Supercell (empresa)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Supercell
Logo Supercell
Razão social Supercell Oy
Subsidiária
Atividade Desenvolvedora de Jogos Mobiles
Fundação 14 de maio de 2010
Fundador(es) Ilkka Paananen
Sede Helsinque, Finlândia
Pessoas-chave Ilkka Paananen, Mikko Kodisoja, Niko Derome e Lassi Leppinem
Empregados 320
Produtos Clash of Clans
Clash Royale
Hay Day
Boom Beach
Brawl Stars
Renda líquida US$ 2,11 bilhões
Website oficial Site Oficial

Supercell é uma desenvolvedora finlandesa de jogos eletrônicos para dispositivos móveis fundada em maio de 2010 por Ilkka Paananen.

Jogos[editar | editar código-fonte]

O jogo estreante da companhia foi o Gunshine.net, um MMORPG via Web lançado em 2010, o jogo tinha cerca de meio milhão de usuários mensais, mas logo os desenvolvedores fecharam o jogo, pois não estavam contentes com o mesmo. Em 2011 após comprarem iPads para o escritório, os desenvolvedores perceberam o quão diferente era a plataforma mobile, inclusive começaram a chamar os dispositivos móveis como "a melhor plataforma de jogos" e então tomaram uma difícil decisão: cancelaram o projeto em andamento para o Facebook e começaram a desenvolver jogos para dispositivos móveis. Essa decisão não poderia ter sido melhor pois desde que a Supercell entrou no mundo mobile ela já lançou cinco jogos de sucesso: Clash of Clans, Clash Royale, Hay Day, Boom Beach e Brawl Stars. Em 24 de março de 2020 a Supercell lançou em beta seu novo projeto denominado Hay Day Pop.

Em 21 de junho de 2012 a desenvolvedora lançou seu primeiro jogo para celulares e tablets, o Hay Day, um jogo na temática de fazenda. Esse jogo fez um sucesso extraordinário e catapultou a Supercell de vez para o mundo mobile. Em agosto do mesmo ano a companhia lança seu segundo jogo que viria a se tornar o carro-chefe da empresa, o Clash of Clans que é um jogo de estratégia onde você deve administrar uma vila medieval. O Clash of Clans foi o maior lançamento da empresa sendo que após 8 de lançamento continua sendo o principal jogo da Supercell. Em meados de 2013 o faturamento do jogo chegou a cerca de US$ 5,15 milhões [1] por dia com vendas de itens virtuais e fez com que a empresa assumisse o posto de principal desenvolvedora de jogos mobiles tanto em número de jogadores como em rentabilidade. Ainda em 2012, a desenvolvedora abriu um novo escritório nos Estados Unidos. Em 2013 ocorre a mudança da sede da empresa dentro da Finlândia, da cidade de Espoo para Helsínquia e a abertura de dois novos escritórios na Coreia do Sul e o no Japão. Nesse mesmo ano os fundadores da empresa, Ilkka Paananen e Mikko Kodisoja decidiram vender 73% das ações da empresa para o banco japonês SoftBank por US$ 1,5 bilhões.

18 de junho de 2014 é o dia em que a Supercell lançou seu MMORTS, o Boom Beach com fortes inspirações no seu maior jogo, o Clash of Clans. O Boom Beach veio com a missão de repetir esse sucesso mas infelizmente não o obteve e logo perdeu popularidade e se tornou o jogo menos jogado da companhia. Neste mesmo ano, houve a abertura do escritório da China que em 2018 foi anunciado pelo própio CEO que este escritório abrigaria o segundo estúdio de criação de jogos da Supercell.

