Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1960–61

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Taça dos Campeões Europeus 1960–61
VI European Cup
Dados
Participantes 28
Organização UEFA
Local de disputa UEFA member associations map.svg Europa
Período 29 de setembro de 196031 de maio de 1961
Gol(o)s 144
Partidas 51
Média 2,82 gol(o)s por partida
Campeão Portugal Benfica (1º título)
Vice-campeão Espanha Barcelona
Melhor marcador PortugalPOR José Águas (Benfica) – 11 gols
Maiores goleadas
(diferença)
Limerick República da Irlanda 0 – 5 Suíça Young Boys
Thomond ParkLimerick
31 de agosto, Fase Preliminar
 
Stade Reims França 6 – 1 Luxemburgo Jeunesse Esch
Stade Auguste DelauneReims
7 de setembro, Fase Preliminar
 
Jeunesse Esch Luxemburgo 0 – 5 França Stade Reims
Stade Émile MayrischEsch-sur-Alzette
5 de outubro, Fase Preliminar
 
Young Boys Suíça 0 – 5 Alemanha Ocidental Hamburgo
Estádio WankdorfBerna
2 de novembro, Primeira fase
Público 1 707 721
Média 33 484,7 pessoas por partida
◄◄ UEFA member associations map.svg 1959–60 Soccerball.svg 1961–62 UEFA member associations map.svg ►►

A Taça dos Campeões Europeus 1960–61 foi a sexta edição do principal torneio de clubes da Europa. Desta vez o atual Pentacampeão Real Madrid foi eliminado pelo maior rival Barcelona na Primeira Fase. Os Catalães chegaram a final, porem foram derrotados pelo Benfica por 3 a 2 em partida disputada no Wankdorf Stadium em Berna na Suíça. Foi o primeiro título do clube portugês que se qualificou para disputa da Copa Intercontinental contra o Peñarol do Uruguai campeão da Taça Libertadores da América.

Fase preliminar[editar | editar código-fonte]

O sorteio para a rodada preliminar ocorreu na sede da UEFA em Paris, na França, em 7 de julho de 1960. Como atual campeão, o Real Madrid só entra na próxima fase, as restantes 27 equipes foram agrupadas geograficamente em três potes. A primeira equipe sorteada em cada pote também recebeu o direto de entrar na próxima fase, enquanto os restantes clubes disputavam a rodada preliminar em setembro.

Pote 1 

Norte da Europa

Pote 2 

Europa Ocidental

Pote 3 

Europa Oriental

Sorteados Irlanda do Norte 

Alemanha Oriental

Polônia 

Noruega 

Finlândia 

Suécia 

Dinamarca 

Países Baixos

França 

República da Irlanda 

Bélgica 

Luxemburgo 

Suíça 

Escócia 

Espanha 

Portugal

Áustria 

Roménia 

Bulgária 

Peru 

Checoslováquia 

Hungria 

Jugoslávia 

Itália

Byes  Hamburgo Burnley Panathinaikos

O calendário foi decidido pelas equipes envolvidas, com todos os jogos a serem jogados até 30 de setembro.

Time 1   Total   Time 2   1º jogo   2º jogo
Red Star Belgrade Iugoslávia 1–5 Hungria Újpesti Dózsa 1–2 0–3
Fredrikstad Noruega 4–3 Países Baixos Ajax 4–3 0–0
AGF Dinamarca 3–1 Polónia Legia Warsaw 3–0 0–1
Juventus Itália 3–4 Bulgária CDNA Sofia 2–0 1–4
IFK Helsingfors Finlândia 2–5 Suécia IFK Malmö 1–3 1–2
Rapid Wien Áustria 4–1 Turquia Beşiktaş 4–0 0–1
Limerick República da Irlanda 2–9 Suíça Young Boys 0–5 2–4
CCA Bucharest Roménia x–wo Checoslováquia Spartak Hradec Králové
Glenavon Irlanda do Norte x–wo[fn 1] Alemanha Oriental Wismut Karl Marx Stadt
Stade Reims França 11–1 Luxemburgo Jeunesse Esch 6–1 5–0
Barcelona Espanha 5–0 Bélgica Lierse 2–0 3–0
Hearts Escócia 1–5 Portugal Benfica 1–2 0–3

¹ O Steaua Bucureşti desistiu da competição após o sorteio, com isso o Spartak Hradec Králové classificou-se para a Primeira Fase.

² Devido a problemas financeiros o Glenavon desistiu da disputa, com isso o Erzgebirge Aue passou para a Primeira Fase.

