TV Anhanguera (Rio Verde)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de TV Riviera)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
TV Anhanguera
Televisão Riviera Ltda.
BR-452, km 1
Tipo Empresa privada
Cidade de concessão Rio Verde, GO
Canais
12 analógico
12.1 digital
Outros canais 08 - Itarumã
13 - Cachoeira Alta
43 - Caçu
36 - Itajá
41 - Maurilândia
32 - Paranaiguara
10 - Quirinópolis
12 - Santa Helena de Goiás
09 - São Simão
22 - Turvelândia
43 - Acreúna
Slogan Evoluindo com você
Rede Rede Globo
Proprietário Organização Jaime Câmara
Fundação 1990 (24 anos)
Prefixo ZYA 578
Cobertura Sudoeste de Goiás (exceto região de Jataí)
Nome(s) anteriore(s) TV Riviera
Página oficial http://www.tvanhanguera.com.br

A TV Anhanguera é uma emissora de televisão brasileira com sede em Rio Verde, GO. Pertence à Rede Anhanguera, afiliada à Rede Globo. Opera no canal 12 VHF. É uma das redes de transmissão regionais da TV Anhanguera em Goiás, que tem a central localizada em Goiânia.

História[editar | editar código-fonte]

Foi inaugurada em 1990, sendo a segunda emissora de televisão da Organização Jaime Câmara no interior de Goiás. Sua área de cobertura abrange parte dos municípios do Sul Goiano, enquanto outra parte é coberta pela TV Anhanguera de Jataí.

No dia 24 de outubro de 2012 a Rede Anhanguera lançou durante o Jornal Anhanguera - 1ª edição a nova logomarca, com traços semelhantes aos da Rede Globo. Na ocasião, todas as emissoras da rede passaram a adotar o nome TV Anhanguera. Em 11 de dezembro de 2012, a emissora passa a operar em sinal digital de alta-definição 'High Definition' (HD), através do canal 12.1.

Jornalismo[editar | editar código-fonte]

O departamento de jornalismo da emissora produz dois blocos no Jornal Anhanguera - 1ª edição (de um total de quatro) e um bloco apenas no 2ª edição (de um total de três). A responsável pelo departamento é a jornalista Caroline Pandolfo. Por ser uma concessão pública de caráter comercial, obedece a uma linha editorial em defesa da economia de mercado e mesmo abrindo espaços para utilidade pública, procura enfatizar os problemas sociais da região sempre pelo lado da marginalidade. Vez ou outra o tema sobre qualificação da mão-de-obra vem à tona, mas sempre pautada pelo lado da culpabilização da mão-de-obra dentro daquilo o que seria, como uma indolência relutante da massa trabalhadora em se qualificar, deixando de lado a estrutura e a oferta de cursos gratuitos na cidade para que a mesma venha a se tornar qualificada.

Desde 2012, a TV Anhanguera começou em todo o estado de Goiás a mostrar os problemas que realmente interessam para a população, como por exemplo, abordar a corrupção nos cargos públicos e cobrar dos governantes ações efetivas, assim como mostrar todo tipo de problema existente na sociedade. Antes dessa data a TV Anhanguera raramente tocava em assuntos realmente de interesse público.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]