Túnica albugínea do testículo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tunica albuginea of testis
Sistema Sistema reprodutor
Drenagem linfática MeshName =

A túnica albugínea do testítulo ( /ˈtnɪkə ˌælbəˈɪnə/ US dict: tōō'·nĭ·kə ăl'·bə·jĭn'·ē·ə) é a cobertura fibrosa da testículo. É uma membrana azul-acinzentada densa, composta de feixes de tecido fibroso branco, do qual deriva o seu nome albugínea, que significa "que se entrelaça em todas as direções".

A túnica albugínea é coberta pela túnica vaginal, exceto nos pontos de fixação do epidídimo para o testículo, e ao longo de sua borda posterior, onde os vasos espermáticos entrar na glândula.

A túnica albugínea é aplicada à túnica vascular através da substância glandular do testículo, e, na sua borda posterior, é refletida para o interior da glândula, formando um septo vertical, incompleto, chamado de testículo mediastino (corpus Highmori).

Imagens[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]