Taeyang

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Este é um nome coreano; o nome de família é Dong.
Taeyang
Taeyang na estreia do filme Big Bang Made em junho de 2016
Nome de nascimento Dong Young-bae
Nome nativo 동영배
Data de nascimento
18 de maio de 1988 (30 anos)
Local de nascimento
Uijeongbu, Gyeonggi, Coreia do Sul
Nacionalidade sul-coreano(a)
Cônjuge Min Hyo-rin (c. 2018)
Alma mater Universidade Daejin
Ocupação
Período em atividade 2001 — 2018
2018 (inatividade devido serviço militar obrigatório)
Carreira musical
Gênero(s)
Instrumento(s)
Gravadora(s)
Afiliações
Página oficial ygbigbang.com/taeyang
Taeyang signature.png
Hangul, hanja.png Este artigo contém texto em coreano.
Sem suporte multilingue apropriado, você verá interrogações, quadrados ou outros símbolos em vez de hangul ou hanja.

Dong Young-bae (hangul: 동영배; hanja: 董永培; rr: Dong Yeong-bae; MR: Tong Yŏngbae; nascido em 18 de maio de 1988),[1] mais conhecido pelo nome artístico Taeyang (hangul: 태양; hanja: 太陽) e Sol no Japão, é um cantor, compositor, dançarino e modelo sul-coreano. Após realizar uma participação no vídeo musical da dupla Jinusean em 2001, ele tornou-se um trainee da YG Entertainment aos treze anos de idade. Após um período de cinco anos, fez sua estreia como um membro do grupo Big Bang em 2006.

Taeyang fez sua estreia como cantor solo, através do extended play (EP) Hot em 2008. O EP recebeu aclamação da crítica e venceu o prêmio de Melhor Álbum de R&B/Soul no Korean Music Awards. Seu primeiro álbum de estúdio intitulado Solar, foi lançado em julho de 2010 e vendeu mais de cem mil cópias, ele produziu os singles "I Need a Girl" e "I'll Be There". Mais tarde, Taeyang lançou Rise (2014), seu segundo álbum de estúdio, que atingiu a posição de número 112 na parada Billboard 200 dos Estados Unidos, tornando-se a melhor posição de um álbum de um solista coreano. "Eyes, Nose, Lips" (hangul: 눈, 코, 입; rr: Nun, Ko, Ip) foi o primeiro single retirado do mesmo, a canção atingiu o topo da Billboard K-pop Hot 100, dando-lhe seu primeiro número um na mesma. Em agosto de 2017, seu terceiro álbum de estúdio de nome White Night foi lançado e produziu os singles "Darling" e "Wake Me Up".

Por sua música e contribuições ao gênero R&B, Taeyang recebeu o título de "Príncipe do R&B coreano".[2][3] Sua habilidades vocais são elogiadas pelos críticos de música e é considerado um dos melhores vocalistas de seu país pelos mesmos.[4][5]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Infância e adolescência[editar | editar código-fonte]

Nascido e criado em Uijeongbu, Gyeonggi, Coreia do Sul, Don Yong-bae teve seu primeiro contato com a música através do piano, onde tocava música clássica de Ludwig van Beethoven e Franz Schubert.[6] Quando sua família enfrentou dificuldades financeiras, Dong mesmo em uma idade jovem, sentiu a necessidade de encontrar um emprego a fim de auxiliá-los.[7] Aos doze anos, fez uma participação como ator no filme Besame Mucho (Kiss Me Much), lançado um ano depois.[8] Em 2001 aos treze anos, Dong fez uma audição e conseguiu ser escalado para desempenhar o papel do "pequeno Sean", no vídeo musical da canção "A-yo" da dupla Jinusean. Foi através deste trabalho, que foi apresentado ao gênero Hip hop e tornou-se fascinado pelo mesmo.[9] Na ocasião, Dong conheceu Yang Hyun-suk, CEO da YG Entertainment, e pediu-lhe uma chance de se tornar um cantor. Como não obteve qualquer resposta, ele foi pessoalmente a seu escritório para conseguir seu objetivo. Dessa forma, Yang acabou lhe dando a oportunidade de realizar uma audição, onde ele foi bem sucedido e aceito a integrar a YG Entertainment como um trainee.[10] Lá conheceu o também trainee e futuro companheiro de grupo Kwon Ji-yong.

