TV Equinócio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes está sujeito a remoção.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
TV Equinócio
TV Equinócio Comunicações Ltda. - EPP
Macapá, Amapá
Brasil
Tipo Comercial
Canais Digital: 35 UHF
Virtual: 10 PSIP
Sede
Slogan TV verdadeiramente amapaense
Rede RecordTV
Rede(s) anterior(es) SBT (1988-2000)
Proprietário
  • Adiomar Veronese (50%)
  • Jaime Nunes (50%)
Fundação 4 de maio de 1988 (31 anos)
Nome(s) anteriore(s)
  • TV Marco Zero (1988-2005)
  • TV Gazeta Marco-Zero (2005-2012)
Cobertura Macapá, Santana e Mazagão
Página oficial www.tvequinociohd.com.br

TV Equinócio é uma emissora de televisão brasileira sediada em Macapá, capital do estado do Amapá. Opera no canal 10 (35 UHF digital), é afiliada à RecordTV. Atualmente, a emissora gera cinco produções locais, sendo três jornalísticas e duas de entretenimento, todas em HD.

História[editar | editar código-fonte]

A então TV Marco Zero foi inaugurada no dia 4 de maio de 1988, e retransmitia a programação do Sistema Brasileiro de Televisão. Na época, pertencia às Organizações José Alcolumbre.

Em 1997, as Organizações José Alcolumbre inauguram a TV Amazônia, a segunda emissora de televisão do grupo, que na época era afiliada à Rede Record. Em 2000, ocorre uma troca de afiliação em ambas as emissoras: a TV Amazônia passa a retransmitir o sinal SBT, e a TV Marco Zero passa a retransmitir o da Record.

Em 2005, as Organizações José Alcolumbre vende 25% da TV Marco Zero para o Grupo Gazeta de Comunicação, de propriedade de Jorge Amanajás e Sillas Assis Júnior. E no dia 20 de dezembro, a emissora muda seu nome para TV Gazeta-Marco Zero, que passa a transmitir seu sinal, também, para os municípios de Mazagão e Santana. A mudança contou com as presenças do então presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, do senador e ex-presidente José Sarney e do então presidente da Rede Record, Alexandre Raposo.

Em 18 de junho de 2012, a emissora muda seu nome para TV Equinócio.

No dia 25 de outubro de 2014, a emissora ficou fora do ar por 24 horas, por determinação do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá. A transmissão da emissora foi interrompida às 21h00 e só voltou às 21 horas do dia 26 de outubro.

A emissora transmitiu, durante 2 anos (2014 e 2015), os desfiles das escolas do grupo especial e de acesso do carnaval amapaense, no Sambódromo. Em 2017, a emissora fez a transmissão ao vivo do carnaval de blocos, durante os dois primeiros dias do evento.

Sinal digital[editar | editar código-fonte]

Canal virtual Canal digital Resolução de tela Programação
10.1 35 UHF 1080i Programação da TV Equinócio / Record TV

A emissora lançou seu sinal digital no dia 21 de setembro de 2013, retransmitindo, tanto a programação nacional, quanto a local, em HD.

Transição para o sinal digital

Com base no decreto federal de transição das emissoras de TV brasileiras do sinal analógico para o digital, a TV Equinócio, bem como as outras emissoras de Macapá, cessou suas transmissões pelo canal 10 VHF em 14 de agosto de 2018, seguindo o cronograma oficial da ANATEL.

Programas[editar | editar código-fonte]

Além de retransmitir a programação nacional da RecordTV, a TV Equinócio produz os seguintes programas:

Equipe de apresentadores[editar | editar código-fonte]

  • Aline Lima
  • Ellen Santana
  • Lanna Coelho
  • Luis Eduardo
  • Luiz Trindade
  • Narjara Costa
  • Rodrigo Sales
  • Haroldo Santos (interinamente, pois Luis Trindade candidatou-se a deputado estadual no pleito de 2018, o que o impede de permanecer no ar)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.