Tássia Camargo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde julho de 2017). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde Maio de 2012) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Tássia Camargo
Tássia Camargo em julho de 2012
Nome completo Maria Aparecida Pereira Anastásio
Outros nomes Tássia Camargo, Tatá
Nascimento 29 de janeiro de 1961 (56 anos)
Guarulhos, SP
Nacionalidade Brasileira
Ocupação Atriz, Produtora e Diretora
Cônjuge Dennis Carvalho (1985)
Marinho Boffa (1986-1996)
Renato Petrella (2012-presente)
IMDb: (inglês)

Tássia Camargo nome artístico de Maria Aparecida Pereira Anastásio (Guarulhos, 29 de janeiro de 1961) é uma atriz, produtora e diretora brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Seu nome verdadeiro é Maria Aparecida Anastasio, brasileira e italiana. Participou em diversos filmes, peças teatrais, seriados e telenovelas. Começou no teatro em 1978 com o diretor Antunes Filho, tinha 17 anos e nunca mais parou com o teatro. Em 2016 com o espetáculo de Eugène Ionesco, divide palco com Edi Botelho - direção Ney Latorraca.

Sua primeiro papel na TV em telenovelas foi na Rede Bandeirantes, onde atuou em Os Adolescentes e seu último trabalho foi na novela Vidas Opostas da Rede Record.

A atriz foi a primeira apresentadora do Vídeo Show, no seu primeiro ano de exibição, em 1983.[1]

A Marlene de O Salvador da Pátria, a Marina da Glória da Escolinha do Professor Raimundo e a Elisa de Tieta incluem-se entre as suas personagens.

Em 2006 atuou na novela Vidas Opostas na Rede Record, novela vencedora do Trófeu Imprensa, onde interpretou Lucília.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Tássia é mãe de dois rapazes: Pedro e Diego. A atriz foi casada durante 11 anos com o músico Marinho Boffa, união que terminou em 1996, logo após o falecimento da sua filha Maria Júlia, com apenas dois anos de idade vitima de rubéola congênita tardia, sendo que a atriz já havia se vacinado e tido duas vezes a rubéola. Luta até hoje para mudar a campanha da vacina que é incorreta.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Fonte: Museu da TV[1]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1981 Os Adolescentes Majô
1982 Chico Anysio Show Marina da Glória
Elas por Elas Míriam Ferraz (Myrian)
1983 Vídeo Show Apresentadora
Pão Pão, Beijo Beijo Nina
1984 Rabo de Saia Nice (Nicinha)
1985 Um Sonho a Mais Mônica Aranha
1986 Selva de Pedra Joana (Jane)
1988 Chapadão do Bugre Rita (Ritinha)
Chico Anysio Show Marina da Glória
1989 O Salvador da Pátria Marlene Machado da Silva
Tieta Elisa Esteves D'Alemberti
1990 Delegacia de Mulheres Margô (Episódio: Formicida e Guaraná)
Escolinha do Professor Raimundo Marina da Glória
1991 Estados Anysios de Chico City Várias personagens[3]
O Dono do Mundo Teresa de Jesus (Teresinha)
1992 As Noivas de Copacabana Marilene Batista
Despedida de Solteiro Madalena Chaddad Santarém (Lenita)
1993 Você Decide Episódio: Se Acaso Você Chegasse
1994 Amanda (Episódio: O Último Desejo)
Quatro por Quatro Maria Bataglia
1995 Você Decide Episódio: O Sacrifício
1996 Episódio: No Silêncio da Noite
Anjo de Mim Antônia
1998 Você Decide Episódio: Amor ao Próximo
Dona Flor e Seus Dois Maridos Madona
1999 Meu Bem Querer Marta
2000 O Cravo e a Rosa Joana Penaforte Batista
2001 A Padroeira Generosa
2002 Brava Gente Gleice (Episódio: A Hora Errada)
2003 Jamais Te Esquecerei Isabela
2004 Malhação Lúcia da Silva Gomes
2006 Vidas Opostas Lucília de Souza
2015 Tudo pela Audiência Marina da Glória

1981 até 2006 na TV Globo - Mais de 25 novelas, 8 minisséries e primeira apresentadora e idealizadora do Vídeo Show.

Após isso a atriz saiu da emissora e assinou contrato com a Rede Record, onde atuou em Vidas Opostas, vencedora do Troféu Imprensa de melhor novela da televisão brasileira.

Entretanto a atriz foi demitida da emissora logo em seguida, devido mau comportamento no set de gravação, onde era agressiva com a equipe de produção, chegando a brigar com a renomada atriz Jussara Freire.[4]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Fonte: Museu da TV[1]

Ano Título Personagem
1982 Amor de Perversão Tereza[5]
1983 Corpo e Alma de Uma Mulher Aimé
1984 O Filho Adotivo Carolina
1988 Banana Split

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • Macunaíma (1981);
  • Nelson Rodrigues - O Eterno Retorno (1981);
  • Viúva, Porém Honesta;
  • O Baile
  • Se Você Me Der a Mão (2012);

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Prêmio SESI, Prêmio EncontrArte no Sesc Nova Iguaçu, Prêmio Adela Villas Boas, Prêmio da Revista Top of Business e Prêmio Excelência Mulher 2013 pelo Ciesp no Sesi de São Paulo

Referências

  1. a b c Tássia Camargo
  2. Reconstruindo Tássia
  3. «ESTADOS ANYSIOS DE CHICO CITY - FICHA TÉCNICA». Memória Globo. Consultado em 2 de setembro de 2017 
  4. «Tássia Camargo arruma confusão em Vidas Opostas». Virgula. Consultado em 25 de julho de 2016 
  5. Cinemateca Brasileira Amor de Perversão [em linha]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.