TV Cidade Verde Juína

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de TV Liberdade)
TV Cidade Verde Juína
Garra Radiotelevisão Ltda.
Juína, Mato Grosso
Brasil
Canais
10 VHF analógico
40 UHF e 10 PSIP digital
Sede Bandeira de Juína (Mato Grosso).png Juína, MT
Slogan Pra nossa gente!
Rede Rede Cidade Verde
Rede(s) anterior(es) SBT (2007-2009)
Rede Bandeirantes (2009-2019)
Fundador(es) David Vieira
Pertence a Garra Radiotelevisão
Proprietário(s) Adovaldo Ferreira
Antigo(s) proprietário(s) Juara Radiotelevisão (2007-2009)
Fundação 21 de junho de 2007 (14 anos)
Nome(s) anterior(es) TV Liberdade (2007-2009)
Cobertura Juína e região
Coord. do transmissor 11° 25' 31.4" S 58° 45' 43.3" O
Potência 0.350 kw
Agência reguladora ANATEL
Informação de licença
CDB
PDF

TV Cidade Verde Juína é uma emissora de televisão brasileira sediada em Juína, cidade do estado do Mato Grosso. Opera nos canais 10 VHF analógico e 40 UHF (10.1) digital, e é afiliada à Rede Cidade Verde. Pertence a Garra Radiotelevisão.

História[editar | editar código-fonte]

TV Liberdade (2007-2009)[editar | editar código-fonte]

A emissora foi fundada em 14 de maio de 2007 com o nome TV Liberdade, e iniciou suas operações 1 mês depois, em 21 de junho do mesmo ano,[1] por meio do canal 10 VHF. Pertencia a Juara Radiotelevisão, o mesmo grupo da então TV Juara (afiliada à Record),[2] e o responsável pela emissora era David Vieira,[3] que também atuava como repórter e apresentador.[4] A emissora começou como uma afiliada do SBT. Seus primeiros programas locais eram o SBT Notícias, em 2 edições,[5] e o programa SBT Rural. Em 23 de março de 2009, a emissora estreou o programa Repórter em Ação, apresentado por Ivan Pereira.[6]

No dia 1 de abril de 2009, às 14 horas,[3] a ANATEL, em uma fiscalização, interrompeu as transmissões e lacrou o transmissor da TV Liberdade. O motivo era o uso não autorizado do canal 10 VHF, outorgado em 31 de julho de 2002[7] para a TV Cidade Verde de Cuiabá (na época, afiliada ao SBT), que havia notificado a agência a respeito do uso desautorizado da frequência pela emissora juinense em 26 de maio de 2008.[3]

Até então, a população não tinha conhecimento do verdadeiro motivo da interrupção das transmissões da emissora, que afirmava que a interrupção fora ocasionada por problemas nos equipamentos.[8] O fato só foi constatado publicamente no dia 3 de abril, após Lelinho dos Santos Kapich, apresentador e então proprietário da TV Mundial, afiliada da Record na cidade, mostrar ao vivo em seu programa na emissora, a situação da sala de transmissão da TV Liberdade, que foi invadida pelo apresentador. O mesmo mostrou para os telespectadores os lacres no transmissor da emissora, afirmando que o equipamento da afiliada do SBT interferia no sinal de sua emissora, criticando a empresa responsável pela concorrente: "É muito fácil montar um meio de comunicação, comprar um transmissor, e entrar assim. Agora, nós gastamos dinheiro para legalizar", afirmou.[9] Possivelmente por meio de um acordo com a TV Cidade Verde, a emissora retomou suas atividades na segunda semana do mesmo mês.[10]

TV Cidade Verde Juína (2009-atual)[editar | editar código-fonte]

Em 11 de maio de 2009, a emissora passa oficialmente a fazer parte da Rede Cidade Verde, e muda seu nome para TV Cidade Verde Juína.[11] Em 16 de maio, à meia noite e 45, a emissora se afilia à Band, seguindo a cabeça de rede em Cuiabá, que havia rompido com o SBT no dia anterior.[12] Novos programas locais estrearam, como o Jornal da Band Juína e o Band Rural.[13]

