pedido de desculpas por parte da SM Entertainment para que o Super Junior pudesse aparecer novamente em programas exibidos pelo canal. No entanto, a MBC concluiu que a proibição do grupo nunca foi oficial, mas apenas uma decisão dos produtores do canal.[220]

Ação judicial e saída de Han Geng do grupo[editar | editar código-fonte]

Han Geng durante uma conferência de imprensa em 2011, quando já seguia carreira solo.

Em 21 de dezembro de 2009, Han Geng entrou com um pedido de rescisão de contrato da SM Entertainment. No dia seguinte, seu advogado divulgou os motivos do pedido de rescisão. Segundo ele, o contrato tinha disposições apenas a favor da SM Entertainment, com uma duração ilegal de 13 anos; Han Geng não foi autorizado a solicitar uma revisão de seu contrato, foi forçado a realizar atividades contra a sua vontade e que não constavam em seu contrato, foi ameaçado de ser multado se desobedecesse a empresa, perdesse ou se atrasasse em algum evento e que não havia uma distribuição de lucro justa para ele. Além disso, foi divulgado que, devido a recusa da SM Entertainment de lhe ceder um período de descanso em mais de dois anos, ele havia desenvolvido gastrite e doença renal.[221][222][223]

O atual manager de Han Geng, Sun Le, também apresentou uma declaração ao tribunal sul-coreano citando violação dos direitos de Han Geng pela SM Entertainment. Esta declaração, mais tarde, foi vazada para o público através da internet. Embora a grande suspeita de que a declaração havia sido criada por um fã, ela foi confirmada como legítima mais tarde.[224] A declaração de Sun Le sustentava que Han Geng foi forçado a usar uma máscara devido a problemas de manuseio da SM Entertainment na questão de seu visto; que a empresa discriminou Han Geng e sua família propositalmente, se recusou a ouvir qualquer das sugestões de Han Geng e recusou atividades individuais para Han Geng (incluindo uma participação em um videoclipe de Ariel Lin, que mais tarde foi estrelado por dois outros membros do Super Junior).[225]

Em 21 de dezembro de 2010, o Tribunal Distrital Central de Seul decidiu a favor de Han Geng. No entanto, um representante da SM Entertainment disse que a empresa apresentaria um recurso imediato para reverter a decisão.[226] Em 25 de setembro de 2011, o Tribunal de Seul anunciou que havia recebido um pedido do advogado de Han Geng para remover sua alegação feita contra a SM Entertainment.[227] Dois dias depois, Han Geng e a SM Entertainment chegaram oficialmente a um acordo mútuo sobre seu contrato, encerrando o caso.[228] Han Geng já não tem qualquer ligação judicial com sua antiga empresa, como afirma a Yue Hua Entertainment, empresa de gestão atual do cantor.[229]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Fã-clube[editar | editar código-fonte]

  • Nome oficial: E.L.F. (acrônimo para Everlasting Friends, traduzido para o português como "Amigos Eternos" ou "Amigos para Sempre")[50][57]
  • Cor oficial: Azul safira perolado      [57]

Notas

  1. Onda Hallyu ou Onda Coreana é um termo referente a popularização da cultura sul-coreana a partir da década de 1990.
  2. Todos os integrantes estavam presentes na apresentação, exceto Ryeowook e Kyuhyun, que, naquela época, ainda não faziam parte do Super Junior. Entretanto, um mês antes da estreia oficial do grupo, Ryeowook substituiu Junyoung, tornando-se um dos integrantes oficiais. Kyuhyun juntou-se ao grupo seis meses depois, para o lançamento de "U".
  3. "Mutizen" é um amálgama de "music" e "netizen" (junção de "internet" e "citizen").
  4. A premiação Mnet KM Music Festival equivale ao atual Mnet Asian Music Awards.
  5. Face é um termo utilizado para determinar o integrante que representa, geralmente o mais popular, um grupo de K-Pop.
  6. a b Maknae é um termo utilizado para determinar o integrante mais novo em um grupo de K-Pop.
  7. É registrado como nascido no dia 10 de fevereiro de 1987, mas festeja a data do seu aniversário em 7 de abril de 1986, quando teria realmente ocorrido o nascimento.
  8. Visual é um termo utilizado para determinar o integrante mais bonito (geralmente decidido pela empresa/gravadora) em um grupo de K-Pop.
  9. a b Os singles "U/Twins" e "Marry U" não são considerados singles japoneses oficiais. Essa contagem tem início a partir do single "Bonamana".

