Taça Bernardo O'Higgins

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Taça Bernardo O'Higgins foi um torneio amistoso disputado entre as seleções do Brasil e Chile, foi disputada 5 vezes entre os anos de 1955 e 1966, onde era disputados 2 partidas sendo que cada edição era realizada em um país.[1]

Histórico da competição[editar | editar código-fonte]

1955[editar | editar código-fonte]

Disputada no Rio de Janeiro e em São Paulo nos dias 18 e 20 de setembro, foi vencida pela Seleção Brasileira.[1]

18 Set Rio de Janeiro Brasil 1-1 Chile

20 Set São Paulo Brasil 2-1 Chile

1957[editar | editar código-fonte]

Disputada em Santiago, no Chile nos dias 15 e 18 de setembro, foi vencida pela Seleção Chilena.[1]

15 Set Santiago de Chile Chile 1-0 Brasil

18 Set Santiago de Chile Chile 1-1 Brasil

1959[editar | editar código-fonte]

Disputada no Rio de Janeiro e em São Paulo nos dias 17 e 20 de setembro. Vencida pelo Brasil, foi nesta edição em que ocorreu a maior goleada da história do confronto: 7x0.[1]

17 Set Rio de Janeiro Brasil 7-0 Chile

20 Set São Paulo Brasil 1-0 Chile

1961[editar | editar código-fonte]

Disputada em Santiago, no Chile. Pela primeira vez não foi realizada em setembro, acontecendo em maio, nos dias 7 e 11, foi vencida pela Seleção Brasileira.[1]

7 Mai Santiago de Chile Chile 1-2 Brasil

11 Mai Santiago de Chile Chile 0-1 Brasil

1966[editar | editar código-fonte]

Foi a última edição da competição, disputada em Santiago e em Viña del Mar nos dias 17 e 20 de abril. Após dois empates o título foi dividido pelas equipes.[1]

17 Apr Santiago de Chile Chile 0-1 Brasil

20 Apr Viña del Mar Chile 2-1 Brasil

Lista dos campeões[editar | editar código-fonte]

Ano Campeão Vice
1955 Brasil Brasil Chile Chile
1957 Chile Chile Brasil Brasil
1959 Brasil Brasil Chile Chile
1961 Brasil Brasil Chile Chile
1966 Brasil Brasil e Chile Chile

Referências

  1. a b c d e f «Copa Bernardo O'Higgins». Rec.Sport.Soccer Statistics Foundation. 2006. Consultado em 4 de julho de 2009 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]