Em 2016 a Supercell lançou seu novo jogo que se tornou o fenômeno daquele ano, o Clash Royale. O jogo é um Tower defense online com elementos de Card Game baseado no Clash of Clans. O jogo foi vencedor na categoria Best Upcoming Game na 12th IMGA - International Mobile Gaming Awards que se realizou em São Francisco. Em maio do mesmo ano, foi o vencedor na categoria Best Game da premiação do Google Play Awards. Em março de 2019 o jogo chegou a marca de US$ 2,5 bilhões em receita[2]

Em 14 de novembro de 2018, a Supercell fez uma livestream anunciando que em 12 de dezembro de 2018 seu novo jogo, o Brawl Stars, seria finalmente lançado, após quase três anos em beta e vários rumores de que o jogo seria cancelado. Brawl Stars é um jogo de ação com batalhas multijogador 3x3 e solo. No seu primeiro mês, o jogo faturou US$ 63 milhões.

Jogos/projetos cancelados[editar | editar código-fonte]

A Supecell é conhecida por ser a maior desenvolvedora de jogos mobiles e também é conhecida por ser uma das empresas que mais "mata" seus projetos de jogos. O próprio CEO numa postagem do Reddit em 23 de fevereiro de 2019 classificou a empresa como uma serial killer de jogos pois a Supercell foi criada com a visão de criar jogos que engajassem as pessoas e que os mesmos sejam jogados por anos. Quando a equipe de desenvolvimento percebe que um jogo não engajará as pessoas e não será jogado por anos, a própria equipe do criação decide se eles irão cancelar o jogo ou não.

Nesses 10 anos em que a Supercell está desenvolvendo, ela já desenvolveu 20 jogos/projetos e destes, matou 14. Destes 14 jogos/projetos só sabemos os nomes de alguns, pois vários foram mortos nos testes internos da empresa, antes de se tornarem públicos. Esse processo de testes é chamado pela Supercell de company playable.

Seu primeiro jogo cancelado foi o Gunshine.net. no inicio de 2012. Logo após a mudança de plataforma, de Web para mobile a Supercell fechou o projeto Magic que viria a ser um jogo para Facebook. Em 2012 a Supercell lançou um jogo para IOS cujo nome era Pets vs. Orcs, mas foi cancelado após algumas semanas. Ainda em 2012 a Supercell fechou o projeto Tower, que tinha uma ideia muito parecida com o que é o Clash Royale hoje em dia.

No inicio de 2013 a Supercell criou um jogo chamado Battle Buddies, que seria uma espécie de Gunshine 2.0, mas foi fechado nos testes internos da empresa. Em 2014 foi lançado em beta no IOS o Spooky Pop, que era um jogo muito semelhante a Candy Crush Saga e logo em 2015 a empresa lançou em beta também para o IOS o Smash Land, mas em 2015 o desenvolvimento dos dois jogos foram fechados pelo baixo número de jogadores. Mas em 2016, fontes dentro da Supercell afirmaram que a empresa cometeu um terrível erro em fechar o Smash Land, pois nesse ano uma empresa chinesa lançou uma cópia do jogo cancelado Smash Land chamado Monster Strike e esse jogo foi o que mais faturou daquele ano no Android, superando o lançamento de Clash Royale.

O mais recente cancelamento foi o Rush Wars, um jogo de estratégia para jogadores casuais que em 05 de novembro de 2019 pelo site da empresa foi anunciado o fechamento porque a equipe de desenvolvimento não conseguiria fazer dele um jogo divertido a longo prazo.

Tencent Games[editar | editar código-fonte]

Em 2016 começaram a haver rumores que o SoftBank queria se desfazer de suas ações da Supercell. Foi então que um consórcio de Luxemburgo chamado Halti S.A. que incluía a empresa Tencent Holdings Ltd. anunciou a compra das ações do SoftBank e uma outra parcela somando assim 84% das ações da Supercell[3] por impressionantes US$ 8,6 bilhões, que seria a maior compra de uma empresa de jogos para dispositivos móveis.

Em 22 de outubro de 2019 a Tencent anunciou um investimento de US$ 40 milhões em ações da Halti S.A.[4] assim, aumentando sua participação no consórcio de 50% para 51,2%. Ao se tornar sócia majoritária da Halti, a Tencent consequentemente também passou a controlar a Supercell. De fato, agora a Supercell faz parte da divisão de jogos eletrônicos da Tencent, denominado Tencent Games. A divisão Tencent Games é conhecida por desenvolver e publicar diversos jogos na China e no mundo como PUBG Mobile, Call Of Duty Mobile e muitos outos. Hoje, 11 dos 20 principais games do mercado chinês são criados ou distribuídos pela empresa.

A empresa é conhecida também por realizar grandes investimentos no mundo dos games como por exemplo a compra de ações de diversos estúdios como Epic Games (40%), PUBG Corp (11,5%), Ubisoft e Activision Blizzard (5%), Grinding Games (80%), Riot Games (100%) e muito mais. A Tencent Games é hoje a 5º maior empresa de internet do mundo e a maior empresa de games do planeta.

“Queremos que a Supercell seja o melhor lugar no mundo para que as mentes criativas possam criar jogos. Ao mesmo tempo, essa nova parceria nos oferece grandes chances de crescimento na Ásia, onde nós teremos a oportunidade de alcançar centenas de milhares de jogadores por meio dos canais da Tencent”, anunciou IIkka Paananen, CEO da Supercell.

Investimentos[editar | editar código-fonte]

No final de 2016 o CEO da desenvolvedora anunciou que estava muito orgulhoso, pois apesar dos grandes números financeiros, eles conseguiram manter a empresa pequena. "A Supercell acredita que permanecer pequena nos permite maximizar a inovação e a qualidade e minimizar a burocracia, resultando no melhores jogos para o público", disse o CEO.

Ilkka Paananen anunciou também que a Supercell começou a fazer investimentos (comprar e apoiar) em estúdios talentosos pois a empresa quer ter um impacto maior no mundo dos jogos, sem precisar aumentar muito o estúdio interno.

Na primeira leva de investimentos que ocorreu em 2016/2017, a Supercell comprou a Space Ape Games por US$ 55,8 milhões[5] a companhia comprou também 51% das ações da Frogmind em um valor de US$ 7,1 milhões[6] e 100% da Shipyard Games por US$ 2,9 milhões.[7] Nos investimentos de 2018 a desenvolvedora finlandesa fez investimentos de US$ 5 milhões na Redemption Games,[8] US$ 4,2 milhões na Trailmix[9] e US$ 5,6 milhões na desenvolvedora de jogos de smartwatch Everywear Games.

Referências

  1. «Clash of Clans, uma máquina de fazer dinheiro». Meio Bit. Consultado em 8 de abril de 2020 
  2. «Clash Royale alcança marca de US$ 2,5 bilhões de receita». Torcedores. 6 de março de 2019. Consultado em 8 de abril de 2020 
  3. «Tencent compra desenvolvedora de Clash of Clans por US$ 8,6 bilhões». Meio Bit. Consultado em 8 de abril de 2020 
  4. «Tencent Buys Majority Stake in 'Clash Of Clans' Developer Supercell». Forbes. 23 de outubro de 2019. Consultado em 8 de abril de 2020 
  5. «Supercell acquires 62% of London's Space Ape Games for $55.8M». TechCrunch. 23 de maio de 2017. Consultado em 8 de abril de 2020 
  6. «Supercell buys 51% of Badland game developer Frogmind for $7.8 million». VentureBeat. 21 de setembro de 2016. Consultado em 8 de abril de 2020 
  7. «Shipyard Games raises $2.9 million from Clash Royale maker Supercell». VentureBeat. 10 de abril de 2017. Consultado em 8 de abril de 2020 
  8. «Supercell invests $5 million in U.S. indie studio Redemption Games». VentureBeat. 7 de junho de 2018. Consultado em 8 de abril de 2020 
  9. «Clash Royale maker Supercell invests $4.2 million in mobile game studio Trailmix». VentureBeat. 1 de fevereiro de 2018. Consultado em 8 de abril de 2020