Túnel do Monte Branco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Entrada lado francês
Entrada lado italiano

O Túnel do Monte Branco é um túnel rodoviário, que liga Chamonix, na Alta Saboia (França) a Courmayeur, no Vale de Aosta (Itália).

O Túnel do Monte Blanco, que passa exactamente por debaixo da Aiguille du Midi - a Agulha do Sul [nota 1] - foi construído em 1965, e só tem um túnel, pelo que é bidireccional. Com um comprimento de 11,6 km, permitiu reduzir a distância, de França em direcção de Turim, de 50 km, e para Milão, de 100 km.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1949 foi assinada a convenção franco-italiana para a perfuração do túnel que começou em 1957 e foi inaugurado por Charles De Gaulle, pela França, e por Giuseppe Saragat, pela Itália, a 19 de julho de 1965. As duas equipas de perfuração encontram-se a 4 de agosto de 1962, e a 19 de julho de 1965 é aberta a circulação aos veículos ligeiros e a 20 de outubro desse mesmo ano aos pesados.

Características[editar | editar código-fonte]

  • Comprimento; 11,6 km
  • Túneis; um a de 2 vias (bidireccional)
    • Vias; 2x 3,5 m + 2x 0,5 m de banda lateral
    • Altura; 4,35 m
  • Tráfego o; 5,5 milhões em 2006
  • Portagem : 38,90 €
  • Altitude
    • França; 1 274 m
    • Itália; 1 381 m

Acidente[editar | editar código-fonte]

No dia 24 de março de 1999 um caminhão incendiou-se dentro do túnel e de um lado e do outro forma-se uma coluna de camiões e de automóveis. Os socorros italianos chegam primeiro mas têm de bater em retirada porque o fogo que progride a 4 m/s são asfixiantes - monóxido de carbono - e causarão a morte dos viajantes que se tinhas refugiado nos abrigos de segurança. No total morreram 39 pessoas dentro os quais um bombeiro francês e um socorrista italiano que antes, e na sua motocicleta, havia conseguido salvar 8 pessoas. Mesmo com máscaras, 18 bombeiros tiveram de ser evacuados ao hospital.

O incêndio que durou 53 horas, e destruiu 24 caminhões, 9 veículos leves, e dois carros dos bombeiros, só permitiu a entrada no túnel três dias depois de ter começado. As temperaturas atingiram os 1 000 C°. O túnel ficou fechado durante três anos e os trabalhos custaram entre 200 e 250 milhões de euros.

Imagens[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Segundo fr:Aiguille du Midi o termo Midi refere-se ao ponto cardeal Sul e não à ideia de zénite

Referências