Referências

  1. a b Kang Soo Jin (21 de agosto de 2013). «Open Interview - Super Junior, the Hallyu King» (em inglês). KpopPlanet. Consultado em 27 de janeiro de 2016 [ligação inativa]  Verifique o valor de |wayb=20130825023314/http://kpoppla.net/interview/super-junior-the-hallyu-king/ (ajuda)
  2. a b «[슈퍼주니어 10주년①] 로테이션 그룹에서 한류 제왕이 되기까지» (em coreano). Naver. 13 de julho de 2015. Consultado em 27 de fevereiro de 2016 
  3. a b «[슈퍼주니어 10주년②] 기록이 말한다 '한류제왕의 위엄'» (em coreano). Tenasia. 13 de julho de 2015. Consultado em 8 de janeiro de 2017 
  4. a b «(종합) 슈퍼주니어, 누적 월드투어 100회 금자탑 쌓았다! 숫자로 본 슈퍼쇼, 그리고 멤버들의 감회는?» (em coreano). Sports Khan. 21 de setmbro de 2014. Consultado em 8 de janeiro de 2017  Verifique data em: |data= (ajuda)
  5. Jeff Benjamin (4 de setembro de 2014). «Super Junior's 'Mamacita' Tops World Albums Chart With Only Three Days of Sales» (em inglês). Billboard. Consultado em 29 de janeiro de 2016 
  6. Jon Caramanica (24 de outubro de 2011). «Korean Pop Machine, Running on Innocence and Hair Gel» (em inglês). The New York Times. Consultado em 29 de janeiro de 2016 
  7. a b c d e f g h i SM Entertainment. «Super Junior STARHOME > Profile» (em coreano e inglês). smtown.com. Consultado em 27 de julho 2013 
  8. a b «동방신기 "슈퍼주니어 첫방송 20번보고 눈물 주르륵"» (em coreano). dcnews.in. 10 de novembro de 2005. Consultado em 24 de dezembro de 2012. Arquivado do original em 2 de outubro de 2013 
  9. a b c edward1849 (31 de dezembro de 2006). «2006 Soompi Gayo Award Results» (em inglês). Soompi.com. Consultado em 12 de dezembro de 2013 
  10. a b c «Super Junior加入新成员 变13人超级组合(图)» (em chinês). ent.sina.com.cn. 24 de maio de 2006. Consultado em 6 de setembro de 2015 
  11. a b «韓庚略顯發福現身長城 正式宣布單飛將首開個唱» (em chinês). people.cn. 23 de junho de 2010. Consultado em 18 de dezembro de 2012 [ligação inativa]  Verifique o valor de |wayb=20140325185450/http://ent.people.com.cn/BIG5/11944789.html (ajuda)
  12. a b c d Park Hye Jung (20 de agosto de 2015). «Super Junior′s Kim Ki Bum Announces End of Contract with SM» (em inglês). Mwave. Consultado em 20 de agosto de 2015 
  13. a b c S.M. Entertainment. «Super Junior-M STARHOME > Profile» (em coreano e inglês). smtown.com. Consultado em 27 de julho 2013 
  14. «가온 차트 역대 음반판매량 TOP100 (2010~2014)» (em coreano). instiz.net. 9 de janeiro de 2015. Consultado em 10 de janeiro de 2015 [ligação inativa]  Verifique o valor de |wayb=20150116120626/http://www.instiz.net/pt?no=2637866&page=1 (ajuda)
  15. «2015년 07월 Album Chart» (em coreano). gaonchart.co.kr. 1 de agosto de 2015. Consultado em 5 de setembro de 2015 
  16. 신수연 (27 de março de 2009). «슈퍼주니어 1위, 컴백 2주만에 정상 등극» (em coreano). news.jkn.co.kr. Consultado em 15 de novembro de 2012 
  17. «SJ張根碩魅登峰 韓流迷最哈» (em chinês). tw.news.yahoo.com. 3 de novembro de 2011. Consultado em 28 de novembro de 2012 
  18. «슈퍼주니어 3년 연속 음반 판매량 1위…`SJ 스타일`로 올킬!» (em coreano). naver.com. 14 de dezembro de 2011. Consultado em 22 de novembro de 2012 
  19. 10 asia (7 de abril de 2009). «슈퍼주니어 "4년 동안 활동한 앨범만 19장"» (em coreano). 10.asiae.co.kr. Consultado em 22 de novembro de 2012 [ligação inativa]  Verifique o valor de |wayb=20090426233950/http://10.asiae.co.kr/Articles/view.php?tsc=06.02.04&a_id=2009040708181580660 (ajuda)
  20. News Desk (2 de agosto de 2008). «2008 MTV Asia Awards Honors The Best From The East And West» (em inglês). mtvasia.com. Consultado em 22 de novembro de 2012 [ligação inativa]  Verifique o valor de |wayb=20080819033449/http://www.mtvasia.com/News/200808/02016352.html (ajuda)
  21. «Super Junior & Hangeng Nominated in 2012 MTV EMA 'Worldwide Act'» (em inglês). kpopstarz.com. 19 de setembro de 2012. Consultado em 19 de setembro de 2015 
  22. a b FOX (16 de agosto de 2015). «WINNERS OF TEEN CHOICE 2015 ANNOUNCED» (em inglês). teenchoice.com. Consultado em 19 de setembro de 2015 
  23. «Hangeng wins lawsuit over SM Entertainment» (em inglês). Allkpop. 21 de dezembro de 2010. Consultado em 19 de setembro de 2015 
  24. a b «한경 공식입장 "SM엔터테인먼트와 원만히 합의.. 당분간 중국활동만"» (em coreano). 10asia.co.kr. 27 de setembro de 2011. Consultado em 10 de novembro de 2011 [ligação inativa]  Verifique o valor de |wayb=20111017220337/http://10.asiae.co.kr/Articles/new_view.htm?a_id=2011092711070333667 (ajuda)
