RecordTV Belém

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de TV Record Norte)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde novembro de 2016). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
RecordTV Belém
Rádio e Televisão Marajoara Ltda
RecordTV Belém
R. dos Tamoios, 1448 - Batista Campos
Cidade de concessão Belém, PA
Canais
10 VHF analógico
22 (10.1) digital
Slogan Reinventar é a nossa marca.
Rede RecordTV
Pertence a Grupo Record
Proprietário Edir Macedo
Fundação 10 de junho de 1997
Prefixo ZYB 204
Nome(s) anteriore(s) TV Record Norte
TV Record Belém
Cobertura 71% do estado do Pará
Página oficial recordbelem.com.br


RecordTV Belém é uma emissora de televisão brasileira seiada em Belém, capital do estado do Pará. Opera nos canais 10 VHF e 22 UHF digital, e é uma emissora própria da RecordTV.

A RecordTV Belém segue normalmente a programação da RecordTV gerada diretamente de São Paulo, mas quando entra em vigência o Horário de Verão no centro-sul brasileiro, a emissora segue a programação da Rede Fuso da Record. Durante os sábados e domingos, a programação é transmitida em tempo real, devido ao fato dos programas desses dia terem em sua maioria classificação livre ou 10 anos.

História[editar | editar código-fonte]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: TV Guajará

Antes da inauguração da Record Pará, em 1997, a Rede Record foi retransmitida no estado, nos períodos de 1967 à 1969 e 1990 à 1995, pela TV Guajará. A TV Guajará entrou no ar em 1967 com uma programação totalmente local, de apenas 3 horas por dia, ao contrário da concorrente TV Marajoara, canal 2, que entrou no ar em 1961 retransmitindo a Rede Tupi.

Ainda em 1967, a TV Guajará passa a retransmitir a REI (Rede de Emissoras Independentes), lideradas pela Rede Record. Com isso, a emissora amplia sua programação, exibindo programas, séries e telejornais gravados direto da cidade de São Paulo, que eram trazidos de avião para Belém, pois não havia transmissões de micro-ondas e satélite.

Em 1969 a TV Guajará deixa a REI para retransmitir a Rede Globo. Em 1º de novembro de 1990, após afiliar-se por 7 anos à Rede Globo e 14 anos à Rede Bandeirantes, a TV Guajará volta a retransmitir a Rede Record. A parceria entre as duas emissoras dura até 1º de novembro de 1995, quando a TV Guajará, após ser vendida à Assembléia de Deus, é renomeada Boas Novas Belém, e passa a retransmitir a programação da Rede Boas Novas. na época afiliada à CNT.

TV Marajoara[editar | editar código-fonte]

Outra fase da história da Record em Belém, é quando o empresário, cantor, apresentador, Carlos Santos, decide montar sua emissora de TV.[1] Na época, ele conseguiu a concessão para atuar pelo canal 10, porém vários problemas técnicos e administrativos o impediram que continuasse com seu plano. A Rede Record, então ofereceu uma proposta de compra da concessão e dos bens que já haviam sido construídos.[2] O canal foi comprado em 1996 por US$ 3,5 milhões.[3]

1997-2009: Record Pará e Record Norte[editar | editar código-fonte]

A TV Record Pará foi criada em 10 de junho de 1997, pouco mais de 2 anos após o fim da TV Guajará e mais de um ano e meio sem o sinal da Rede Record na região, já que não havia nenhuma emissora disponível na região para substituir a antiga emissora. Anos depois, a Record Pará se tornou a principal retransmissora da Record no norte do Brasil. Sua área de cobertura é de cerca de 71% dos lares paraenses.

No dia 7 de janeiro de 2008, a Record Pará passa a se chamar Record Norte. Há também a inauguração dos novos estúdios da emissora, entre eles a "newsroom", que funciona como pólo de jornalismo da emissora em alcance local e regional. A programação local também é reformulada, com a estréia de novos programas e telejornais.[4][5] Em 2009 a emissora volta a se chamar Record Belém.

A emissora obteve expressivos índices de audiência, e por conta disso ganhou grande destaque nos telejornais e programas da Rede Record a nível nacional.[6] Em alguns momentos conquistou a liderança na capital.[7][8]

No dia 10 de maio de 2012 a Record Belém estreou sua programação local em alta definição, sendo a primeira emissora regional com programação nesse formato.

Em janeiro de 2014, jornalistas do canal receberam o Prêmio Sistema Fiepa de Jornalismo 2013, iniciativa do Sistema Fiepa, formado pela Federação das Indústrias do Estado do Pará (FIEPA), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Serviço Social da Indústria (SESI) e Instituto Euvaldo Lodi (IEL).[9]

Programas[editar | editar código-fonte]

Atuais
  • Fala Pará: Telejornal, exibido diariamente, às 07:30. Apresentação, Isabela Medeiros.
  • Balanço Geral - PA: Jornalístico, exibido diariamente, às 12:00. Apresentação, Renê Marcelo.
  • Cidade Alerta Pará: Programa Policial, exibido diariamente, às 18:00. Apresentação, Marcus Pimenta.
  • Pará Record: Telejornal, exibido diariamente, às 19:00, o programa traz informações do dia a dia. Apresentação, Marina Miralha e Rogério Spinelli.
  • Balanço Geral - Casos de Polícia: Programa Policial, exibido todos os sábados, às 13:00. Apresentação, Marcus Pimenta.
Extintos
  • Fala Pará Entrevista
  • Informe Pará
  • Eco Record (atualmente é reprisado na Record News como Eco Record News Amazônia)
  • PA - Direto da Redação
  • Esporte Record Pará
  • Record em Alerta
  • Tudo a Ver Pará
  • Balanço Geral Manhã (PA)
  • Record Kids Local

Sinal[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Amazonas 1; Amazonas 2; Pará 1; Pará 2». Folha de S. Paulo. 8 de agosto de 1994. Consultado em 26 de novembro de 2016. 
  2. Elvira Lobato (11 de agosto de 1996). «FHC autoriza transferência de TVs da Igreja Universal». Folha de S. Paulo. Consultado em 26 de novembro de 2016. 
  3. Elvira Lobato (5 de novembro de 1996). «Igreja Universal compra mais uma TV». Folha de S. Paulo. Consultado em 26 de novembro de 2016. 
  4. Wandreza Fernandes (7 de janeiro de 2008). «Inauguração do newsroom em Belém marca a estréia da Record Norte». Área Vip. Consultado em 26 de novembro de 2016. 
  5. «Record inaugura newsroom em Belém». Tela Viva. 7 de janeiro de 2008. Consultado em 26 de novembro de 2016. 
  6. Flávio Ricco (1º de agosto de 2010). «Record inclui Belém no seu roteiro obrigatório». Coluna do Flávio Ricco. UOL. Consultado em 26 de novembro de 2016. 
  7. «Uma programação que acumula semanas consecutivas de lideranças». Emissoras RecordTV. R7. 25 de março de 2014. Consultado em 26 de novembro de 2016. 
  8. «Elenco da Record comemora sucesso da emissora em Belém do Pará». Área Vip. 10 de dezembro de 2010. Consultado em 26 de novembro de 2016. 
  9. «Profissionais da Record Belém, são ganhadores do Prêmio Sistema Fiepa de Jornalismo 2013». Emissoras RecordTV. R7. 15 de janeiro de 2014. Consultado em 26 de novembro de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.