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

Time 1   Total   Time 2   1º jogo   2º jogo
Benfica Portugal 7–4 Hungria Újpesti Dózsa 6–2 1–2
AGF Dinamarca 4–0 Noruega Fredrikstad 3–0 1–0
Rapid Vienna Áustria 3–3¹ Alemanha Oriental Wismut Karl Marx Stadt 3–1 0–2
IFK Malmö Suécia 2–1 Bulgária CDNA Sofia 1–0 1–1
Real Madrid Espanha 3-4 Espanha Barcelona 2-2 1-2
Spartak Hradec Králové Checoslováquia 1–0 Grécia Panathinaikos 1–0 0–0
Burnley Inglaterra 4–3 França Stade Reims 2–0 2–3
Young Boys Suíça 3–8 Alemanha Ocidental Hamburgo 0–5 3–3

¹ Rapid Wien venceu o Wismut Karl Marx Stadt por 1–0 na partida decisiva.

Quartas-de-final[editar | editar código-fonte]

Time 1   Total   Time 2   1º jogo   2º jogo
AGF Dinamarca 2–7 Portugal Benfica 1–4 1–3
Rapid Vienna Áustria 4–0 Suécia IFK Malmö 2–0 2–0
Barcelona Espanha 5–1 Checoslováquia Spartak Hradec Králové 4–0 1–1
Burnley Inglaterra 4–5 Alemanha Ocidental Hamburgo 3–1 1–4

Jogos de Ida[editar | editar código-fonte]

8 de Março de 1961 Benfica Portugal 3 – 1 Dinamarca AGF Estádio da Luz, Lisboa

Águas Gol marcado aos 20 minutos de jogo 20', Gol marcado aos 60 minutos de jogo 60'
José Augusto Gol marcado aos 50 minutos de jogo 50' (pen.)
Report Amdisen Gol marcado aos 52 minutos de jogo 52' Público: 65 000
Árbitro: Maurice Guigue

22 de Março de 1961 Rapid Wien Áustria 2 – 0 Suécia IFK Malmö Praterstadion, Viena

Dienst Gol marcado aos 44 minutos de jogo 44'
Bertalan Gol marcado aos 87 minutos de jogo 87'
Report Público: 12 000
Árbitro: Marian Koczner

8 de Março de 1961 Barcelona Espanha 4 – 0 Checoslováquia Spartak Hradec Králové Camp Nou, Barcelona

Tejada Gol marcado aos 11 minutos de jogo 11', Gol marcado aos 64 minutos de jogo 64'
Evaristo Gol marcado aos 39 minutos de jogo 39'
Kubala Gol marcado aos 90 minutos de jogo 90' (pen.)
Report Público: 70 000
Árbitro: Giuseppe Adami

18 de Janeiro de 1961 Burnley Inglaterra 3 – 1 Alemanha Ocidental Hamburg Turf Moor, Burnley

Pilkington Gol marcado aos 8 minutos de jogo 8', Gol marcado aos 60 minutos de jogo 60'
Robson Gol marcado aos 74 minutos de jogo 74'
Report Dörfel Gol marcado aos 76 minutos de jogo 76' Público: 46 237
Árbitro: Tage Sørensen

Jogos de Volta[editar | editar código-fonte]

30 de Março de 1961 AGF Dinamarca 1 – 4 Portugal Benfica Ceres Park & Arena, Århus

Germano Gol marcado aos 77 minutos de jogo 77' (o.g.) Report José Augusto Gol marcado aos 2 minutos de jogo 2', Gol marcado aos 42 minutos de jogo 42'
Águas Gol marcado aos 32 minutos de jogo 32'
Santana Gol marcado aos 81 minutos de jogo 81'
Público: 22 000
Árbitro: Marcel Bois

O Benfica ganhou 7-2 no total.


3 de Abril de 1961 IFK Malmö Suécia 0 – 2 Áustria Rapid Wien Malmö Stadion, Malmö

Report Bertalan Gol marcado aos 39 minutos de jogo 39'
Flögel Gol marcado aos 83 minutos de jogo 83'
Público: 46 237
Árbitro: Wlodzimierz Storoniak

Rapid Wien ganhou 4-0 no total


15 de Março de 1961 Spartak Hradec Králové Checoslováquia 1 – 1 Espanha Barcelona Strahov Stadium, Praga

Zikán Gol marcado aos 33 minutos de jogo 33' Report Luis Suárez Gol marcado aos 24 minutos de jogo 24' Público: 45 000
Árbitro: Concetto Lo Bello

O Barcelona ganhou 5-1 no total.


15 de Março de 1961 Hamburg Alemanha Ocidental 4 – 1 Inglaterra Burnley Volksparkstadion, Hamburgo

Stürmer Gol marcado aos 8 minutos de jogo 8'
Seeler Gol marcado aos 41 minutos de jogo 41', Gol marcado aos 75 minutos de jogo 75'
Dörfel Gol marcado aos 56 minutos de jogo 56'
Report Harris Gol marcado aos 55 minutos de jogo 55' Público: 47 000
Árbitro: Aage Poulsen

Hamburgo ganhou 5-4 no agregado.