Dong passou seus primeiros anos de trainee na YG Entertainment, realizando a limpeza do estúdio para os outros artistas da agência, além de buscar garrafas de água durante suas práticas de dança, ele admitiu mais tarde, que os artistas na época não eram amigáveis com ele ou com Kwon.[7] Em 2003, ele forneceu os versos de rap para a canção "Player" do cantor Wheesung, faixa presente no segundo álbum deste último.[11]

Carreira[editar | editar código-fonte]

2006–2007: Estreia com o Big Bang[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Big Bang

Embora Dong estivesse programado para estrear ao lado de Kwon como a dupla de hip hop GDYB (com Kwon utilizando o nome artístico de G-Dragon),[12] o plano foi descartado pela YG Entertainment. Em vez disso, eles foram reunidos com outros quatro trainees (T.O.P, Daesung, Seungri e Hyun-seung) para formar o grupo Big Bang. Sua formação foi transmitida na televisão como um documentário e antes de sua estreia oficial, Hyun-seung foi eliminado e o grupo permaneceu sendo composto por cinco membros.[13] Dong inicialmente estava hesitante em ser colocado em um grupo, mas acabou se sentido confortável com os outros membros.[7] Ele escolheu utilizar o nome artístico Taeyang, que significa "sol" no idioma coreano, porque segundo o mesmo: "o sol é a estrela mais brilhante das estrelas incalculáveis ​​no universo".[14] E eventualmente acabou abandonando a ideia de fazer rap para se concentrar no canto.[15]

Para sua estreia, o Big Bang lançou três álbuns singles que precederam o lançamento de seu primeiro álbum de estúdio, Big Bang Vol.1 - Since 2007, que incluiu a canção "Ma Girl", o primeiro single solo de Taeyang.

2008–2010: Início da carreira solo e Solar[editar | editar código-fonte]

Taeyang em campanha publicitária de 2010.

Após lançar materiais com o Big Bang e contribuir para o álbum da cantora Lexy, Taeyang anunciou que iria lançar seu primeiro álbum solo em 2008. O projeto foi inicialmente previsto para o mês de setembro, no entanto foi adiado devido ao conflito de horários com seu grupo.[15] Apesar disso, ele lançou em maio, um extended play (EP) intitulado Hot, que contou com uma equipe de produtores formada por Teddy, Yang Hyun-suk, Kush e G-Dragon. Em Hot Taeyang incorporou outros estilos além do hip-hop produzido por seu grupo, adicionando canções de R&B, gênero no qual afirmou ser seu "foco principal".[15] Ainda assim, ele expressou sua decepção com o EP, admitindo que não escreveu nenhuma de suas canções. Mais tarde, afirmou que iria fazê-lo no futuro, para expressar-se plenamente e incorporar os seus pensamentos e ideias em sua música.[15] O EP produziu dois singles: "Only Look at Me" (hangul: 나만 바라 봐, rr: Naman Barabwa), uma canção escrita por Teddy e Kush[16] e "Prayer" (hangul: 기도; rr: Gido ), com participação de Teddy. Vídeos musicais foram filmados para ambos. Em apoio a Hot, Taeyang realizou a Hot Concert, seu primeiro concerto solo.[17] Mais tarde, ele recebeu os prêmios de Melhor canção R&B/Soul por "Only Look At Me" e de Melhor Álbum R&B/Soul por Hot no Korean Music Awards.[18]

Durante a maior parte do ano de 2009, Taeyang passou contribuindo com as atividades promocionais de seu grupo e após elas encerrarem-se, ele voltou ao estúdio para gravar e lançar os singles digitais, "Where U At" e "Wedding Dress",[19] com este último alcançando a terceira posição de uma pesquisa online realizada por uma estação de rádio holandesa.[20] Em 1 de julho de 2010, foi lançado seu primeiro álbum de estúdio intitulado Solar. O mesmo foi composto de duas edições, uma regular com onze faixas e uma deluxe com treze faixas e limitado a trinta mil cópias, que esgotaram-se em seu primeiro dia de vendas.[21] Ambas as versões atingiram o topo da Gaon Album Chart.[22][23] Os singles "I Need a Girl" e "I'll Be There" foram retirados de Solar, que posteriormente, foi o primeiro álbum de K-pop a ser lançado no iTunes sob o nome de Solar International (2010), contendo três canções em versões em língua inglesa.[24] Este lançamento, levou o álbum a posicionar-se na parada de Álbuns de R&B/Soul do mesmo, atingindo o topo no Canadá e de número dois nos Estados Unidos, o que rendeu a Taeyang o feito de tornar-se o primeiro artista asiático a entrar na referida parada.[25] Mais tarde ele venceu o prêmio de Melhor Artista Masculino no Mnet Asian Music Awards e Seoul Music Awards.[26]

2011–2016: Rise, primeira turnê mundial e colaborações[editar | editar código-fonte]

Taeyang apresentando-se na turnê Alive Galaxy Tour do Big Bang em 2012.

Após o lançamento de Solar em 2010, Taeyang realizou atividades promocionais como membro do Big Bang por dois anos. Quando as mesmas encerraram-se, ele focou-se na produção de seu segundo álbum de estúdio coreano. Precedendo o mesmo,[27] ele lançou o single "Ringa Linga" (hangul: 링가링가; rr: Ling-ga Ling-ga) em 13 de novembro de 2013, em formato digital, que atingiu a terceira posição da Billboard World Digital Songs e a sexta posição da Gaon Digital Chart na Coreia do Sul.[28][29] Em 3 de junho de 2014, Taeyang lançou o álbum Rise, onde o mesmo envolveu-se fortemente em sua produção, produzindo seis de suas nove faixas.[30] O álbum tornou-se o melhor posicionado de um solista coreano na Billboard 200, ao atingir a posição de número 112, com vendas de mais de três mil cópias nos Estados Unidos.[31][32] Adicionalmente, Rise atingiu o topo da Billboard World Albums e Billboard Heatseekers Albums.[33] Na Ásia, o mesmo posicionou-se em número um na Gaon Album Chart e em número dois na Oricon Albums Chart do Japão com vendas de 48.000 mil cópias.[34] As canções "Eyes, Nose, Lips" e "1AM", foram os singles lançados de Rise, ambas atingiram as posições de número um e sete, respectivamente da Gaon Digital Chart.[35] "Eyes, Nose, Lips" obteve grande desempenho de crítica e de público e tornou-se a canção de assinatura de Taeyang, a canção foi interpretada por diversos artistas, tanto coreanos cono internacionais,[36] e levou-o a vencer os prêmios de Canção do Ano nas principais premiações nacionais.[37][38][39]

Para a promoção de Rise, Taeyang realizou a Rise World Tour, sua primeira turnê mundial, que visitou nove países em dezesseis cidades na Ásia, a partir de agosto de 2014. A turnê encerrou-se em março de 2015, com um público estimado em mais de cem mil pessoas.[40] Em novembro de 2014, ele colaborou com G-Dragon em um novo projeto de Hip Hop da YG Entertainment, onde a dupla lançou a canção "Good Boy",[41][42] que recebeu críticas positivas[43] e posicionou-se em número um na Billboard World Digital Songs, tornando a dupla o terceiro artista coreano a alcançar tal feito.[44] Durante o ano de 2015, Taeyang dedicou-se as atividades promocionais do Big Bang, adicionalmente, ele ainda realizou uma participação no festival de música realizado pelo programa Infinite Challenge da MBC, formando uma equipe com G-Dragon e Kwanghee do grupo ZE:A.[45] O trio lançou a canção "Mapsosa", que atingiu a segunda posição na Gaon Digital Chart. No mesmo ano, Taeyang realizou uma participação na canção "Fear", de seu companheiro de gravadora Song Min-ho do grupo Winner, ele apresentou-se com o mesmo durante o programa Show Me The Money da Mnet.[46] O single tornou-se um dos mais vendidos do ano na Coreia do Sul.[47] Durante todo o ano seguinte, Taeyang prosseguiu com as atividades promocionais do Big Bang.

