Tânia Maria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tânia Maria
Informação geral
Nome completo Tania Maria Correa Reis[1]
Nascimento 9 de maio de 1948 (68 anos)
Local de nascimento São Luís, Maranhão
Brasil
Nacionalidade brasileira
Gênero(s) Jazz, pop, MPB
Ocupação(ões) Cantora, compositora e pianista
Instrumento(s) Piano
Período em atividade 1969-presente
Gravadora(s) Concord, Capitol, Blue Note, EMI, Universal
Página oficial http://www.TaniaMaria.org

Tânia Maria (São Luís, 9 de maio de 1948) é uma cantora, pianista e compositora brasileira de jazz.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida em uma família de músicos amadores, em São Luís, Maranhão, Tânia Maria começou a estudar piano com aos sete anos, e, com apenas 13 anos, já havia ganho o primeiro prêmio em um concurso de música local como líder de um grupo que seu pai tinha começado.[3] Três anos depois, casou-se e começou a estudar Direito,[4] mas ela abandonou os estudos para gravar seu álbum Olha quem Chega, lançado pela Warner, que mostra seu estilo característico, uma combinação dos ritmos brasileiros com as harmonias do jazz, que a pianista desenvolvera posteriormente. Mas o seu primeiro álbum foi lançado (no Brasil) em 1969 pela Continental, intitulado Apresentamos.[5]

Em meados da década de 1970, Tânia Maria deixou o Brasil para estabelecer-se em Paris, França, onde, depois de gravar vários álbuns de sucessos, assinou contrato com a gravadora Concord Records e em 1980 lançou Piquant, pelo qual ganhou o prêmio "Golden Leonard Feather Award".[6] Desde então já gravou mais de 25 álbuns e turnês praticamente todos os principais festivais de jazz do mundo.

Em 1985, a cantora recebeu uma indicação ao Grammy na categoria "Melhor performance vocal feminina".[7] Tânia Maria morava em Nova Iorque, Estados Unidos e atualmente vive em Paris, na França, com sua família.

Considerada um dos grandes talentos da cena contemporânea,[8][9] o estilo musical e a voz da Tânia Maria são inconfundíveis: seu piano mostra uma percussão caráter e agitada com o qual ela delineia suas melodias características com uma técnica incrível; da mesma forma, Tânia usa sua voz para executar complicada improvisações de scat, técnica que é um dos expoentes, em uníssono com o piano.

A música de Tânia Maria reflete suas variadas influências, que vão desde melodias pop, às harmonias complexas de jazz, ritmos do funk, soul e samba. Suas principais influências são Oscar Peterson, Bill Evans, Luiz Eça, Sarah Vaughan, Tom Jobim e Milton Nascimento.[7]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]