  25. «SM·한경 측 "상호합의로 소송 종결" 공식 입장» (em coreano). naver.com. 27 de setembro de 2011. Consultado em 18 de dezembro de 2012 
  26. a b «Super Junior Eunhyuk joins Army». The Korea Times. 13 de outubro de 2015. Consultado em 23 de outubro de 2015 
  27. a b «Super Junior's Donghae enlists in Army on birthday». The Korea Times. 15 de outubro de 2015. Consultado em 23 de outubro de 2015 
  28. a b «Choi Siwon and TVXQ's Changmin to Enter Military Today With Leeteuk and Kyuhyun Sending Them Off». Soompi. 18 de novembro 2015. Consultado em 21 de dezembro 2015 
  29. a b «Super Junior's Ryeowook announces his rescheduled enlistment date». allkpop. 21 de setembro de 2016. Consultado em 29 de outubro de 2016 
  30. a b «SM Entertainment releases official statement on Super Junior Kangin's DUI investigation + announces hiatus». allkpop. 24 de maio de 2016. Consultado em 29 de outubro de 2016 
  31. a b «Kangin Discharged Welcomed by 500 Fans, Returns to Super Junior's Side» (em inglês). kpopstarz.com. 15 de abril de 2012. Consultado em 12 de setembro de 2014 
  32. a b Sylphid (29 de agosto de 2013). «Super Junior's Heechul Completes Mandatory Military Service» (em inglês). Soompi. Consultado em 12 de setembro de 2014 
  33. starsung (28 de julho de 2014). «Super Junior's Leeteuk is officially discharged from military service!» (em inglês). Allkpop. Consultado em 12 de setembro de 2014 
  34. deedeegii (3 de maio de 2015). «Super Junior's Yesung Officially Discharged from the Military One Day Early» (em inglês). Soompi. Consultado em 27 de julho de 2015 
  35. a b «ShinDong entra para o serviço militar». suju.com.br. 24 de março de 2015. Consultado em 29 de março de 2015 
  36. a b «Super Junior's Shindong returns from military duty». Yonhap News. 23 de dezembro de 2016. Consultado em 23 de dezembro de 2016 
  37. a b «JYJ's Jaejoong, Super Junior's Sungmin to be discharged from military Friday» (em inglês). Kpop Herald. 29 de dezembro de 2016. Consultado em 30 de dezembro de 2016 
  38. 김대성 (10 de janeiro de 2006). «댄스 그룹 슈퍼주니어의 중국인 멤버 '한경'» (em coreano). daum.net. Consultado em 6 de setembro de 2015. Arquivado do original em 17 de julho de 2007 
  39. «★CMB친친스타페스티벌★ > 역대친친가요제 > 2004년». www.ccsf.co.kr. Consultado em 6 de setembro de 2015  (em coreano)
  40. «★CMB친친스타페스티벌★ > 역대친친가요제 > 2004년». www.ccsf.co.kr. Consultado em 6 de setembro de 2015  (em coreano)
  41. «슈퍼주니어 일부 팬, "멤버 늘리지 말라"» (em coreano). daum.net. 24 de outubro de 2007. Consultado em 6 de abril de 2016 
  42. «'슈주' 김기범, 16개월 만에 안방복귀...MBC 일일극서 연상연하 커플» (em coreano). Paran. 19 de abril de 2008. Consultado em 6 de abril de 2016. Arquivado do original em 23 de abril de 2008 
  43. «KBS성장드라마 :: 반올림 #2 Cast» (em coreano). KBS. 2005. Consultado em 6 de abril de 2016 
  44. «2006韩娱年度之韩国偶像新势力--Super Junior» (em chinês). Sina. 29 de dezembro de 2006. Consultado em 15 de novembro de 2012 
  45. a b «【发现】[07.12.05]メ☆"O.V.E.R"组合---SJ的前身» (em chinês). Tieba Baidu Bar. 5 de dezembro de 2007. Consultado em 15 de novembro de 2012 
  46. a b «12월 국내음반 판매량집계 - Music Industry Association of Korea» (em coreano). Music Industry Association of Korea. 2005. Consultado em 27 de março de 2016. Arquivado do original em 7 de maio de 2008 
  47. «Group "Super Junior" Tops Thai Overseas Music Chart» (em inglês). Soompi. 21 de abril de 2006. Consultado em 25 de dezembro de 2016 
  48. «SUPER JUNIOR《U》网络发布 险些点爆网站(图)» (em chinês). Sina. 26 de maio de 2006. Consultado em 25 de dezembro de 2016 
  49. «6월 가요음반 판매량집계 - Music Industry Association of Korea» (em coreano). Music Industry Association of Korea. Junho de 2006. Consultado em 25 de dezembro de 2016 [ligação inativa]  Verifique o valor de |wayb=20090518144051/ (ajuda)
  50. a b c SM Entertainment. «SMTOWN > Fanclub» (em coreano e inglês). smtown.com. Consultado em 25 de dezembro de 2016 
  51. a b «Korean Stars Super Junior Perform to Over 40,000 Fans at USAID-sponsored MTV EXIT Concert to Combat Human Trafficking» (em inglês). USAID. 30 de março de 2010. Consultado em 25 de dezembro de 2016. Arquivado do original em 15 de outubro de 2011 