2017–presente: White Night, segunda turnê mundial e serviço militar obrigatório[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2017, a YG Entertainment anunciou que Taeyang estava trabalhando em um novo álbum a ser lançado no primeiro semestre do ano.[48][49] Em julho ele iniciou sua segunda turnê mundial, a White Night World Tour, com apresentações no Japão.[50][51] Seu terceiro álbum de estúdio, White Night, foi lançado em 16 de agosto de 2017, contendo os singles "Darling" e "Wake Me Up",[52] que atingiram as posições de número nove e cinco, respectivamente na Gaon Digital Chart e Billboard World Digital Songs.[53][54] White Night permaneceu por duas semanas consecutivas no topo da Billboard World Albums, tornando Taeyang o segundo solista de K-pop a conquistar tal feito.[54] Em 29 de outubro de 2017, ele encerrou sua turnê mundial, que visitou 23 cidades em doze países da Ásia e América do Norte.[55] No mesmo mês, ele tornou-se jurado do programa de sobrevivência Mix Nine da JTBC,[56] e posteriormente integrou o programa Livin' the Double Life da tvN.[57] Taeyang foi nomeado ainda o embaixador honorário dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 em Pyeongchang, em uma cerimônia realizada em 21 de junho.[58][59] Ele compôs a canção "Louder" especificamente para o evento, a mesma foi apresentada pela primeira vez em 1 de novembro durante a cerimonia de revezamento da tocha olímpica,[60] e lançada oficialmente em 10 de janeiro de 2018.[61].

Em 12 de março de 2018, Taeyang iniciou seu serviço militar obrigatório na 6ª Divisão de Infantaria em Cheorwon, na província de Gangwon, como um soldado do serviço ativo. Sua data de dispensa está marcada para 11 de novembro de 2019.[62]

Características artísticas[editar | editar código-fonte]

Estilo musical e influências[editar | editar código-fonte]

Por intermédio de seu irmão mais velho, Taeyang conheceu a música pop aos seis anos de idade, através da música do cantor estadunidense Michael Jackson, desde então, desenvolveu seu interesse musical influenciado principalmente por gêneros como soul e R&B.[10] Para a Billboard o cantor é "uma das raras estrelas de R&B da Coreia do Sul".[63] E apesar dele ter se tornado principalmente um cantor e dançarino do referido gênero,[64] Taeyang também é conhecido por difundir outros gêneros musicais em seus álbuns como o hip hop, soul e EDM misturados ao R&B.[65] Para a revista Dazed, seu som absorve um "estilo de influências do punk ao rap, germinando do R&B alternativo atual para sua música pop nativa e hipersônica",[14] enquanto o Allmusic descreve seu material como "sagaz, um hip hop com sabor de pop".[66]

Em seu segundo álbum de estúdio, Rise (2014), o cantor realizou uma mistura de gêneros indo do R&B e hip hop para a música eletrônica, balada e rock,[67] tendo sido influenciado pelo rappper estadunidense Kanye West.[68] Taeyang lista como suas maiores influências musicais os cantores Miguel, Frank Ocean, The Weeknd e Michael Jackson.[14] Liricamente, é conhecido como um "especialista em canções sobre o amor". Seu primeiro single, "Only Look at Me", narra um relacionamento egoísta, enquanto em "I Need a Girl" descreve sobre seu tipo ideal.[69]

Voz e apresentações ao vivo[editar | editar código-fonte]

A voz de Taeyang é frequentemente elogiada por seu tom. O crítico coreano Kim Young-dae descreveu seu timbre como "luxuoso e único, que você não podia encontrar antes dele", observando que "em vez de ter uma aura mecanicamente treinada e fria como os outros ídolos costumam exibir, ele tem um alcance emocional caloroso e completo".[70] Em 2015, foi eleito o terceiro melhor vocalista de K-pop por profissionais da indústria da música.[71]

