Térsites

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Térsites, na mitologia grega, era filho de Ágrio, lutou pelos gregos na Guerra de Troia e foi morto por Aquiles por zombar de Aquiles.

Ágrio tinha seis filhos, Térsites, Onquesto, Protoo, Celeutor, Licopeu e Melânipo, que lutaram contra Eneu, tomaram seu reino, entregaram a Ágrio e aprisionaram Eneu, atormentando-o pelo resto da vida.[1] Diomedes chegou secretamente de Argos com Alcmeão, e matou todos os filhos de Ágrio, exceto Térsites e Onquesto, que haviam fugido para o Peloponeso.[1] Como Eneu era velho, Diomedes colocou como rei Andremão, que havia se casado com uma filha de Eneu,[1] chamada Gorge,[1][2] e levou Eneu para o Peloponeso.[1] Térsites e Onquesto, porém, emboscaram Eneu na Arcádia e o mataram.[1] Eneu e Ágrio eram filhos de Portaon e Eurite,[3] Diomedes era filho de Tideu, filho de Eneu, rei de Calidão.[4][Nota 1]

Durante a Guerra de Troia, Aquiles se apaixonou pela amazona Pentesileia, filha de Ares e Otrera, após havê-la matado; Térsites zombou de Aquiles e foi morto por ele.[5]

Notas e referências

Notas

  1. Em outras versões do mito, a restauração de Eneu como rei de Calidão ocorre depois da Guerra de Troia.

Referências

Referências