  52. «Super junior组合首次获SBS《人气歌谣》冠军» (em chinês). Yahoo! China. 27 de junho de 2006. Consultado em 25 de dezembro de 2016. Arquivado do original em 1 de junho de 2011 
  53. «Super junior新歌《Dancing Out》弥漫夏天» (em chinês). QQ. 26 de julho de 2006. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  54. Mnet. «MAMA MUSEUM: 2006 Mnet KM Music Festival» (em inglês). Mwave. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  55. Awards & Winners. «2006 Mnet Asian Music Awards» (em inglês). Awards & Winners. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  56. «Super Junior celebrates the ninth anniversary of ELF fan club» (em inglês). Koreaboo. 3 de junho de 2015. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  57. a b c «Idol Fan Club Names + Balloon Color» (em coreano e inglês). Wordpress. 16 de dezembro de 2008. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  58. «super junior三名成员组成新组合» (em chinês). 27 de outubro de 2006. Consultado em 29 de dezembro de 2016. Arquivado do original em 7 de dezembro de 2008 
  59. «Super Junior组成六人民歌组合» (em chinês). Sina. 27 de outubro de 2006. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  60. «车前轮爆胎 Super Junior四成员遭遇重大车祸» (em chinês). Sina. 20 de abril de 2007. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  61. «独家组图:Super Junior遭遇车祸 奎贤伤势最重» (em chinês). Sina. 19 de abril de 2007. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  62. «《娱乐现场》Super Junior四成员车祸最新进展» (em chinês). Sina. 20 de abril de 2007. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  63. «Super Junior车祸 李特险毁容需缝170针(图)» (em chinês). Sina. 27 de abril de 2007. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  64. Cathy Rose A. Garcia (8 de julho de 2007). «Super Junior Hits Big Screen» (em inglês). The Korea Times. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  65. «金希澈10日接受手术 SJ新专辑明年出炉(附图)» (em chinês). Sina. 10 de outubro de 2006. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  66. «슈퍼주니어 정규 2집 '돈 돈' 9월 20일 발매 확정» (em coreano). Newsen. 14 de setembro de 2007. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  67. «슈퍼주니어의 2집, 일주일만에 6만장 판매 '쾌거'» (em coreano). Sports Chosun. 28 de setembro de 2007. Consultado em 29 de dezembro de 2016. Arquivado do original em 6 de janeiro de 2011 
  68. «슈퍼주니어, SG워너비 이어 2007 음반판매량 2위» (em coreano). Star News. 12 de dezembro de 2007. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  69. «1월 가요음반 판매량집계 - Music Industry Association of Korea» (em coreano). Music Industry Association of Korea. Consultado em 29 de dezembro de 2016. Arquivado do original em 8 de maio de 2008 
  70. Mnet. «MAMA MUSEUM: 2007 Mnet KM Music Festival» (em inglês). Mwave. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  71. Awards & Winners. «2007 Mnet Asian Music Awards» (em inglês). Awards & Winners. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  72. «슈퍼주니어, '올해의 가수상' 등 3관왕 영예» (em coreano). Star News. 17 de novembro de 2007. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  73. «韩国金唱片奖SG获大奖 偶像盛会SJ最风光(组图)» (em chinês). Sina. 14 de dezembro de 2007. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  74. «아시아 투어 나선 슈주의 저력» (em coreano). Consultado em 27 de novembro de 2012 
  75. «Super Junior-M é lançado hoje, Hankyung é o líder do grupo» (em chinês). Consultado em 8 de agosto de 2008 
  76. «슈퍼주니어 "다 모이기 힘들어 2집 못낼줄 알았는데…"» (em coreano). Consultado em 27 de novembro de 2012 
  77. «슈퍼주니어 서울 시작으로 첫 아시아투어» (em coreano). Consultado em 27 de novembro de 2012 
  78. «Super Junior fará turnê em 9 paises asiáticos» (em coreano). Consultado em 15 de novembro de 2012 
  79. «Show extra adicionado na primeira turnê do Super Junior» (em coreano). Consultado em 5 de fevereiro de 2008 [ligação inativa]
  80. «슈주, 日 '공연의 성지' 부도칸서 팬미팅» (em coreano). Consultado em 27 de novembro de 2012 
  81. «Super Junior quebra novo recorde» (em coreano). Consultado em 27 de novembro de 2012 [ligação inativa]
  82. «Super Junior lançará novo álbum dia 16 de março depois de pausa de 1 ano e seis meses» (em coreano). Consultado em 15 de novembro de 2012 
  83. «슈퍼주니어 3집, 하루만에 3만장 판매...서태지 넘었다!» (em coreano). Consultado em 27 de novembro de 2012 [ligação inativa]