Sua atuação no palco foi descrita como sendo feroz e de um "felino" pelo crítico Jon Caramanica do The New York Times.[72] Taeyang foi comparado como tendo os "movimentos de Chris Brown [e] os vocais suaves de Miguel".[3] Natasha A. Zachariah do The Straits Times, destacou sua proeza vocal e seu sex appeal "como os melhores traços de suas apresentações" e afirmou que seus movimentos de estilo livre mostram "por que ele é muitas vezes coroado como o rei da dança no K-pop".[73]

Prêmios e reconhecimento[editar | editar código-fonte]

Ao longo de sua carreira, Taeyang possui vendas de cerca de dez milhões, tornando-o um dos artistas de R&B sul-coreanos mais vendidos.[74][75][76][77] Por suas contribuições à cultura pop, em 23 de novembro de 2010, recebeu um prêmio durante a Cerimônia de Premiação de Cultura e Artes Populares da Coreia, realizada pelo Ministério da Cultura, Esportes e Turismo da Coreia do Sul.[78] Em 2017, foi designado a embaixador honorário dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 em Pyeongchang, sendo um dos artistas da onda coreana encarregados de exaltar as virtudes de seu país para o mundo.[79]

Com o lançamento de seu primeiro álbum de estúdio coreano, Solar (2010), o mesmo converteu-se no primeiro lançamento de K-pop a ser vendido mundialmente no iTunes como um álbum de áudio e vídeo, lançados respectivamente em 19 de agosto e 10 de setembro de 2010.[80] Seu segundo álbum de estúdio Rise (2014), se transformou no álbum mais bem posicionado de um solista coreano na parada Billboard 200.[31] Taeyang venceu dois prêmio no Golden Disc Awards,[81] três Korean Music Awards, incluindo de Músico Masculino do Ano por Voto de internautas em 2011,[82][83] três Melon Music Awards e quatro Mnet Asian Music Awards. Sua canção "Eyes, Nose, Lips" lançada em 2014, venceu o prêmio de Canção do Ano, em todas as principais premiações sul-coreanas, incluindo Gaon Chart Music Awards, Golden Disc Awards, Melon Music Awards e Mnet Asian Music Awards, tornando Taeyang o primeiro cantor de R&B a fazê-lo.[81][84][85]

Publicidade e filantropia[editar | editar código-fonte]

Em 2017, Taeyang se uniu a fabricante de automóveis Lexus, tornando-se o embaixador coreano da marca.[86] Ele compôs a canção promocional "So Good", lançada em maio, a fim de promover sua nova linha de automóveis.[87] No mesmo ano, realizou uma parceria com a casa de moda italiana Fendi, para lançar uma coleção exclusiva intitulada "Fendi for Taeyang". A linha de produtos incluiu camisetas, moletons, jaquetas, acessórios e tênis com a sua assinatura.[88]

Tanto Taeyang quanto seus fãs, realizam ações de filantropia, em 2010 parte de sua renda relacionada a álbuns, produtos, vendas de ingressos e de música digital foram doados como parte da campanha intitulada "With" da YG Entertainment.[89] Em 15 de maio de 2014, seus fãs doaram em seu nome, cerca de $5,180 dólares para a The May 18 Memorial Foundation, em comemoração a seu aniversário. No ano seguinte, eles doaram poços para ajudar a fornecer água limpa às comunidades do Camboja e Myanmar do Sudeste Asiático, por três anos consecutivos, através da organização internacional Worldshare.[90]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Taeyang ingressou na Universidade Daejin em 2008 no departamento de Teatro e Cinema,[91] mais tarde em 2016, concluiu pela mesma seu mestrado em Produção de Performances e Imagens, apresentando sua tese sobre a influência da turnê Made World Tour do Big Bang, na sustentabilidade da onda coreana.[92] Ele é um cristão devoto e possui múltiplas tatuagens inspirada pela fé, localizadas em suas costas, ombros e costelas.[93]

