TV Evangelizar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
TV Evangelizar
Fundação Champagnat
Tipo Rede de televisão aberta religiosa
País  Brasil
Fundação 26 de julho de 1994 (26 anos)
por Pe. Reginaldo Manzotti
Pertence a Rede Evangelizar de Comunicação
Proprietário Associação Evangelizar é Preciso
Cidade de origem Paraná Curitiba, PR
Sede Bandeira de Curitiba.svg Curitiba, PR
Estúdios Bandeira de Curitiba.svg Curitiba, PR
Slogan Evangelizar é preciso
Formato de vídeo
Canais irmãos
Cobertura Cidades de 16 estados brasileiros
Emissoras próprias
Emissoras afiliadas ver lista completa
Nome(s) anterior(es) TV Lumen (1994-2011)
Página oficial www.padrereginaldomanzotti.org.br
Disponibilidade aberta e gratuita
Analógico
Digital
Disponibilidade por satélite
StarOne C2
  • Frequência: 3668 MHz
  • SR: 2980
  • Polaridade: Vertical (SD)
Disponibilidade por cabo
NET
TCM
Canal 144
MultiPlay Telecom
Canal 155
TVAC
Canal 72
Plug TV
Canal 99
BrasilNET/InterCabo
Sumicity
Canal 51 (Além Paraíba, Carmo e Sumidouro)
TVA
Canal 16
Televivo/Televigo
Canal 10
RCA
Canal 11 (Teresópolis)

TV Evangelizar é uma rede de televisão brasileira sediada em Curitiba, capital do estado do Paraná. De cunho religioso, pertence à Associação Evangelizar é Preciso, mantida pelo Padre Reginaldo Manzotti.

História[editar | editar código-fonte]

A TV Evangelizar surgiu em 16 de dezembro de 2011, ainda com o nome TV Lumen, quando a PUC-PR com dificuldades de operar a emissora comercialmente, cedeu o canal à Associação Evangelizar é Preciso, que é idealizada e coordenada pelo Padre Reginaldo Manzotti.[1]

O nome do canal foi escolhido através de uma enquete no site do padre. Dentre as opções estavam TV Evangelizar, TV Dominus, TV Iluminar, TV Caritatis, TV Apostólica e TV Vida Fraterna. Havia também a possibilidade de sugerir outro nome.[2] O nome escolhido pelo público foi TV Evangelizar.

Em 1º de setembro de 2015, a TV Evangelizar passa a transmitir sua programação em rede nacional em parceria com a TVCi (atual RCI). No ar, o canal passa a utilizar a marca “Rede Católica da Igreja”.[3] Em novembro, o canal muda sua marca e passa a adotar a sigla RCI.

Em 1º de julho de 2016, a TV Evangelizar perde a rede nacional devido a desacordo comercial/financeiro com a TVCi, permanecendo apenas em municípios onde a TV Evangelizar possui retransmissoras próprias.[4] Em 24 de agosto de 2016, o canal passa a utilizar a marca “Rede Evangelizar de Comunicação” e inaugura uma retransmissora em Fortaleza.[5] No dia 8 de outubro de 2016, na Festa das Santas Chagas, o canal volta a se chamar TV Evangelizar.

Sinal digital[editar | editar código-fonte]

PSIP Canal físico Proporção de tela Programação
16.1 17 UHF 1080i Programação principal da TV Evangelizar

Em abril de 2012, a emissora iniciou os testes de transmissão digital para a Grande Curitiba pelo canal 17 UHF (16.1 virtual).[6]

No final de dezembro de 2013, TV Evangelizar inciou os testes de transmissão digital DVB-S via satélite Star One C2, frequência antes ocupada pelo Canal Rural.[carece de fontes?] O anuncio oficial de lançamento foi realizado ao vivo pelo Padre Reginaldo Manzotti no dia 3 de fevereiro de 2014, durante o programa da Rádio Evangelizar, Experiência de Deus.[7]

Transição para o sinal digital

Com base no decreto federal de transição das emissoras de TV brasileiras do sinal analógico para o digital, a TV Evangelizar, bem como as outras emissoras de Curitiba, cessou suas transmissões pelo canal 16 UHF no dia 1º de fevereiro de 2018, seguindo o cronograma oficial da ANATEL.[8]

Referências

  1. Haygert, Aroldo Murá G. (13 de março de 2012). «Pe. Reginaldo Manzotti fica com a TV Lumen, da PUC-PR». Diário Indústria & Comércio. Consultado em 27 de janeiro de 2019 
  2. «Vamos escolher um novo nome para a emissora de TV de Curitiba e Região que é parceira da Rede Evangelizar de Comunicação?». Associação Evangelizar é Preciso. Arquivado do original em 2 de setembro de 2012 
  3. «TV Evangelizar, a Rede Católica da Igreja». Associação Evangelizar é Preciso. Consultado em 27 de dezembro de 2015. Arquivado do original em 4 de agosto de 2016  |wayb= e |arquivodata= redundantes (ajuda); |wayb= e |arquivourl= redundantes (ajuda)
  4. «Nova forma de transmissão de TV da Rede Católica da Igreja». Associação Evangelizar é Preciso. 20 de abril de 2016. Arquivado do original em 28 de abril de 2016 
  5. «Fortaleza recebe TV Evangelizar em canal aberto». Associação Evangelizar é Preciso. 24 de agosto de 2016. Consultado em 27 de janeiro de 2019 
  6. Guedin, Giorgio (17 de abril de 2012). «Lumen TV HD está no ar em Curitiba». Sul Brasil Televisão. Consultado em 27 de janeiro de 2019 
  7. «Áudio Lançamento Sinal no Sat» 
  8. Higa, Paulo (15 de fevereiro de 2016). «Quando a TV analógica será desligada na sua cidade». Tecnoblog. Consultado em 11 de dezembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre televisão no Brasil é um esboço relacionado ao projeto entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.