  84. «Vencedores do 2009 Golden Disc Awards» (em inglês). Consultado em 15 de novembro de 2012 
  85. «Super Junior em primeiro lugar no Music Bank» (em coreano). Consultado em 15 de novembro de 2012 
  86. «슈주 뮤뱅 2달 연속 1위 눈물 글썽 '4월 왕중왕 등극'» (em coreano). Consultado em 27 de novembro de 2012 
  87. «"Sorry, Sorry" se torna o hit mais popular da Ásia» (em chinês). Consultado em 15 de novembro de 2012 
  88. «Super Junior's "Sorry, Sorry" becomes Mutizen song for three consecutive weeks» (em coreano). Consultado em 27 de novembro de 2012 [ligação inativa]
  89. «Vencedores do 2009 Golden Disc Awards» (em inglês). Consultado em 15 de novembro de 2012 
  90. a b «Kim Kibum's Absence Explained» (em inglês). Consultado em 02 de fevereiro de 2015  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  91. «Kangin não aparece para investigação policial» (em inglês). Consultado em 15 de novembro de 2012 
  92. «한경 "SM, 非정상적 활동강요"» (em coreano). Consultado em 15 de novembro de 2012 
  93. «Super Junior to continue activities with 8 members» (em inglês). Consultado em 27 de novembro de 2012 
  94. «Hanteo Chart» (em coreano). Consultado em 27 de novembro de 2012 
  95. «SJ台灣獻唱吸1.2萬粉絲捧場» (em chinês). Consultado em 27 de novembro de 2012 
  96. «G마켓 - 새로운 세상을 여는 문, G마켓» (em coreano). Consultado em 19 de novembro de 2012 
  97. «Super Junior lança "Super Show 3 3D"» (em coreano). Consultado em 19 de novembro de 2012 
  98. «그룹 슈퍼주니어, 영화 '슈퍼쇼3 3D'로 흥행몰이» (em coreano). Consultado em 19 de novembro de 2012 
  99. «Super Junior lota concerto no Japão» (em coreano). Consultado em 15 de novembro de 2012 
  100. «Bonamana não é o debut japonês oficial do Super Junior» (em inglês). Consultado em 15 de novembro de 2012 
  101. «SM Entertainment fará turnê mundial» (em inglês). Consultado em 15 de novembro de 2012 
  102. «Korean Pop Machine, Running on Innocence and Hair Gel» (em inglês). Consultado em 15 de novembro de 2012 
  103. «(Vídeo) Super Junior: Fenômeno pop coreano» (em inglês). Consultado em 15 de novembro de 2012 
  104. «Onda pop coreana se espalha pelo mundo» (em inglês) 
  105. «South Korea's K-pop craze lures fans and makes profits» (em inglês) 
  106. «Gaon Chart» (em coreano). Consultado em 27 de novembro de 2012 
  107. «Super Junior é #1 no comeback do M!Coundown» (em inglês) 
  108. «Super Junior revela datas para o Super Show 4» (em inglês) 
  109. «待望の2ndシングル「Mr.Simple」発売決定!» (em japonês). Consultado em 27 de novembro de 2012 [ligação inativa]
  110. «Super Junior vai levar Mr. Simple e Super Show 4 para o Japão» (em inglês) 
  111. «Donghae e Eunhyuk lançarão dueto "Oppa, Oppa"» (em inglês). Consultado em 27 de novembro de 2012 
  112. «Arirang Survey in 188 Countries Revealed Super Junior as the Most Wanted Artist» (em inglês). Consultado em 29 de novembro de 2013 
  113. «2012 Seoul Music Awards: Super Junior Grabs Grand Prize (List of Winners)» (em inglês). Consultado em 29 de novembro de 2013 
  114. «Ganhadores do 2012 Gaon Chart K-Pop Awards» (em inglês) 
  115. «Myx Music Awards 2012 (Wikipédia)» (em inglês) 
  116. «Super Junior successfully wraps up "Super Show 4" World Tour with their encore concerts in Seoul» (em inglês). Consultado em 29 de novembro de 2013 
  117. «Super Junior Eunhyuk & Donghae's "Oppa Oppa" debuts at #2 on Oricon Chart» (em inglês). Consultado em 29 de novembro de 2013 
  118. «Super Junior to hold 'Super Show 4' at Tokyo Dome with 100,000 fans» (em inglês). Consultado em 29 de novembro de 2013 
  119. «Super Junior's "Opera" tops Oricon Daily Chart and sells over 150,000 copies» (em inglês). Consultado em 29 de novembro de 2013 
  120. «Super Junior lançará o sexto álbum dia 1 de Julho» (em inglês) 
  121. «Billboard World Albuns (Semana de 21 de Julho)» (em inglês) 
  122. «Gaon Chart» (em coreano) 
  123. «Gaon Chart» (em coreano) 
  124. «Super Junior sells over 200,000 copies of 'Sexy, Free & Single'» (em inglês). Consultado em 27 de novembro de 2012 
  125. «Super Junior ranks #1 on Hanteo's "Top 5 K-Pop Artists" for January-September 2012» (em inglês). Consultado em 27 de novembro de 2012 