Em 2013 iniciou um relacionamento com a atriz Min Hyo-rin.[94][95] Em dezembro de 2017, através de suas respectivas agências, ambos anunciaram oficialmente seu casamento,[96] que ocorreu em 3 de fevereiro de 2018, em uma cerimônia privada e oficializada pelo ator Ki Tae-young.[97]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Discografia de Taeyang
Extended plays (EPs)
Álbuns de estúdio

Turnês e concertos[editar | editar código-fonte]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Filmes[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
2001 Besame Mucho
-
Participação
2016 Big Bang Made Ele mesmo Documentário

Programas de variedades[editar | editar código-fonte]

Ano Rede Título Função Notas
2013 KBS2 You Hee-yeol's Sketchbook Convidado episódio 210, com Joo Won e Go! Dandy Boy
SBS Running Man Participação especial episódio 156, com 2NE1
2014 KBS2 You Hee-yeol's Sketchbook Convidado episódio 233, com Lee Seung-chul e Gummy
2015 MBC Infinite Challenge Convidado com G-Dragon, Kwanghee e outros
Mnet Show Me the Money 4 Participação especial colaboração com Song Min-ho
JTBC Please Take Care of My Refrigerator Convidado episódios 42 e 43, com G-Dragon
2016 SBS Fantastic Duo episódios 1 e 2, com Im Chang-jung e Lee Sun-hee
2017 MBC I Live Alone episódios 218 e 219, com Seungri e Daesung
Oppa thinking episódio 15, com Kim Heung-gook
JTBC Knowing Bros episódio 90, com Song Min-ho
SBS Fantastic Duo episódios 23 e 24, com Baek Ji-young
JTBC Mix Nine Jurado com Seungri, Zion.T e outros
2017–2018 tvN Livin' the Double Life Membro com CL e Oh Hyuk

Aparições em vídeos musicais[editar | editar código-fonte]

Ano Título da canção Artista
2001 "A-yo" Jinusean
2003 "Hot" 1TYM
2010 "High High" GD&TOP
"Fall in Love" Thelma Aoyama
2011 "Tomorrow" Tablo
2012 "One of a Kind" G-Dragon
"MichiGO"
2013 "The Baddest Female" CL

