Supergirl (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde março de 2017).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Supergirl
Supermoça (PT)
Supergirl (BR)
 Reino Unido
 Estados Unidos

1984 •  cor •  105 min 
Direção Jeannot Szwarc
Produção Timothy Burrill
Produção executiva Ilya Salkind
Roteiro David Odell
Elenco Helen Slater
Faye Dunaway
Hart Bochner
Peter Edward Cook
Mia Farrow
Marc McClure
Maureen Teefy
Brenda Vaccaro
Simon Ward
Peter O'Toole
Género ação, aventura, fantasia, romance, ficção científica
Música Jerry Goldsmith
Direção de arte Terry Ackland-Snow
Charles Bishop
Direção de fotografia Alan Hume
Figurino Emma Porteous
Cinematografia Alan Hume
Edição Malcolm Cooke
Distribuição Reino Unido TriStar Pictures
Estados Unidos Columbia-EMI-Warner
Lançamento Japão julho de 1984
Estados Unidos 21 de novembro de 1984
Brasil 23 de novembro de 1984
Idioma inglês
Orçamento $35 milhões (estimativa) [1]
Página no IMDb (em inglês)

Supergirl (Supermoça, em Portugal) é um filme americano de 1984 dirigido por Jeannot Szwarc. Sua personagem principal é a prima do super-herói Superman (ou Super-Homem), interpretada por Helen Slater. Foi produzido no embalo do sucesso dos filmes do último filho de Krypton, pelo produtor Ilya Salkind. [1]

Em 2015 foi produzida pela CBS a série Supergirl, onde a atriz Helen Slater (Kara El/Linda Lee) interpreta a mãe da Supergirl (Melissa Benoist) Eliza Danvers.[2]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Supergirl (Helen Slater) vive em uma comunidade kryptoniana isolada chamada Argo City, no bolso do espaço trans-dimensional. Um homem chamado Zaltar (Peter O'Toole) permite que Kara veja um item exclusivo e imensamente poderoso conhecido como Omegahedron, que ele tomou emprestado sem o conhecimento do governo da cidade e quais os poderes da cidade. No entanto, após um acidente, o Omegahedron é soprado para o espaço. Para a aflição de seus pais (Simon Ward e Mia Farrow), Kara segue para a Terra (transformado-se em "Supergirl" no processo) em um esforço para recuperá-lo e salvar a cidade.

Na Terra, o Omegahedron é recuperado pela bruxa Selena (Faye Dunaway), que apesar de não saber exatamente o que é, rapidamente percebe que é poderoso e permite realizar feitiços. Supergirl chega à Terra e descobre seus poderes. Seguindo o caminho do Omegahedron, ela leva o nome Linda Lee, identifica-se como a prima de Clark Kent, e se matricula em uma escola só para meninas, onde ela faz amizade com Lucy Lane (Maureen Teefy), a irmã mais nova de Lois Lane, que está estudando lá. Supergirl acaba se apaixonando por Ethan (Hart Bochner) que trabalha como zelador na escola.

Ethan também chama a atenção de Selena, que droga ele com uma poção do amor (que vai o fazer se apaixonar pela primeira pessoa que vê). No entanto, Ethan recupera a consciência, na ausência de Selena e vagueia pelas ruas. Selena com raiva usa seus poderes recém-descobertos para mover um veículo de construção e o envia para trazer Ethan de volta, causando um caos nas ruas. Supergirl resgata Ethan e ele se apaixona por ela, enquanto sob o disfarce de Linda Lee.

Supergirl e Selena batalham repetidamente, de várias maneiras, até que Selena usa seus poderes para colocar Supergirl na Zona Fantasma. Sem os seus poderes, ela vagueia pela paisagem desolada e quase se afoga em um pântano. No entanto, ela encontra ajuda de Zaltar, que se exilou para a Zona Fantasma como um castigo por perder o Omegahedron. Zaltar sacrifica sua vida para permitir que Supergirl escape.

De volta à Terra, Selena abusa do Omegahedron para se tornar a "princesa da Terra", com Ethan como seu amante e consorte. Emergindo da Zona Fantasma através de um espelho, Supergirl recupera seus poderes e confronta Selena, que usa o poder do Omegahedron para convocar um demônio da sombra gigantesco. O demônio domina Supergirl e está à beira de derrotá-la, quando ela ouve a voz de Zaltar exortando-a a lutar. Supergirl se liberta e Nigel diz que a única maneira de derrotar Selena é transformar o demônio da sombra contra ela. Supergirl age rapidamente e começa a voar em círculos em torno dela, prendendo-a em um turbilhão. Selena é atacada e incapacitada pelo monstro. Eles são sugados de volta para o portal espelho e ficam aprisionados para sempre.

Livre do feitiço de Selena, Ethan admite seu amor por Linda e diz saber que ela e Supergirl são a mesma pessoa, mas fala que é possível que ele pode nunca mais vê-la novamente e entende que ela deve salvar Argo City. A cena final mostra Kara retornando o Omegahedron a uma Argo City escurecida, que prontamente se acende novamente.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Crítica[editar | editar código-fonte]

O filme foi mal recebido pela crítica. No site Rotten Tomatoes o longa-metragem alcançou apenas 7% de aprovação, baseado nas 27 resenhas feitas por críticos especializados. Já com base nas avaliações feitas pelos usuários do site, o filme alcançou 26% de aprovação.[3]

Referências

  1. a b «Supergirl (filme)». IDMb. Consultado em 8 de Março de 2017 
  2. «Supergirl (série)». IDMb. Consultado em 8 de Março de 2017 
  3. «Supergirl (filme)». Rotten Tomatoes. Consultado em 8 de Março de 2017 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.