  126. «Hanteo - 2012 Album Award» (em inglês). Consultado em 27 de novembro de 2012 
  127. «韓語單曲週榜TOP100» (em chinês). Consultado em 27 de novembro de 2012 
  128. «'2012 Style Icon Awards' reveals the top 10 'Teen Style Icons' of 2012» (em inglês). Consultado em 27 de novembro de 2012 
  129. «Leeteuk (Super Junior) diz 'adeus' antes de ir para o exército». Consultado em 27 de novembro de 2012 
  130. «121128 SMTOWNGLOBAL Twitter Update: Super Junior won the Best Artist Group Award» (em inglês). Consultado em 1 de dezembro de 2012 
  131. «MAMA 2012 Winners» (em inglês). Consultado em 1 de dezembro de 2012 
  132. «Winners from the '2012 Mnet Asian Music Awards'» (em inglês). Consultado em 1 de dezembro de 2012 
  133. «Super Junior and GLAM awarded at the 'International 3D Festival'» (em inglês). Consultado em 2 de dezembro de 2012 
  134. «Winners from the "27th Golden Disk Awards in Kuala Lumpur"» (em inglês). Consultado em 23 de janeiro de 2013 
  135. «Super Junior Wins 'Triple Crown' for Japan Oricon DVD Chart» (em inglês). Consultado em 29 de novembro de 2013 
  136. «Super Junior-K.R.Y. attracts 15,000 fans to their winter concert in Yokohama» (em inglês). Consultado em 29 de novembro de 2013 
  137. «K-Pop en Chile: Music Bank confirmado para noviembre» (em espanhol). Consultado em 29 de novembro de 2013 
  138. «¡Gran expectación por el Music Bank en Chile!» (em espanhol). Consultado em 29 de novembro de 2013 
  139. «World Albums - 2013 Archive» (em inglês). Consultado em 30 de novembro de 2013 
  140. «Super Junior-M perform "Break Down" on 'M! Countdown'!» (em inglês). Consultado em 30 de novembro de 2013 
  141. «Super Junior K.R.Y First Japanese Single Debuts At No.2 on Oricon» (em inglês). Consultado em 29 de julho 2013 
  142. «Super Junior-K.R.Y ranks #1 on Oricon Daily Chart with "Promise You"» (em inglês). Consultado em 29 de julho 2013 
  143. «Super Junior members count down to 'Super Show 5'» (em inglês). Consultado em 30 de novembro de 2013 
  144. «Super Junior anuncia passagem do Super Show 5 no Brasil"». Consultado em 9 de julho de 2013 
  145. «Confirmado! Super Junior fará show no Credicard Hall em São Paulo dia 21 de Abril.». Consultado em 9 de julho de 2013 
  146. «Super Junior a punto de lanzar su primer álbum completo en Japonés titulado "Hero"» (em espanhol). Consultado em 30 de novembro de 2013 
  147. «Super Junior se dispara al puesto número uno en la lista Oricon» (em espanhol). Consultado em 30 de novembro de 2013 
  148. «Super Junior lanza trailer para película de concierto en 3D» (em espanhol). Consultado em 30 de novembro de 2013 
  149. [1]
  150. [2]
  151. [3]
  152. [4]
  153. a b «Donghae and Yesung show excitement for the return of Super Junior leader Leeteuk» (em inglês). Consultado em 7 de setembro de 2014 
  154. «Super Junior Spills on Entering Tenth Year Since Its Debut» (em inglês). Consultado em 7 de setembro de 20014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  155. [5]
  156. [6]
  157. [7]
  158. [8]
  159. [9]
  160. [10]
  161. [11]
  162. «Super Junior Adds One More Concert Day For a Total of 100 'Super Shows'» (em inglês). Consultado em 7 de setembro de 20014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  163. «Super Junior Writes History with 100th World Tour Concert ′Super Show 6′» (em inglês). Consultado em 11 de outubro de 20014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  164. «Canção título do primeiro álbum de DongHae & EunHyuk será "Growing Pains" | SUJUbr | 슈퍼주니어 | Super Junior | versão 10.0». www.suju.com.br. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  165. «D&E conquista sua primeira vitória com "Growing Pains" no "Music Bank"! #DnE1stWin | SUJUbr | 슈퍼주니어 | Super Junior | versão 10.0». www.suju.com.br. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  166. «DongHae & EunHyuk iniciam sua turnê "SUPER JUNIOR D&E THE 2nd JAPAN TOUR 2015″ | SUJUbr | 슈퍼주니어 | Super Junior | versão 10.0». www.suju.com.br. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  167. «D&E finaliza com sucesso sua primeira turnê na Ásia com concerto em Xangai | SUJUbr | 슈퍼주니어 | Super Junior | versão 10.0». www.suju.com.br. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  168. «ShinDong entra para o serviço militar | SUJUbr | 슈퍼주니어 | Super Junior | versão 10.0». www.suju.com.br. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  169. «SungMin entra para o serviço militar | SUJUbr | 슈퍼주니어 | Super Junior | versão 10.0». www.suju.com.br. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  170. «YeSung é dispensado oficialmente do serviço militar | SUJUbr | 슈퍼주니어 | Super Junior | versão 10.0». www.suju.com.br. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  171. «Super Junior-K.R.Y. finaliza sua nova turnê "SUPER JUNIOR-K.R.Y. JAPAN TOUR 2015 ~Phonograph~" | SUJUbr | 슈퍼주니어 | Super Junior | versão 10.0». www.suju.com.br. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  172. «Super Junior realiza os concertos de encore do "Super Show 6″ | SUJUbr | 슈퍼주니어 | Super Junior | versão 10.0». www.suju.com.br. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  173. «Super Junior lança "Devil", seu álbum especial | SUJUbr | 슈퍼주니어 | Super Junior | versão 10.0». www.suju.com.br. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  174. «"Devil" se classifica #1 no chart de álbuns mais vendidos no gráfico Hanteo, | SUJUbr | 슈퍼주니어 | Super Junior | versão 10.0». www.suju.com.br. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  175. «Super Junior conquista #1 nas paradas do iTunes em 10 países com "Devil" | SUJUbr | 슈퍼주니어 | Super Junior | versão 10.0». www.suju.com.br. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  176. «Billboard elogia álbum e MV de "Devil" em artigo | SUJUbr | 슈퍼주니어 | Super Junior | versão 10.0». www.suju.com.br. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  177. «Super Junior se apresenta no "KCON 2015"». 2 de agosto de 2015. Consultado em 20 de agosto de 2015 
  178. «[ÁUDIO] RyeoWook lança "The Little Prince", seu primeiro álbum solo | SUJUbr». www.suju.com.br. Consultado em 7 de agosto de 2016 
  179. «YeSung lança "Here I Am", seu primeiro álbum solo | SUJUbr». www.suju.com.br. Consultado em 7 de agosto de 2016 
  180. «KyuHyun lança "Celebration" fica em #1 no chart diário da Oricon | SUJUbr». www.suju.com.br. Consultado em 7 de agosto de 2016 
  181. «super junior三名成员组成新组合» (em chinês). Consultado em 31 de julho de 2013 
  182. «슈주 해피 "롤모델 쿨 재결합 소식에 '뜨끔', 쿨보다 더 잘할래"» (em coreano). Consultado em 31 de julho de 2013 
  183. «Idol Group Subgroups» (em coreano). Consultado em 6 de janeiro de 2009  [ligação inativa]
  184. «Hankyung announces solo concert». People (em chinês). 23 de junho de 2010. p. 3. Consultado em 19 de novembro de 2011 
  185. «Han Geng Withdraws Appeal Against SM Entertainment». MWave. 26 de setembro de 2011. Consultado em 16 de janeiro de 2015 
  186. «S.M. Entertainment's official position: Hankyung has "come to a mutual agreement, and will terminate proceedings"». news.naver.com. Setembro de 2011. Consultado em 10 de novembro de 2011 
  187. «Super Junior's Yesung's enlistment date confirmed for May 6th». allkpop. 12 de abril de 2013. Consultado em 5 de novembro de 2014 
  188. «Super Junior's Shindong to enlist on Nov 25». MSN News. 5 de novembro de 2014. Consultado em 17 de novembro de 2014 
  189. «ShinDong (Super Junior) adia serviço militar por questões de saúde». SarangInGayo. 23 de novembro de 2014. Consultado em 20 de agosto de 2015 
  190. a b c d «Super Junior - Membros». Consultado em 16 de abril de 2014 
  191. «Hangeng Profile 2012» (em chinês). Consultado em 27 de julho de 2013 
  192. «Super Junior comes back with new image after 18 months». Newsen. 4 de março de 2009. Consultado em 14 de março de 2009 
  193. «Super Junior: "Judge before listening, it hurts!" Part 1». Asia E (em Korean). 10 de março de 2009. Consultado em 10 de março de 2009 
  194. «슈퍼주니어, 9월 20일 1년 4개월만에 2집 발표» (em coreano). Consultado em 20 de dezembro de 2012 
  195. «SJ2辑发行重制版 买三种版本将得SJ成员拥抱» (em chinês). Consultado em 20 de dezembro de 2012 
  196. «SuperJunior's identity is 'SJ Funky!'» (em inglês). Sup3rjunior.com. 2 de outubro de 2013. Consultado em 19 de setembro de 2015 
  197. «"Super Junior声线"何磊获最后"金唱片"» (em chinês). Consultado em 20 de dezembro de 2012 
