Superliga Brasileira de Voleibol Feminino de 1995–96

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Superliga 1995-96
Voleibol Volleyball (indoor) pictogram.svg
Informações gerais
País  Brasil
Organizador CBV
Período final de 1995 à 17 de março de 1996
Participantes 10
Resultados
Campeão São Paulo Leite Moça (2° título)
Vice-campeão São Paulo BCN/SP
MVP São Paulo Fernanda Venturini
Estatísticas
◄◄ 1994–95 Bola de volei de quadra.svg 1996–97 ►►
Página oficial da competição

A Superliga Brasileira de Voleibol Feminino de 1995-96 foi a segunda com esta nomenclatura do Campeonato Brasileiro de Voleibol na variante feminina, e sendo realizado a partir do final de 1995 até 17 de março de 1996 por dez equipes representando quatro estados.

Equipes participantes[editar | editar código-fonte]

As dez equipes que participaram desta edição foram[1]ː

Santa Catarina Datasul/31 de Julho, Joinville/SC
Rio de Janeiro Botafogo/Cell Center, Rio de Janeiro/RJ
São Paulo BCN Guarujá, Guarujá/SP
Minas Gerais Banco Bandeirantes/Minas, Belo Horizonte/MG
São Paulo Tensor/Pinheiros, São Paulo/SP
São Paulo Transmontano/JC Amaral/Recra, Ribeirão Preto/SP
São Paulo Cepacol/São Caetano, São Caetano do Sul/SP
São Paulo Leite Moça, Sorocaba/SP
Minas Gerais Teuto/Vila Rica, Belo Horizonte/MG
São Paulo Sollo/Tietê, Tietê/SP

Regulamento[editar | editar código-fonte]

  • Fase Classificatória:A primeira fase da Superliga foi realizada com a participação de dez equipes. A competição foi dividida em duas fases. Na primeira, as equipes jogaram entre si, em turno e returno, realizando 18 partidas cada uma.
  • Playoffs:As oito melhores colocadas avançaram às quartas-de-final (melhor de três jogos), obedecendo ao seguinte cruzamento: 1º x 8º, 2º x 7º, 3º x 6º e 4º x 5º, em playoffs melhor de três jogos.

As quatro equipes vencedoras avançaram às semifinais (melhor de cinco jogos), respeitando o seguinte critério: o vencedor do jogo entre o 1º e o 8º enfrentará o do jogo entre o 4º e o 5º, e o ganhador da partida entre o 2º e o 7º terá pela frente o do confronto entre o 3º e o 6º. Os dois times vencedores disputaram o título na final, também em uma série melhor de cinco jogos.


Final[editar | editar código-fonte]

Primeira partida[editar | editar código-fonte]

10 de março de 1996[2][3]
15ː30
Relatório
TV Manchete
São Paulo Leite Moça 3 — 0 BCN Guarujá São Paulo Ginásio Municipal Gualberto Moreira, Sorocaba
16
15
15
Set 1
Set 2
Set 3
14
9
9

Segunda partida[editar | editar código-fonte]

14 de março de 1996[4]
20ː30
Relatório
BCN Guarujá São Paulo 2 — 3 São Paulo Leite Moça Ginásio Municipal Guaibê, Guarujá
15
17

6
11
17
Set 1
Set 2
Set 3
Set 4
Set 5
10
15
15
15
19

Terceira partida[editar | editar código-fonte]

17 de março de 1996[5]
15ː30
Relatório
TV Manchete
São Paulo Leite Moça 3 — 0 BCN Guarujá São Paulo Ginásio Municipal Gualberto Moreira, Sorocaba
15
15
15
Set 1
Set 2
Set 3
10
9
9

Classificação final[editar | editar código-fonte]