TV Feliz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde julho de 2016). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
TV Feliz
Multi TV Comunicações Ltda.
Natal, Rio Grande do Norte
Brasil
Tipo Comercial
Canais Digital: 16 UHF
Virtual: 17 PSIP
Outros canais 14 (NET)
21 (Cabo Telecom)
06 (TCM)
ver mais
Analógico:
17 UHF (2005-2018)
Sede Bandeira de Natal.svg Natal, RN
Slogan Diferente pra você
Rede(s) anterior(es) RedeTV! (2005-2017)
Fundador Paulo Vasconcelos de Paula
Pertence a Comunidade Cristã Paz e Vida
Proprietário Juanribe Pagliarin
Antigo proprietário Paulo Vasconcelos de Paula (2005-2014)
Presidente Juanribe Pagliarin
Fundação 26 de novembro de 2005 (13 anos)
CNPJ 02.052.700/0001-55
Prefixo ZYB 567
Nome(s) anteriore(s) Multi TV (2005-2007)
Sim TV (2007-2013)
RedeTV! RN (2013-2016)
Emissoras irmãs Feliz FM
Cobertura Estado do Rio Grande do Norte
Coord. do transmissor 5° 47' 49.8" S 35° 11' 45.9" O
Potência 2 kW
Página oficial tvfeliz.com.br

TV Feliz é uma emissora de televisão brasileira sediada em Natal, capital do estado do Rio Grande do Norte. Opera no canal 17 (16 UHF digital), e pertence à Comunidade Cristã Paz e Vida, do pastor Juanribe Pagliarin. Seus estúdios estão localizados no bairro Candelária, e sua antena de transmissão está no Parque das Dunas, no Tirol.

História[editar | editar código-fonte]

Logotipo utilizado pela emissora entre 2013 e 2016.

A emissora foi fundada em 26 de novembro de 2005 pelo empresário Paulo de Paula, como Multi TV, e sendo afiliada à RedeTV!. Em 1.º de janeiro de 2007, passa a se chamar Sim TV, sendo sua primeira transmissão a posse da governadora reeleita do Rio Grande do Norte Wilma de Faria, sob a ancoragem de Rui Ricardo.

Em 2013, a emissora muda novamente de nome, passando a se chamar RedeTV! RN. No segundo semestre de 2014, a emissora é vendida para a Comunidade Cristã Paz e Vida, do pastor Juanribe Pagliarin.[1] Aos poucos, a programação local da emissora foi sendo gradativamente reduzida e dando lugar aos programas religiosos da instituição. Em 18 de julho de 2016, a emissora passa a se chamar TV Feliz, adotando o mesmo nome da emissora de rádio do grupo. Em 27 de fevereiro de 2017, a emissora deixa de transmitir a programação da RedeTV! e passa a ser uma emissora independente.[2]

Em 23 de março de 2018, a TV Feliz deixa de transmitir os programas Você Feliz e Sessão Kids, além de desmembrar a equipe do Feliz News, fazendo com que a produção da emissora se resumisse em cultos da Igreja Paz e Vida, videoclipes, programas da Feliz FM e uma pequena equipe para produção e exibição do Feliz News.

Programas[editar | editar código-fonte]

Diversos outros programas compuseram a grade da emissora e foram descontinuados:

  • Atitude
  • Aventurados
  • Bichos Mania
  • Caminho de Luz
  • Casa Design
  • Diálogo Plural
  • Em Cima do Trio (exibido durante o Carnatal)
  • Era Uma Vez
  • Feliz Notícias
  • LLTV Imóveis
  • Mais Esportes
  • Moda e Atitude
  • O Canto da Lira
  • Papo Balada
  • Ponto de Vista
  • Programa 360
  • Programa Fátima Mello
  • São João da Gente
  • Sessão Kids
  • Sim Esportes
  • Sim Notícias
  • Sucesso S/A
  • Talento Potiguar
  • TJTV Notícias
  • TV Rural
  • Vip Show
  • Vida Boa
  • Você Feliz[4]

Retransmissoras[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Galvão, Thaisa (31 de janeiro de 2015). «André de Paula se desliga da Rede TV no RN». Blog da Thaisa Galvão. Consultado em 19 de julho de 2015 
  2. a b c d e f g «TV FELIZ: a primeira televisão 100% potiguar». Blog do BG. 2 de março de 2017. Consultado em 2 de novembro de 2018 
  3. Daniel Starck (13 de outubro de 2016). «Feliz FM reformula visual de seu estúdio visando transmissão via TV». Tudo Rádio. Consultado em 2 de novembro de 2018 
  4. «Emissora potiguar estreia programa de variedades e entretenimento». Agora RN. 27 de novembro de 2016. Consultado em 2 de novembro de 2018 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.