Referências

  1. Russell, Mark (29 de abril de 2014). K-Pop Now!: The Korean Music Revolution. [S.l.]: Tuttle Publishing. p. 34. ISBN 978-1-4629-1411-1 
  2. «2015 TAEYANG WORLD TOUR [RISE] in HONG KONG». ELF ASIA. Consultado em 23 de maio de 2017. 
  3. a b «Interview: Taeyang». Time Out: Hong Kong. 6 de janeiro de 2015. Consultado em 23 de maio de 2017. 
  4. «아이돌 최고의 보컬리스트는 누구인가» (em coreano). Naver. Consultado em 23 de maio de 2017. 
  5. Jinkerson, Lauren (17 de março de 2015). «The 10 best male vocalists in K-pop». DramaFever News. Consultado em 23 de maio de 2017. 
  6. Huynh, Davis. «Taeyang: No Boundaries». Hypebeast. Consultado em 23 de maio de 2017. 
  7. a b c «[Star Timeline] "YOUNG BAE Music": TAEYANG devotes half his life to music». YG Life. 17 de junho de 2014. Consultado em 23 de maio de 2017. 
  8. «빅뱅, G드래곤·태양 알고보니 아역배우 출신» (em coreano). www.nocutnews.co.kr. 4 de dezembro de 2006. Consultado em 23 de maio de 2017. 
  9. «Taeyang Profile» (em coreano). Naver. Consultado em 31 de janeiro de 2010. 
  10. a b Chung Ah-young (13 de fevereiro de 2009). «Big Bang Reveals Self-Fulfilment Strategies». The Korea Times. Consultado em 24 de maio de 2017. 
  11. '태양'이 누구인가요? (em coreano). Nate. 30 de julho de 2008. Consultado em 31 de janeiro de 2010.. Arquivado do original em 9 de outubro de 2011 
  12. '준비된 그룹' 빅뱅, 대폭발 예고 (em coreano). Sports Chosun. Consultado em 15 de janeiro de 2010. 
  13. «Big Bang Profile». KBS World. 13 de junho de 2008. Consultado em 15 de janeiro de 2010.. Arquivado do original em 18 de outubro de 2008 
  14. a b c Ji, Un Nah (2 de junho de 2014). «BIGBANG's Taeyang on nosebleeds, tattoos and true art». Dazed Digital. Consultado em 11 de maio de 2016. 
  15. a b c d 동영배를 들어라, 빅뱅 '태양' (em coreano). Nate. 13 de junho de 2008. Consultado em 31 de janeiro de 2010. 
  16. «재경일보». news.jkn.co.kr. Consultado em 26 de dezembro de 2015. 
  17. «Big Bang Members Branch Out as Soloists». koreatimes. 20 de julho de 2008. Consultado em 26 de dezembro de 2015. 
  18. «빅뱅 태양, 대중음악상 2관왕…"좋은 음악으로 보답" - 노컷뉴스». www.nocutnews.co.kr (em coreano). 12 de março de 2009. Consultado em 26 de dezembro de 2015. 
  19. «Big Bang members to continue solo career». The Korea Herald. 30 de março de 2010. Consultado em 26 de dezembro de 2015. 
  20. «페이지를 찾을 수 없습니다.». KBS World. Consultado em 26 de dezembro de 2015. 
  21. «K-POP News/Entertainment/Program/KBS World Radio». KBS World. Consultado em 26 de dezembro de 2015. 
  22. «2010년 29주차 Album Chart». Gaon Chart. 10 de julho de 2010 
  23. «2010년 36주차 Album Chart». Gaon Chart. 28 de agosto de 2010 
  24. «Solar Flare Up : Big Bang's < Taeyang > Shines Bright on Brand New 'International' Release - Projects - DFSB Kollective». DFSB. Consultado em 26 de dezembro de 2015. 
  25. «태양, 캐나다-미국-일본 아이튠즈 차트 '톱5'». 네이트뉴스 (em coreano). Consultado em 26 de dezembro de 2015. 
  26. Hicap, Jonathan M. (29 de novembro de 2010). «2NE1 wins MAMA Artist, Album of the Year». Manila Bulletin. Consultado em 26 de dezembro de 2015.. Arquivado do original em 25 de dezembro de 2010 
  27. «[Album Review] Taeyang – 'Rise'». Allkpop. 6 de junho de 2014. Consultado em 11 de maio de 2016. 
  28. «Billboard's World Digital Singles Chart: Singles». Billboard. 23 de novembro de 2013. Consultado em 22 de julho de 2016. 
  29. «2013년 47주차 Digital Chart». Gaon Chart. Consultado em 22 de julho de 2017. 
  30. «BIGBANG's Taeyang on nosebleeds, tattoos and true art». Dazed. 2 de junho de 2014 
  31. a b «K-Pop Star Taeyang Hits Billboard 200». Billboard. 12 de junho de 2014. Consultado em 12 de junho de 2014. 