Em julho de 2009, a Garra Radiotelevisão,[14] de propriedade de Adovaldo Ferreira, assume oficialmente o controle da emissora.[15]

Em 20 de junho de 2010, a TV Cidade Verde Juína foi premiada pela Associação Comercial de Juína, que realizou uma pesquisa para saber a opinião da população sobre qual foi a emissora de televisão destaque do município em 2009. A afiliada da Band foi votada por 49% dos participantes, vencendo a TV Mundial, que teve 44% dos votos, e ficou em segundo lugar.[16]

Em 1 de setembro de 2019, seguindo a TV Cidade Verde de Cuiabá, após 10 anos de afiliação, a emissora deixa de transmitir a programação da Band e passa a transmitir a Rede Cidade Verde, se tornando uma emissora afiliada da nova rede independente.[17]

Sinal digital[editar | editar código-fonte]

Canal virtual Canal digital Resolução de tela Programação
10.1 40 UHF 1080i Programação principal da TV Cidade Verde Juína / Rede Cidade Verde

A emissora foi autorizada por meio de uma portaria do Ministério de Comunicações em 23 de maio de 2012, que concedeu, para a Televisão Cidade Verde S/A, a concessão do canal 40 UHF digital de Juína. A portaria foi assinada por Genildo Lins de Albuquerque Neto.[18] A emissora iniciou suas operações no sinal digital em 28 de fevereiro de 2021, e passou a transmitir sua programação local em alta definição a partir de 9 de março.[19]

Programas[editar | editar código-fonte]

Além de exibir a programação da Rede Cidade Verde, a emissora produz e exibe os seguintes programas:

  • Juína Urgente: Jornalístico, com Adovaldo Ferreira;
  • Programa TV+: Televendas, com Kariny Gonçalves

Outros programas compuseram a grade de programação da emissora e foram descontinuados:[20][13][21][22][23][5]

  • Adovaldo Ferreira Especial
  • A Hora da Graça
  • Band Alegria
  • Band Rural
  • Falando Sério
  • Fatos
  • Jornal da Band Juína
  • Repórter em Ação
  • SBT Notícias 1ª Edição
  • SBT Notícias 2ª Edição
  • SBT Rural
  • Semeando a Palavra, Colhendo os Frutos

Equipe[editar | editar código-fonte]

Membros atuais[editar | editar código-fonte]

Apresentadores[editar | editar código-fonte]

  • Adovaldo Ferreira
  • Kariny Gonçalves

Repórteres[editar | editar código-fonte]

  • Lidiane Galdino
  • Marcos Di Perez

Membros antigos[editar | editar código-fonte]

