Super Pitfall

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Super Pitfall
Desenvolvedora(s) Micronics
Publicadora(s) Pony Inc., Activision
Plataforma(s) PC-8801, Famicom/NES, TRS-80 Color Computer
Data(s) de lançamento
  • JP 8 de setembro de 1986
  • AN 1987
Gênero(s) jogo de plataforma
Modos de jogo Single-player

Super Pitfall é um jogo de plataforma, a terceira parte da série Pitfall. Foi lançado para o Nintendo Famicom em 8 de setembro de 1986 e dois meses depois para o PC-8801. Nos Estados Unidos, a versão da Famicom foi lançada para o Nintendo Entertainment System, no ano seguinte, em 1987. É o primeiro jogo da Activision a ser publicado para um console Nintendo.


Recepção[editar | editar código-fonte]

A versão NES foi recebida negativamente. Um review no Computer Gaming World ridicularizou o jogo como "uma repetição [de Super Mario Bros.] que a maioria dos usuários do NES será capaz de jogar em seu sono. Certamente, não há nada no jogo em si para mantê-los acordados". Outras queixas foram dirigidas a falta de crédito dado a David Crane, o criador original de Pitfall.[1] Brett Alan Weiss do Allgame deu ao jogo uma classificação de uma estrela, afirmando que "Pitfall é um dos melhores jogos do Atari 2600; Super Pitfall é um dos piores jogos de NES".[2]

Referências

  1. Kunkell, Bill (agosto de 1988). «Video Gaming World». Computer Gaming World. pp. 44–45 
  2. Weiss, Brett Alan. «Super Pitfall - Review - allgame». Allgame 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]