Sursis (livro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Le Sursis
Pena suspensa (PT)
Sursis (BR)
Autor(es) Jean-Paul Sartre
Idioma Francês
País  França
Gênero Romance
Série Os Caminhos da Liberdade
Editora Gallimard
Lançamento 1947
Edição portuguesa
Tradução Amélia Petinga
Editora Bertrand
Lançamento 1975
Páginas 363
Edição brasileira
Tradução Sérgio Milliet
Editora Difusão Européia do Livro
Lançamento 1958
Páginas 368
Cronologia
A Idade da Razão

Le sursis é um romance de 1947, escrito por Jean-Paul Sartre, constituindo a segunda parte da trilogia Os Caminhos da Liberdade (Les Chemins de la liberté).

Resumo[editar | editar código-fonte]

O livro é um retrato extraordinário da vida na França durante os críticos oito dias antes da assinatura do fatídico Acordo de Munique (setembro de 1938), mediante o qual os governos da Grã-Bretanha (Neville Chamberlain), da França (Deladier) e da Itália (Benito Mussolini) concordaram em entregar a Tchecoslováquia às ambições territoriais da Alemanha Nazista.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Moutinho, Luiz Damon S. Sartre - Existencialismo e Liberdade (Coleção Logos). São Paulo: Moderna, 1996. ISBN 8516012263
  • Perdigão, Paulo. Existência e Liberdade. Porto Alegre: L&PM, 1995. ISBN 8525405027

Ver também[editar | editar código-fonte]