RecordTV Brasília

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de TV Capital Brasília)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde fevereiro de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
RecordTV Brasília
Rádio e Televisão Capital Ltda.
Brasília, Distrito Federal
Brasil
Tipo Empresa privada
Canais Digital: 23 UHF
Virtual: 8 PSIP
Outros canais 19 (NET)
08 (Vivo TV)
Analógico:
08 VHF (1993-2016)
Sede Distrito Federal (Brasil) Brasília, DF
Edifício Record - SRTVS, Quadra 701, Bloco H, Lt. 10 - Asa Sul
MAPA
Slogan Reinventar é a nossa marca
Rede RecordTV
Fundador Edir Macedo
Pertence a Grupo Record
Proprietário Edir Macedo
Presidente Luiz Cláudio Costa
Fundação 18 de março de 1993 (23 anos)
CNPJ 02.579.308/0001-69
Prefixo ZYA 507
Nome(s) anteriore(s) TV Alvorada
TV Capital
TV Record Centro-Oeste (2008-2011)
TV Record Brasília (1993-2008; 2011-2016)
Emissoras irmãs Rádio Capital
Cobertura Distrito Federal e Entorno
Coord. do transmissor 15° 41' 57.3" S 47° 49' 46.6" O
Potência 3 kW
Página oficial noticias.r7.com/distrito-federal

RecordTV Brasília é uma emissora de televisão brasileira sediada em Brasília, no Distrito Federal. Opera no canal 8 (23 UHF digital), e é uma emissora própria da RecordTV. Devido a dificuldade de recepção em algumas áreas do Distrito Federal, conta com retransmissoras pelo canal 23 UHF no Gama, Brazlândia e Ceilândia. Seus estúdios estão localizados no Setor de Rádio e Televisão Sul (SRTVS), na Asa Sul, e seus transmissores na Torre de TV Digital de Brasília, na região administrativa de Sobradinho.

História[editar | editar código-fonte]

Enquanto Brasília estava sendo construída, o Governo Federal abriu licitação de três canais, os mesmos sintonizados da então capital Rio de Janeiro: uma para o governo federal, uma para o Diários Associados. e outra para o Grupo TV Rio, ligada ao Grupo Paulo Machado de Carvalho.

Ver artigo principal: TV Alvorada (Brasília)

O canal 8 da Capital Federal, originalmente chamado de TV Alvorada, foi inaugurado juntamente a duas outras emissoras pioneiras da cidade, a TV Nacional e a TV Brasília, em 21 de Abril de 1960, juntamente com a cidade de Brasília. Os mestres de cerimônia da inauguração da TV Alvorada foram Dedé Santana e Ana Rosa. A TV Alvorada passa a ser afiliada à Rede de Emissoras Unidas e em 1967 à Rede Excelsior.

Em 1970, poucos meses antes da TV Excelsior ser extinta, a emissora rompeu com a rede, alegando prejuízos que a causava, para exibir a programação da TV Rio, pois pertencia à Rede de Emissoras Independentes. Ela foi vendida para a Rádio Capital, e a TV Alvorada adotou então o nome de TV Capital e passou a exibir a programação da Rede de Emissoras Independentes (REI), liderada pela TV Record.

Em 1989, a emissora foi vendida ao empresário, bispo e fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, Edir Macedo, que em 1990, passa a receber a programação da recém-inaugurada Rede Record por meio de via satélite.[1]

Em 18 de março de 1993, a emissora trocou de nome novamente, desta vez para TV Record Brasília. Em 1997 a emissora inaugura sua sede própria no Setor de Rádio e Televisão Sul.

Em 18 de fevereiro de 2008, a emissora passa à se chamar TV Record Centro-Oeste. Neste dia, a Rede Record inaugurou as operações do novo newsroom da emissora, de onde passaram a ser transmitidos seus telejornais, e também transmite programas veiculados pela Record News, canal de notícias da Rede Record, como o Brasília Ao Vivo.