Semifinais[editar | editar código-fonte]

Time 1   Total   Time 2   1º jogo   2º jogo
Benfica Portugal 4–1 Áustria Rapid Wien 3–0 1–1
Barcelona Espanha 2–2¹ Alemanha Ocidental Hamburg 1–0 1–2

¹ Barcelona venceu o Hamburgo por 1–0 na partida decisiva.

Jogos de Ida[editar | editar código-fonte]

26 de Abril de 1961 Benfica Portugal 3 – 0 Áustria Rapid Wien Estádio da Luz, Lisboa

Coluna Gol marcado aos 15 minutos de jogo 15'
Águas Gol marcado aos 25 minutos de jogo 25'
Cavém Gol marcado aos 63 minutos de jogo 63'
Report Público: 65 000
Árbitro: Kevin Howley

12 de Abril de 1961 Barcelona Espanha 1 – 0 Alemanha Ocidental Hamburgo Camp Nou, Barcelona

Evaristo Gol marcado aos 46 minutos de jogo 46' Report Público: 48 000
Árbitro: Lucien van Nuffel

Jogos de Volta[editar | editar código-fonte]

4 de Maio de 1961 Rapid Wien Áustria 1 – 1 Portugal Benfica Praterstadion, Viena

Skocik Gol marcado aos 70 minutos de jogo 70' Report Público: 63 000
Árbitro: Reginald Leafe

Jogo abandonado com dois minutos faltando devido a tumultos e invasão de campo.

O Benfica ganhou 4-1 no total.


26 de Abril de 1961 Hamburg Alemanha Ocidental 2 – 1 Espanha Barcelona Volksparkstadion, Hamburgo

Wulf Gol marcado aos 59 minutos de jogo 59'
Seeler Gol marcado aos 68 minutos de jogo 68'
Report Kocsis Gol marcado aos 90 minutos de jogo 90' Público: 71 000
Árbitro: Gérard Versyp

Hamburgo 2-2 Barcelona no agregado

Playoffs[editar | editar código-fonte]

3 de Maio de 1961 Barcelona Espanha 1 – 0 Alemanha Ocidental Hamburg Estádio Rei Balduíno, Bruxelas

Evaristo Gol marcado aos 43 minutos de jogo 43' Report Público: 44 000
Árbitro: Tage Sørensen

Final[editar | editar código-fonte]

A final foi disputada em 31 de maio de 1961 no Wankdorf Stadium em Berna na Suíça.

31 de maio de 1961 Benfica Portugal 3 – 2 Espanha Barcelona Wankdorf Stadium, Berna

Águas Gol marcado aos 30 minutos de jogo 30'
Antoni Ramallets (o.g.) Gol marcado aos 32 minutos de jogo 32'
Coluna Gol marcado aos 50 minutos de jogo 50'
Kocsis Gol marcado aos 20 minutos de jogo 20'
Czibor Gol marcado aos 75 minutos de jogo 75'
Público: 33 000
Árbitro: SuíçaSUI Gottfried Dienst

Premiação[editar | editar código-fonte]

Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1960–61
Portugal
Benfica
Campeão
(1º título)

Artilheiros[editar | editar código-fonte]

Ranking Nome Time Gols
1 Portugal José Águas Portugal Benfica 11
2 Brasil Evaristo Espanha Barcelona 6
Portugal José Augusto Portugal Benfica 6
4 Alemanha Ocidental Uwe Seeler Alemanha Ocidental Hamburgo 5
5 Portugal Santana Portugal Benfica 4
Alemanha Ocidental Klaus Stürmer Alemanha Ocidental Hamburgo 4
Espanha Luis Suárez Espanha Barcelona 4
8 Dinamarca John Amdisen Dinamarca AGF 3
Portugal Mário Coluna Portugal Benfica 3
Alemanha Ocidental Gert Dörfel Alemanha Ocidental Hamburgo 3
Hungria János Göröcs Hungria Újpesti Dózsa 3
Suécia Hans Olofsson Suécia IFK Malmö 3
Inglaterra Jimmy Robson Inglaterra Burnley 3
França Dominique Rustichelli França Stade Reims 3
França Jean Vincent França Stade Reims 3

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  1. Each team was refused visas to the other's country. UEFA authorised neutral venues but Glenavon withdrew due to the higher cost and lower revenue.[1]
  1. Laporte, Norman (2005). The Other Germany: Perceptions and Influences in British-East German Relations, 1945–1990 1st ed. [S.l.]: Wissner. pp. 91–106. ISBN 978-3-89639-485-9