  198. «Super Junior appointed Goodwill Ambassadors for the 50th anniversary of Korea and Thailand» (em coreano). Consultado em 29 de abril de 2008  [ligação inativa]
  199. «SJ named as Taiwan's Tourism Ambassadors, Hankyung to be absent from Taiwan's concert» (em inglês). Consultado em 29 de dezembro de 2013 
  200. «슈퍼주니어, 헌혈로 사랑 함께 나눠요!» (em coreano). Consultado em 29 de dezembro de 2013 
  201. «f(x) and Super Junior at "World Blood Donor Day" as ambassadors for Red Cross» (em inglês). Consultado em 29 de dezembro de 2013 
  202. «Super Junior selected as 2011 honorary ambassadors for Korean cuisine» (em inglês). Consultado em 29 de dezembro de 2013 
  203. «슈퍼주니어 '2011 서울썸머세일 홍보대사 위촉' 뿌듯» (em coreano). Consultado em 29 de dezembro de 2013 
  204. «Super Junior Selected Honorary Ambassador of 2012 Seoul Summer Sale» (em coreano). Consultado em 29 de dezembro de 2013 
  205. «Official Site of Korea Tourism Org.: Super Junior» (em inglês). Consultado em 29 de dezembro de 2013 
  206. «Super Junior's 'Lotte Duty Free' CF revealed» (em inglês). Consultado em 29 de dezembro de 2013 
  207. «Donghae and Siwon as new BENCH endorsers» (em inglês). Consultado em 29 de dezembro de 2013 
  208. «2013.03.04 KyuHyun at Masita new product launch» (em inglês). Consultado em 29 de dezembro de 2013 
  209. «슈퍼주니어, 한국 관광 홍보대사 된다 : 네이트 뉴스». News.nate.com. Consultado em 25 de agosto de 2012 
  210. «Super Junior to become honorary ambassadors for Gangnam District». Allkpop.com. 30 de agosto de 2012. Consultado em 24 de outubro de 2012 
  211. «Super Junior China to start activities in China next year» (em coreano). Consultado em 03 de abril de 2008  Verifique data em: |acessodata= (ajuda) [ligação inativa]
  212. «Ivyro» (em coreano). Consultado em 30 de julho de 2013 
  213. «My name is Fan» (em coreano). Consultado em 30 de julho de 2013 
  214. «Super Junior fans, "Do not increase members"» (em coreano). Consultado em 30 de julho de 2013 
  215. «Super Junior protest» (em coreano). Consultado em 30 de julho de 2013 
  216. «Super Junior protest part 2» (em coreano). Consultado em 30 de julho de 2013 
  217. «Super Junior fan club purchases 58,000 of SM'S share» (em coreano). Consultado em 30 de julho de 2013 
  218. «SuJu kicked out of MBC programs, another emotional fight between SM and MBC» (em coreano). Consultado em 19 de novembro de 2007 
  219. «'일밤' 측 "강인 하차는 상도의 차원...확대해석 경계"» (em coreano). Consultado em 17 de abril de 2014 
  220. «MBC "강인의 행동 상도의 어긋나지만.."» (em coreano). Consultado em 17 de abril de 2014 
  221. «한경 "SM, 非정상적 활동강요"» (em coreano). Consultado em 17 de abril de 2014 
  222. «Beijing Youth Weekly Magazine Exclusive Interview with Han Geng's Team» (em inglês). Consultado em 17 de abril de 2014 
  223. «Sohu.com» (em chinês). Consultado em 13 de abril de 2010 [ligação inativa]
  224. «Beijing Youth Weekly Magazine Exclusive Interview with Han Geng's Team» (em inglês). Consultado em 17 de abril de 2014 
  225. «Sohu.com» (em chinês). Consultado em 13 de abril de 2010 [ligação inativa]
  226. «Hangeng wins lawsuit over SM Entertainment» (em inglês). Consultado em 17 de abril de 2014 
  227. «Super Junior's Han Geng withdraw lawsuit» (em inglês). Consultado em 17 de abril de 2014 
  228. «SM·한경 측 "상호합의로 소송 종결" 공식 입장» (em coreano). Consultado em 17 de abril de 2014 
  229. «韩庚与老东家和解» (em chinês). Consultado em 17 de abril de 2014 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Super Junior
Prêmios e realizações
Precedido por
TVXQ
9º Mnet Asian Music Awards – Artista do Ano
2007
Sucedido por
Big Bang
Precedido por
TVXQ
24º Golden Disc Awards – Disk Daesang
2009
Sucedido por
Girls' Generation
Precedido por
2PM
13º Mnet Asian Music Awards – Melhor Grupo Masculino
2011
Sucedido por
Big Bang
Precedido por
2NE1
13º e 14º Mnet Asian Music Awards – Álbum do Ano
2011 – 2012
Sucedido por
EXO
Precedido por
Girls' Generation
26º e 27º Golden Disc Awards – Disk Daesang
2011 – 2012
Sucedido por
EXO
Precedido por
Girls' Generation
21º Seoul Music Awards – Daesang
2012
Sucedido por
PSY
Precedido por
Inexistente
14º Mnet Asian Music Awards – Melhor Grupo
Global Masculino

2012
Sucedido por
Inexistente