Em agosto de 2008 a Record Centro-Oeste ganhou o prêmio Engenho de Jornalismo em quatro categorias. Em agosto de 2009, Luiz Cláudio Costa, ex-diretor da TV Record no Rio Grande do Sul e do Correio do Povo, assume a direção da Record Centro-Oeste, e Natal Furucho, ex-diretor da Emissora em Brasília, assume o comando do Grupo Record no Rio Grande do Sul.[2]

Em fevereiro de 2011, a emissora voltou se chamar TV Record Brasília. Em 24 de novembro de 2016, com a reformulação da marca da rede, a emissora passa a se chamar RecordTV Brasília.

Histórico de Telejornais locais e apresentadores[editar | editar código-fonte]

  • Em 1993 estreava o telejornal Informe Brasília
  • Em 1996 estreava o telejornal Informe DF
  • Em 3 de abril de 2006, estreava o telejornal DF Record.
  • Em 15 de janeiro de 2007 estreava o programa local Balanço Geral, apresentado por Henrique Chaves até agosto de 2016.
  • Em 20 de fevereiro de 2008, entrava na programação da TV Record Brasília o telejornal DF no Ar, Inicialmente apresentado por Luiz Fara Monteiro e depois por Toninho Pop, e atualmente por Giulianno Cartaxo.
  • Em 28 de abril de 2014, estreava na grade da programação da emissora o Balanço Geral Manhã apresentado por Bruno José.
  • Em 8 de maio de 2015, a edição local do Balanço Geral Manhã deixa a grade da programação da emissora para dar lugar a versão nacional do programa apresentado por Luiz Bacci.
  • Em 11 de maio de 2015, estreia no programa Balanço Geral o quadro "Hora da Venenosa" que mostra as notícias do mundo dos famosos apresentado por Sabrinna Albert.
  • Em 31 de maio de 2016, o telejornal DF Record passa a ser exibido às 18h50.
  • Em 25 de agosto de 2016 a emissora anuncia a contratação do jornalista Marcos Paulo, vindo da TV Goiânia para apresentar o Balanço Geral DF, substituindo Henrique Chaves.[3] e sua estreia aconteceu no dia 26 de setembro.[4]
  • Em 24 de outubro de 2016, a emissora lança o Cidade Alerta na apresentação de Henrique Chaves.

Sinal digital[editar | editar código-fonte]

Canal virtual Canal digital Proporção de tela Programação
8.1 23 UHF 1080i Programação principal da RecordTV Brasília / RecordTV
Transição para o sinal digital

Com base no decreto federal de transição das emissoras de TV brasileiras do sinal analógico para o digital, a TV Record Brasília, bem como as outras emissoras da cidade de Brasília e do entorno do Distrito Federal, cessou suas transmissões pelo canal 08 VHF em 17 de novembro de 2016, seguindo o cronograma oficial da ANATEL.[5] Tendo um atraso de 2 minutos em relação as outras emissoras, o sinal da então TV Record Brasília foi interrompido à 0h01, durante a exibição do Câmera Record, para a exibição de um discurso do ministro das comunicações, Gilberto Kassab. Logo em seguida, foi inserido o aviso do MCTIC e da ANATEL sobre o switch-off.

Programação[editar | editar código-fonte]

Extintos[editar | editar código-fonte]

  • Informe DF com Venina Nunes
  • Balanço Geral DF Manhã com Bruno José
  • Conteúdo com Arthur Luis (atualmente na Rádio Clube FM como 120 minutos e Clube do Fã)
  • Inside (atualmente no SBT DF)
  • Programa Gilberto Amaral (atualmente na Band DF)
  • Esporte Record DF com Janice de Castro
  • DF Direto da Redação com Lívia Braz
  • Cafezinho com Henrique Chaves
  • Tudo a Ver Brasília com Mauricia Goldner

Retransmissoras[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.