Superboy (revista em quadrinhos)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A página está num processo de expansão ou reestruturação.
Esta página atravessa um processo de expansão ou reestruturação. A informação presente poderá mudar rapidamente, podendo conter erros que estão a ser corrigidos. Todos estão convidados a contribuir e a editar esta página. Caso esta não tenha sido editada durante vários dias, retire esta marcação.

Esta página foi editada pela última vez por Maddox (D C) 48 dias atrás. (Recarregar)

Superboy
Comic image missing-pt.png

A primeira edição de Superboy
Editora DC Comics
Publicação
Formato de publicação Série regular
Qte. de edições Superboy (1949-1977):
230[nota 1]
Superboy (2010-2011):
11
Superboy (2011-2014):
35
Personagens "Superboy" em duas versões:
  • "Kal-El" (1949-1977, 1980-1984, 1989-1991)
  • "Kon-El" (1994-2002, 2010-2011, 2011-2014)

Superboy é uma revista em quadrinhos que publicada pela editora norte-americana DC Comics, uma empresa ligada ao grupo Time-Warner, em diferentes oportunidades. Várias versões da revista já foram lançadas, as primeiras tendo como protagonista o super-herói Superman em sua adolescência, quando ainda era um "Superboy". A primeira destas revistas foi publicada entre 1949 e 1977, sendo uma das primeiras revistas derivadas do personagem. Entre 1980 e 1984, a série seria retomada sob o título The New Adventures of Superboy e, em 1989, após a estreia de uma série de televisão intitulada Superboy, a editora lançaria uma nova revista inspirada na série, apresentando aventuras relacionas aos episódios, distante da continuidade então estabelecida nas histórias em quadrinhos.

Após as minisséries Crise nas Infinitas Terras e The Man of Steel, a história cronológica de Superman foi reescrita, e sua história de origem alterada de forma que ele não mais teria atuado como super-herói durante a adolescência, eliminando o conceito de "Superboy" das histórias publicadas a partir dali. Durante a década de 1990, após um outro personagem de mesmo nome, um clone adolescente do super-herói Superman, ser criado por Karl Kesel e Tom Grummett em 1993 durante a história A Morte do Superman, a revista seria relançada, tendo esse novo personagem como protagonista. Essa versão teria 100 edições regulares até 2002, quando foi descontinuada.

Em 2010, o clone seria protagonista de uma história curta na revista Action Comics, e, posteriormente, de uma nova revista, também intitulada Superboy. Em 2011, essa revista seria também descontinuada e substituída por uma nova versão com o relançamento de toda a linha de quadrinhos de super-herói da DC Comics. Com o relançamento, surgiria um terceiro personagem, "Jon Lane Kent", que também adotaria a alcunha de "Superboy", ainda que brevemente. Em 2014, após 34 edições, essa versão da revista também seria descontinuada.

Antecedentes e contexto[editar | editar código-fonte]

História[editar | editar código-fonte]

1994-2002: Kon-El no Havaí[editar | editar código-fonte]

A primeira revista a ter Kon-El como protagonista foi publicada originalmente entre 1994 e 2002, por um total de 100 edições. Kesel e Grummett foram os responsáveis também pelas primeiras edições da revista, notórias por retratar o jovem herói no Havaí, vivendo inúmeros romances e sendo levemente irresponsável (por exemplo, usando os óculos especiais que lhe possibilitavam uma "visão de raio-x" para ver mulheres nuas na praia) ao mesmo tempo que combatia super-vilões e tentava lidar com o legado que seu nome impunha[1] [2] [3] . Uma versão em português dessa revista foi publicada em formatinho pela Editora Abril entre outubro de 1996[4] e fevereiro de 1999[5] .

2010-2015: Relançamento e mudanças[editar | editar código-fonte]

A publicação da revista foi retomada em 2010, com Jeff Lemire nos roteiros e Pier Gallo como desenhista. Uma história curta de dez páginas publicada em agosto de 2010 na 892 edição da revista Action Comics serviu de prelúdio para o trabalho que os dois desenvolveriam na revista[3] [6] [7] [8] [9] . A revista será uma das 52 séries que farão parte do relançamento de toda a linha de quadrinhos de super-herói da DC Comics em Setembro de 2011, com roteiros de Scott Lobdell e desenhos do brasileiro R.B. Silva[10] .

Histórias publicadas com "Kal-El"[editar | editar código-fonte]

Histórias publicadas com "Kon-El"[editar | editar código-fonte]

Impacto cultural[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Ver também "edições publicadas".

Referências

  1. http://www.comicbookresources.com/?page=article&id=21259
  2. Revista do Superboy é cancelada no número 100 (em português) Universo HQ (16 de março de 2002). Visitado em 10 de setembro de 2011.
  3. a b Leonardo Vicente Di Sessa (20 de maio de 2010). Superboy ganha nova revista mensal (em português) HQManiacs. Visitado em 10 de setembro de 2011.
  4. http://www.guiadosquadrinhos.com/edicao.aspx?cod_tit=sb00302+&esp=&cod_edc=8125
  5. http://www.guiadosquadrinhos.com/edicao.aspx?cod_tit=sb00302+&esp=&cod_edc=8153
  6. Alex Segura (25 de junho de 2010). JEFF LEMIRE ON SUPERBOY #1 AND BEYOND (em inglês) The Source dcu.blog.dccomics.com. Visitado em 10 de setembro de 2011.
  7. Kiel Phegley (14 de maio de 2010). LEMIRE FLIES WITH "SUPERBOY" (em português) Comic Book Resources. Visitado em 10 de setembro de 2011.
  8. http://www.newsarama.com/comics/Superboy-Lemire-Interview-100514.html
  9. http://comics.ign.com/articles/111/1116113p1.html
  10. http://www.universohq.com/quadrinhos/2011/n26082011_04.cfm
Ícone de esboço Este artigo sobre Banda desenhada da DC Comics é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.