TV Bandeirantes Minas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde dezembro de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
TV Bandeirantes Minas
Rádio e Televisão Bandeirantes de Minas Gerais Ltda.
Belo Horizonte, Minas Gerais
Brasil
Tipo Comercial
Canais Digital: 20 UHF
Virtual: 7 PSIP
Outros canais ver mais
Analógico:
07 VHF (1967-2017)
Sede Bandeira de Belo Horizonte.svg Belo Horizonte, MG
Avenida Raja Gabaglia, 2221 - São Bento
Slogan A família cresceu
Rede Rede Bandeirantes
Rede(s) anterior(es) TV Excelsior (1967-1970)
Fundador Aloysio de Andrade Faria
Pertence a Grupo Bandeirantes de Comunicação
Proprietário Johnny Saad
Antigo proprietário Aloysio de Andrade Faria (1967-1975)
João Jorge Saad (1975-1999)
Administração Nilson Moisés
Presidente Johnny Saad
Fundação 1967 (51 anos)
CNPJ 17.184.649/0001-02
Prefixo ZYA 720
Nome(s) anteriore(s) TV Vila Rica (1967-1976)
Emissoras irmãs BandNews FM Belo Horizonte
Cobertura Parte do estado de Minas Gerais
Coord. do transmissor 19° 58' 15.7" S 43° 55' 46" O
Potência 3,5 kW
Página oficial band.uol.com.br/tv/minasgerais

TV Bandeirantes Minas (também conhecida como Band Minas) é uma emissora de televisão brasileira sediada em Belo Horizonte, capital do estado de Minas Gerais. Opera no canal 7 (20 UHF digital) e é uma emissora própria da Rede Bandeirantes. Foi fundada em 1967 como TV Vila Rica, sendo adquirida pelo Grupo Bandeirantes de Comunicação em 1975. Cobre a maior parte do estado, juntamente com sua co-irmã TV Bandeirantes Triângulo, instalada em Uberaba. Seus estúdios estão no bairro São Bento, na região sul da capital mineira, e sua antena de transmissão está na Serra do Curral, no Belvedere.

História[editar | editar código-fonte]

A TV Vila Rica foi inaugurada no ano de 1967, a partir de uma concessão oferecida para o Banco Real. Operava no canal 7 VHF, e era afiliada à TV Excelsior, fazendo parte do projeto de uma formação de rede nacional. Porém, devido a vários problemas financeiros, além de relações conturbadas com o governo militar, a Excelsior é tirada do ar no dia 30 de setembro de 1970. Com a extinção da rede, a TV Vila Rica passou a transmitir a programação da TV Bandeirantes. No ano de 1976, em um processo de formação da Rede Bandeirantes, a TV Vila Rica passa a ser uma filial da emissora paulista, mudando o nome para TV Bandeirantes Minas.

A emissora exibe aproximadamente 16 horas de programação local por semana. Há ainda no estado a Band Triângulo, a segunda emissora de televisão pertencente ao Grupo Bandeirantes de Comunicação, que se originou da antiga TV Regional, que transmite a programação do grupo para o Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. A última região recebia em 2008 a programação da Band Minas de Belo Horizonte, mas quando foi criada a Band Triângulo, a emissora assumiu as antenas da Band Minas na região.

Sinal digital[editar | editar código-fonte]

Canal virtual Canal digital Resolução de tela Programação
7.1 20 UHF 1080i Programação principal da Band Minas / Band
Transição para o sinal digital

Com base no decreto federal de transição das emissoras de TV brasileiras do sinal analógico para o digital, a TV Bandeirantes Minas, bem como outras emissoras de Belo Horizonte, cessou suas transmissões pelo canal 7 VHF no dia 22 de novembro de 2017, seguindo o cronograma oficial da ANATEL.[1] O sinal foi cortado às 23h59, durante a sessão de filmes Cine Band, sendo substituído por um slide do MCTIC e da ANATEL sobre o switch-off.

Programas[editar | editar código-fonte]

Além de retransmitir a programação nacional da Rede Bandeirantes, a Band Minas produz os seguintes programas:

Diversos outros programas compuseram a grade da emissora e foram descontinuados:

  • Band Cidade
  • Conexão Horizonte
  • Entrevista Coletiva
  • Fogão e Viola
  • Golasô
  • Jornal de Minas Gerais
  • Minas e Gerais
  • Me Chama Que Eu Vou
  • MG Acontece
  • Minas Esporte
  • Minas Urgente
  • Olé Pelo Mundo
  • Programa Mário de Oliveira
  • Rede Cidade
  • Roteiro de Minas
  • Tudo de Bom

Equipe[editar | editar código-fonte]

Membros atuais[editar | editar código-fonte]

  • André Salles
  • Diogo Ramalho
  • Héverton Guimarães
  • Igor Calián
  • Inácia Soares
  • João Marcos Oliveira
  • Laura França
  • Luciana Vianna
  • Marcelo Silveira
  • Paulo Navarro
  • Vanda Sampaio

Membros antigos[editar | editar código-fonte]

  • Amaro Neto (hoje na TV Vitória)
  • André Vince
  • Andreza Gischewski (hoje na TV Alterosa Belo Horizonte)
  • Barbosa Neto
  • Camila Leste (hoje na TV Integração)
  • Daniel Fabris (hoje na TV Alterosa Belo Horizonte)
  • Elói Oliveira (hoje na TV Alterosa Belo Horizonte)
  • Gilbert Campos (hoje na 98 FM)
  • Gisele Ramos (hoje na RecordTV Minas)
  • Herikson Martins (hoje na TV Alterosa Belo Horizonte)
  • Hugueney Bisneto
  • Igor Assunção (hoje na 98 FM)
  • Jacques Leal
  • João Paulo Souvera
  • Júnior Brasil (hoje na Rádio Itatiaia)
  • Kiuane Rodrigues (hoje na RecordTV Minas)
  • Letícia Renna
  • Luís Fernando
  • Marcos Maracanã (hoje na TV Goiânia)
  • Mariana Milagre
  • Munyque Fernandes
  • Natália de Sá
  • Patrícia Garrigo
  • Paulo Leite
  • Ricardo Feller
  • Yara Fantoni (hoje na Band São Paulo)

Administração[editar | editar código-fonte]

  • Fantine Godoy (diretora de jornalismo)
  • Nilson Moisés (direção geral)

Retransmissoras[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Castro, Daniel (7 de novembro de 2017). «TV digital: apagão analógico em Belo Horizonte atrasa pela segunda vez». Notícias da TV - UOL. Consultado em 27 de dezembro de 2017. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.