Suzy Rêgo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde julho de 2012). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Suzy Rêgo
Nome completo Suzy Sheila Rêgo
Nascimento 11 de março de 1967 (50 anos)
Recife, Pernambuco
Nacionalidade Brasileira
Ocupação Atriz
Atividade 1989–presente
Cônjuge Fernando Vieira

Suzy Sheila Rêgo (Recife, 11 de março de 1967) é uma atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filha de um marinheiro, seus pais e ela viajavam muito e assim, Suzy morou em diversos estados do Brasil, até voltar para Recife, onde ficou residindo por anos.[1]

Na adolescência, conheceu o ator Paulo César Grande. Eles namoraram algum tempo.[2]

Atualmente a atriz é casada com o ator Fernando Vieira, com quem tem gêmeos fraternos, seus únicos filhos, Marco e Massimo, nascidos de cesariana, no dia 24 de julho de 2009, na cidade de São Paulo.[3]

Suzy fez tratamento (estimulação da ovulação) para conseguir engravidar, por causa de sua idade, O casal estava muito esperançoso, foram três tentativas, até que uma noite descobriu-se grávida, e Suzy realizou esse sonho. Adiou muito tempo a maternidade para seguir carreira e queria ser mãe para se dedicar totalmente aos filhos, por isso teve filhos mais tarde. Afirmou que engordou muito antes da gravidez e chegou a pesar 104 quilos na gravidez dos filhos.[4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou sua carreira como modelo aos 13 anos de idade em um Clube do Rio de Janeiro. Sempre foi elogiada pela sua beleza até que ainda bem jovem decidiu se inscrever em um concurso de beleza: Representando a Ilha de Itamaracá, foi eleita Miss Pernambuco, em 1984. Sendo incentivada a continuar a se inscrever em concursos de beleza, já que seu rosto era muito elogiado e seu físico chamava muita atenção, conseguiu ficar em segundo lugar no Miss Brasil, sendo eleita em 1984 a segunda mulher mais bela do país, o que foi uma grande surpresa e felicidade.[5]

Atuou em várias peças de teatro, com "Procura-se um Tenor", "Brasil S/A", "Caixa 2" e "Sete Minutos", "O Mistério de Gioconda", "O Método Gronholm", "Os Olhos Verdes do Ciúme". " Divórcio". Na TV, participou de especiais, minisséries e telenovelas. Trabalhou na novela luso-brasileira co-produzida pela RTP e Rede Bandeirantes Paixões Proibidas.[6]

Em 1989 atuou como Carla em Top Model, mas um de seus papeis de maior destaque foi a corajosa Carmem, da novela A Viagem, de 1994 da Rede Globo. Em 1995 atuou na novela Sangue do Meu Sangue do SBT.

Retornou a Rede Globo depois de 4 anos, após trabalhos na Rede Bandeirantes (Floribela) e Record (Louca Paixão) integrando na novela Morde & Assopra (2011), como Duda Aguiar, que fazia parte de um dos núcleos cômicos da trama. No ano seguinte, atuou na novela Amor Eterno Amor (2012), como a possessiva Jaque. Atuou, em 2014 na novela Império como a cerimonialista Beatriz Bolgari. Em 2016 interpreta Gilda na novela Rock Story.

No ano de 2017 interpreta Dona Juma na série da Disney, Juacas. [7]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Personagem
1984 Miss Brasil Ela mesma - Miss Pernambuco
1989 O Salvador da Pátria Alice
Top Model Carla
1990 Delegacia de Mulheres Luli Saraiva
Riacho Doce Cristina Monteiro de Sá (Cris)
1991 Salomé Berta
1992 Você Decide Episódio: Amor e Preconceito
1994 Você Decide Victoria Cruz Silva (Episódio: Paternidade)
A Viagem Carmem Soares Estêvão
1995 Sangue do Meu Sangue Solange Deschamps
1998 Era uma Vez... Heloísa Campos Bidaleki
1999 Louca Paixão Vera Soares
2001–02 Amor e Ódio Regina Villa Real (Regininha)
2005 Floribella Malva Torres Bettencourt
2006 Floribella 2 Malva Torres Bettencourt
2007 Paixões Proibidas Antônia Valente
2011 Morde & Assopra Duda Aguiar
2012 Amor Eterno Amor Jaqueline Gonçalves (Jáqui)
2014–15 Império Beatriz Bolgari Nascimento
2016–17 Rock Story Gilda Sabóia
2017 Juacas Dona Juma

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Nome
1991 Sauna
1993 Procura-se um tenor
1995 O Diário de um Mago
1996 Brasil S.A
1997–00 Caixa 2
2001 O Grande Dia
2002 Sete Minutos
2004 O Mistério da Gioconda
2008 O Método Gronholm
2011 Os Olhos Verdes do Ciúme
2013 Divórcio
2015–16 Até Que o Casamento Nos Separe

Referências

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Mônica de Lima Veloso
Miss Pernambuco
1984
Sucedido por
Simone Augustus