Taça Rio de 1990

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
2º turno do Campeonato Carioca de 1990
VII Taça Rio
Taça Rio 1990
Rio de Janeiro
Dados
Participantes 12
Período 17 de março29 de abril
Gol(o)s 137
Partidas 66
Média 2,08 gol(o)s por partida
Campeão Fluminense (1º título)
Vice-campeão Botafogo
◄◄ Taça Rio de 1989 Rio de Janeiro Soccerball.svg Taça Rio de 1991 Rio de Janeiro ►►

A Taça Rio de 1990 foi a 9ª edição da Taça Rio e a segunda fase do Campeonato Carioca de Futebol de 1990. O campeão foi o Fluminense e o vice-campeão foi o Botafogo.

História[editar | editar código-fonte]

Com a derrota do Flamengo para o Botafogo no dia anterior, sagrou-se campeão o Fluminense por antecipação, mesmo perdendo a partida da última rodada contra o America, sua única derrota nessa competição, pois terminou com 16 pontos, contra 15 do Botafogo e 14 de outros três clubes, entre eles o America.[1]

Fórmula de disputa[editar | editar código-fonte]

Os 12 participantes jogaram entre si apenas em jogos de ida no sistema de pontos corridos. O clube que somasse mais pontos se tornaria o campeão.[1]

Campanha do campeão[editar | editar código-fonte]

  1. Fluminense 1–0 Campo Grande[1]
  2. Fluminense 1–1 América-TR
  3. Fluminense 1–0 Vasco da Gama
  4. Fluminense 4–2 Itaperuna
  5. Fluminense 0–0 Botafogo
  6. Fluminense 1–0 Flamengo
  7. Fluminense 2–1 Cabofriense
  8. Fluminense 1–1 Bangu
  9. Fluminense 3–0 Nova Cidade
  10. Fluminense 1–1 Americano
  11. Fluminense 0–2 America

Jogo do campeão na última rodada[editar | editar código-fonte]

Fluminense 0–2 America[2]
Data: 29 de abril de 1990.
Local: Estádio do Maracanã.
Árbitro: Válter Senra.
Renda: NCZ$ 742.120,00.
Público: 7.677 pagantes.
Cartões Amarelos: Sílvio e Paulo Sérgio.
Gols: Vágner aos 7' e Edvaldo II aos 48'.
FFC: Ricardo Pinto; Marquinhos, Alexandre Torres, Válber e Luciano; Edgar, Paulinho Andrioli, Renato e Dacroce; Dico Maradona (Alexandre Gama) e Sílvio. Técnico: Paulo Emílio.
AFC: Chico; Dedé, Paulo Sérgio, Cláudio e Edvaldo; Édson Souza, Pedro Paulo e Mário; Amarildo (Valmir), Vágner (Álvaro) e Edvaldo II. Técnico: Antônio Leone.

Premiação[editar | editar código-fonte]

Taça Rio de 1990
Rio de Janeiro
Fluminense
Campeão
(1º título)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências