Túnel do Joá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Túnel do Joá
Obras do túnel do Joa (1970).jpg
O secretário de obras da Guanabara Raimundo de Paula Soares, acompanhado por membros da Escola Superior de Guerra, vistoria as obras do Túnel do Joá em 8 de julho de 1970.[1]
Informação
Tipo Túnel urbano
Comprimento 344 m
Cruza Pedra da Gávea
Localização
Localização Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Coordenadas 23° 0' 39.0" S 43° 17' 21.6" O
Histórico
Início da construção junho de 1967 (53 anos)
Abertura 14 de março de 1971 (49 anos)[2]

O Túnel do Joá localiza-se na cidade e estado do Rio de Janeiro, no Brasil.

Integrante da ligação entre os bairros da Lagoa e da Barra da Tijuca, foi projetado e construído com seção transversal em dois andares, pelas imposições geológicas do terreno. As suas obras de construção foram iniciadas em Junho de 1967. À época, foi considerado como a segunda obra rodoviária do gênero no mundo, após o Túnel de Yerba Buena, em San Francisco, Estados Unidos, também com estrutura em dois andares. Após estudos da COPPE-UFRJ que constataram problemas estruturais no elevado, a prefeitura em vez de ampliar o elevado já existente, decidiu construir uma nova galeria de tuneis e elevado, com previsão de dois meses[3].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Secretário vai à ESG falar de obras do Rio». Correio da Manhã, ano LXX,edição 23690, página 4/republicado pela Biblioteca Nacional-Hemeroteca Digital Brasileira. 9 de julho de 1970. Consultado em 1 de janeiro de 2020 
  2. «Negrão enfrenta Maratona para inaugurar sua obra». Jornal do Brasil, ano LXXX ,edição 289, página 26/republicado pela Biblioteca Nacional-Hemeroteca Digital Brasileira. 15 de março de 1971. Consultado em 1 de janeiro de 2020 
  3. G1 (10 de abril de 2013). «Prefeitura do Rio pretende construir ciclovia e novo túnel no Joá». 19h49. Consultado em 21 de abril de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]