TV Educativa de Mato Grosso do Sul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade(desde agosto de 2016). Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
TVE MS
Fundação Estadual Jornalista Luiz Chagas de Rádio e Televisão Educativa de Mato Grosso do Sul
Parque dos Poderes
Cidade de concessão Campo Grande, MS
Canais
4 analógico
42 em implantação digital
Outros canais 15 na NET
Rede TV Cultura
Rede(s) anterior(es) TV Brasil (2008-2016)
Fundador Wilson Barbosa Martins
Pertence a Governo do Estado de Mato Grosso do Sul
Fundação 11 de outubro de 1984 (33 anos)
Prefixo ZYA 948
Nome(s) anteriore(s) TVE Regional, TV Brasil Pantanal
Emissoras irmãs Educativa FM 104,7
Cobertura Estado do Mato Grosso do Sul e para todo o Brasil via satélite
Potência 31,6 Kw
Página oficial http://portaldaeducativa.com.br/site

TV Educativa ou TVE MS é uma emissora de televisão brasileira, com sede em Campo Grande, MS. Opera no canal 4 VHF e possui algumas retransmissoras no interior do estado de MS.

História[editar | editar código-fonte]

Foi fundada em 11 de outubro de 1984 como repetidora da TV Educativa do Rio de Janeiro. No início, a emissora contava com programação local e transmitia programas da TV Brasil do Rio de Janeiro que era mista com a programação da TV Cultura de São Paulo. A emissora pertence ao Governo do Estado de Mato Grosso do Sul.

A Rede Pública de Televisão, formada pela união da TVE Brasil (RJ) com a TV Cultura (SP), foi extinta no dia 2 de Dezembro de 2007, data da inauguração da TV Brasil, a TV pública do Governo Federal. Com isso, a emissora Sul Matogrossense e outros estados brasileiros passaram a transmitir apenas o sinal da TV Cultura. Depois, as emissoras públicas em todo o território nacional deixaram de transmitir a programação da TV Cultura para transmitirem a programação da TV Brasil.

A partir de 2008, a emissora deixou de produzir programas locais, retransmitindo na íntegra a programação da TV Brasil. Desde o mês de setembro, passou a adotar o nome "TV Brasil Pantanal", mantendo assim o nome similar com a cabeça da rede que transmitia. No final do mesmo ano a emissora volta a exibir programação local inserindo apenas um telejornal chamado " Reporter MS" com notícias sobre a capital e o interior do estado. depois disso, aos poucos a emissora voltou com alguns programas próprios e outros independentes em parceria com universidades privadas e públicas do estado, expandindo assim sua programação regional.

Em 2015 a emissora lança seu portal de notícias on line denominado "Portal da Educativa" onde o mesmo além de transmitir a programação da rádio e da TV educativa em tempo real, mostraria notícias e informações relevantes para população que acontecia no estado. No mesmo ano voltou a ser denominada TV Educativa com a sigla "TVE MS" ou "TV Educativa do Mato Grosso do Sul".[1] Em novembro de 2015 a emissora anuncia em seu portal de noticias que a mesma deixará de retransmitir a TV Brasil para se afiliar apenas com a TV Cultura, pois a mesma possuía uma programação mais qualificada para a formação crítica da população.

Em 15 de fevereiro de 2016, a emissora passou a ser afiliada da TV Cultura onde a mesma terá o papel de levar informação e prestação de serviços a população Sul-Matogrossense.[2]

Referências

  1. Decreto oficializa denominações das emissoras do Governo do Estado
  2. «TVE passa a transmitir programação da Rede Cultura». Portal da Educativa. 15 de fevereiro de 2016. Consultado em 15 de fevereiro de 2016 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.