TK 85

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


TK 85
Computador doméstico
Microdigital TK85 with joystick.JPG
Um TK 85 com joystick.
Fabricante: Microdigital Eletrônica Ltda.
Comercializado 1983 Edite no Wikidata
Descontinuado 1985 (34–35 anos)
Lançamento: 1983 (36–37 anos)
Características
Sistema operativo: Sinclair BASIC
Processador Zilog Z80A em 3,25 MHz
Memória 16KiB (base) — 48KiB (máxima)
Sistema operativo Sinclair BASIC
Site
URL não preenchido. Favor adicionar.
Portal Tecnologias da informação

O TK 85 foi um clone do Sinclair ZX81, desenvolvido no Brasil pela Microdigital Eletrônica Ltda. num gabinete semelhante ao do ZX Spectrum. Utilizava o microprocessador Z-80A de 8 bits e foi comercializado a partir de Março de 1983 em versões de 16 kiB e 48 kiB de memória RAM.[1]

Como o ZX81 era baseado em um circuito integrado customizado para a Sinclair Research (o ULA), o TK85 usava o mesmo projeto básico do ZX80, acrescido de um circuito gerador de interrupção não-mascarável (circuito SLOW), uma ROM de 8 kiB com BASIC de ponto flutuante, uma EPROM adicional de 2 kiB com funções de armazenamento, e 16 ou 48 kiB de memória RAM na própria placa do computador. No projeto do TK85 também foi incluso um gerador de som usando o chip AY-3-8912 (compatível com a placa de expansão ZonX-81 da Bi-Pak) na própria placa mãe. Embora não vinha instalado de fábrica, é possível adquirir as peças e instalá-los.[2]

As vezes é confundido com o Timex Sinclair 1500 que foi lançado posteriormente (Julho de 1983[3]).

Características[4][editar | editar código-fonte]

  • Processador:
  • Memória:
  • Teclado: teclado chiclete de 40 teclas
  • Display:
    • 32 X 24 texto
    • 64 x 48 ("semi-gráfico")
  • Expansão:
    • 1 conector de expansão tipo "edge" de 2 x 23 pinos, compatível com a maioria dos acessórios do ZX81.
  • Portas:
    • Entrada de alimentação de 9V CC
    • 1 entrada para joystick, usando soquete DIN-6-07M, conectado em paralelo com as teclas 5, 6, 7, 8 e 0 do teclado. Nos últimos modelos fabricados, utilizava um soquete DB-9 para joystick (o mesmo conector do Atari 2600, embora com pinagem incompatível)
    • Saída de audio mono para conectar na entrada de áudio de um gravador K7 (MIC)
    • Entrada de audio mono para conectar na saída de áudio de um gravador K7 (EAR)
    • 1 saída para TV (modulador RF, canal 3 VHF)
  • Armazenamento externo:
    • Gravador de fita K7 (a 300/4200 baud)
  • Dimensões: 23,5 cm × 14,3 cm × 4cm
  • Peso: 0,5 kg

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Edna Araripe (Março de 1983). «TK85: Novo Pessoal no Mercado». Revista Micro Sistemas. pp. 58–59 
  2. «Instalando o PSG AY-3-8912 no TK85.». zx81.eu5.org. Consultado em 27 de abril de 2020 
  3. «Timex Sinclair 1500.». oldcomputers.net. Consultado em 27 de abril de 2020 
  4. Microdigital Eletrônica Ltda. TK85 Programação Basic. São Paulo: Microdigital, 1983.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Microdigital Eletrônica Ltda. TK85 Programação Basic. São Paulo: Microdigital, 1983.
  • HURLEY, Linda. Programas para jovens programadores : TK82-83-85 CP200. São Paulo: McGraw-Hill, 1984.
  • LIMA, Délio Santos. Aplicações Sérias para TK85 e CP200. São José dos Campos, SP: J.A.C., 1983?
  • PIAZZI, Pierluigi e ROSSINI, Flávio. Basic TK. São Paulo: Moderna/Micromega, 1983.
  • ROSSINI, Flávio. Linguagem de Máquina para o TK. São Paulo: Moderna/Micromega, 1983.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.