  • Cleber Batista (hoje na TV Nazaré Juína)[24]
  • Danilo Carneiro[25]
  • David Vieira (hoje na TV Ideal em Diamantino)[4]
  • Ivan Pereira (hoje na Band FM Juína)[6]
  • Joatan de Souza[10]
  • Reginaldo "Carreirinha" Martins[21]
  • Rodrigo Balla[26]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «BAND JUÍNA COMPLETA EM 2010/ 3 ANOS NO AR - IVAN PEREIRA». Ivan Pereira. 21 de junho de 2010. Consultado em 13 de maio de 2018 – via YouTube 
  2. «JUARA RADIOTELEVISAO LTDA - TV LIBERDADE - 37.429.362/0002-93 - Consulta CNPJ». Consulta CNPJ. Consultado em 15 de julho de 2020 
  3. a b c «Dossiê Termo de Representação 0002/MT20090018- LOTE 270 A». SEI - Sistema Eletrônico de Informações. ANATEL. 5 de junho de 2009. Consultado em 9 de agosto de 2021 
  4. a b «ENTREVISTA GERALDO PARTE1». Luciano Latocheski. 17 de janeiro de 2009. Consultado em 10 de agosto de 2021 – via YouTube 
  5. a b «SBT NOTICIAS SEGUNDA EDICAO COM APRESENTACAO DE IVAN PEREIRA». Luciano Latocheski. 15 de janeiro de 2009. Consultado em 10 de agosto de 2021 – via YouTube 
  6. a b «Juína - Programa da Band completa 2 anos no ar». JNMT. 23 de março de 2011. Consultado em 10 de agosto de 2021 
  7. «PORTARIA Nº 1.277, DE 15 DE JULHO DE 2002». Diário Oficial da União: 262. 31 de julho de 2002. Consultado em 15 de julho de 2020 
  8. «Fiscais da Anatel fecham emissora de TV filiada ao SBT em Mato Grosso». Jornal Oeste. 3 de abril de 2009. Consultado em 15 de julho de 2020 
  9. «[ARQUIVO] ANATEL lacra TV Liberdade - "Programa do Lelinho" da TV Mundial de Juína-MT (03/04/2009)». Muito Além do BATV. 8 de agosto de 2021. Consultado em 9 de agosto de 2021 – via YouTube 
  10. a b «Acusasdo de furto quebra com a face uma janela e ameaça nosssa equipe». Luciano Latocheski. 18 de abril de 2009. Consultado em 9 de agosto de 2021 – via YouTube 
  11. «CH JORNALISMO TV CIDADE VERDE». Luciano Latocheski. 13 de maio de 2009. Consultado em 9 de agosto de 2021 – via YouTube 
  12. «SBT "desaparece" de Cuiabá; TV Cidade Verde vai para Band». RD NEWS. 15 de maio de 2009. Consultado em 15 de julho de 2020 
  13. a b «TV AO VIVO». JNMT. Consultado em 15 de julho de 2020. Arquivado do original em 5 de maio de 2011 
  14. «Pessoas» (PDF). SECOM AL-MT. 16 de julho de 2018. Consultado em 14 de dezembro de 2020 
  15. «Garra Radiotelevisao LTDA - 10956215000134». cnpjs.rocks. Consultado em 14 de dezembro de 2020 
  16. «PREMIO TV JUINA 22 06». tvcidadeverde12. 23 de junho de 2010. Consultado em 10 de agosto de 2021 – via YouTube 
  17. «TV Cidade Verde se desliga da Band e atualiza grade com programas regionais». HiperNotícias. 28 de agosto de 2019. Consultado em 28 de agosto de 2019 
  18. Lins de Albuquerque Neto, Genildo (23 de maio de 2012). «PORTARIA Nº 527, DE 23 DE ABRIL DE 2012». Diário Oficial da União: 59. Consultado em 15 de julho de 2020 
  19. «Programa Juína Urgente 09 03 21». TV JUÍNA. 9 de março de 2021. Consultado em 9 de agosto de 2021 – via Facebook 
  20. «Programa Adovaldo - Deus e eu no Sertao.avi». Vanderson Oliveira. 21 de junho de 2011. Consultado em 10 de agosto de 2021 – via YouTube 
  21. a b «REPÓRTER LEVA PANCADA AO VIVO - JUÍNA». Jornalista Ivan Pereira. 5 de dezembro de 2009. Consultado em 10 de agosto de 2021 – via YouTube 
  22. «Apresentador rebate críticas de vereadores por causa de reportagem». JN MT. 29 de maio de 2012. Consultado em 10 de agosto de 2021 – via YouTube 
  23. «ATAQUE DE RISOS AO VIVO NO JORNAL DA BAND JUÍNA». Jornalista Ivan Pereira. 12 de novembro de 2010. Consultado em 10 de agosto de 2021 – via YouTube 
  24. «'CHUPA ESSA MANGA" DIZ REPÓRTER PARA VEREADORES DE JUÍNA». Jornalista Ivan Pereira. 30 de maio de 2012. Consultado em 10 de agosto de 2021 – via YouTube 
  25. «Juína Urgente ao vivo 23 06 2017». TV JUÍNA. 23 de junho de 2017. Consultado em 10 de agosto de 2021 – via YouTube 
  26. «Dezenas de cadeiras de rodas foram adquiridas em Juína». JN MT. 17 de abril de 2014. Consultado em 10 de agosto de 2021 – via YouTube 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]