  32. «TAEYANG IS RANKED 112TH ON BILLBOARD 200 CHART… HIGHEST-EVER RECORD FOR KOREAN MALE SINGER». YG Life. 13 de junho de 2014. Consultado em 13 de junho de 2014. 
  33. «BIGBANG's Taeyang Hits Billboard 200, Tops K-Pop Hot 100 With 'Eyes, Nose, Lips'». Billboard. Consultado em 26 de dezembro de 2015. 
  34. «Big Bang Taeyang's Solo Album Ranks Second on Japan Oricon Chart». KpopStarz. 19 de agosto de 2014. Consultado em 11 de maio de 2016. 
  35. «2014 Gaon Digital Chart - Week 24». Gaon Chart. Consultado em 8 de julho de 2017. 
  36. «Best Covers of Taeyang's Eyes, Nose, Lips». SeoulSync. Consultado em 30 de julho de 2017. 
  37. «Mnet Asian Music Awards 2014 Winners». Mnet Asian Music Awards. Consultado em 28 de janeiro de 2015. 
  38. «Winners from the '2014 MelOn Music Awards'!». Consultado em 23 de julho de 2017. 
  39. «Winners from the '29th Golden Disk Awards' (Day 1)!». Allkpop. 14 de janeiro de 2015. Consultado em 23 de julho de 2017. 
  40. Ahn, Woorim (2 de março de 2015). «Taeyang Wraps Up His World Tour». International BNT News. Consultado em 11 de maio de 2016. 
  41. «YG HIPHOP PROJECT 1 "G-DRAGON"». YG LIFE. yg-life.com. 17 de novembro de 2014. Consultado em 31 de janeiro de 2015. 
  42. «YG HIPHOP PROJECT 1 "GD X TAEYANG». YG LIFE. yg-life.com. 18 de novembro de 2014. Consultado em 31 de janeiro de 2015. 
  43. Fuse Staff (8 de dezembro de 2014). «41 Best Songs of 2014». Fuse. Consultado em 31 de janeiro de 2015. 
  44. Benjamin, Jeff (1 de dezembro de 2014). «G-Dragon & Taeyang's 'Good Boy' Debuts at No. 1 on World Digital Songs». Billboard. Consultado em 31 de janeiro de 2015. 
  45. «'Infinity Challenge Music Festival' features performances by Taeyang, G-Dragon, IU, Zion.T and more!». Allkpop. Consultado em 11 de maio de 2016. 
  46. «Mino and Taeyang face off with Black Nut and Jessi in 'SMTM 4' semifinals». Allkpop. Consultado em 11 de maio de 2016. 
  47. «Gaon Chart Digital Chart 2015». Gaon Chart. Consultado em 11 de maio de 2016. 
  48. «[Exclusive] GD&TAEYANG confirmed to come back as solo artists… BIGBANG is coming again». YG Life. 13 de janeiro de 2017. Consultado em 28 de março de 2017. 
  49. «[뮤직톡톡]빅뱅, 탑 입대로 공백? 개별 활동 쏟아진다». OSEN. Consultado em 28 de março de 2017. 
  50. «Taeyang heats up Chiba on 'White Night' world tour». Herald Corporation. 10 de julho de 2017. Consultado em 29 de julho de 2017. 
  51. «태양, 두번째 월드투어 'WHITE NIGHT' 개최 확정». MK News. 3 de julho de 2017. Consultado em 6 de julho de 2017. 
  52. Herman, Tamar (16 de agosto de 2017). «BIGBANG's Taeyang Drops 'White Night' Album». Billboard. Consultado em 18 de agosto de 2017. 
  53. «2017년 33주차 Digital Chart». Gaon Chart. Consultado em 24 de agosto de 2017. 
  54. a b «Taeyang's 'White Night' Rules World Albums Chart for 2nd Week». Billboard. 29 de agosto de 2017. Consultado em 24 de outubro de 2017. 
  55. «BIGBANG′s Taeyang to Hold First North America Tour». Mwave. Consultado em 29 de julho de 2017. 
  56. «[Exclusive] TAEYANG to Appear on Mix Nine along with YANG HYUN SUK as Judges». YG Life. 29 de setembro de 2017. Consultado em 24 de outubro de 2017. 
  57. «태양-씨엘-오혁, 화려한 뮤지션들의 일상이 공개된다!». Naver. 25 de outubro de 2017. Consultado em 1 de novembro de 2017. 
  58. «Honorary Ambassadors- Taeyang». pyeongchang2018. Consultado em 25 de outubro de 2017. 
  59. «빅뱅 '태양', 평창동계올림픽 홍보대사 위촉» (em coreano). Chosun. 21 de junho de 2017. Consultado em 25 de outubro de 2017. 
  60. «BIGBANG's Taeyang To Reveal New Music For 2018 PyeongChang Olympics». Soompi. Consultado em 1 de novembro de 2017. 
  61. «BIGBANG's Taeyang Releases Pyeongchang Olympics Cheer Track 'Louder'». Billboard. 10 de janeiro de 2018. Consultado em 13 de março de 2018. 
  62. «'빅뱅' 태양, 12일 강원도 철원 6사단 청성신병교육대 입소» (em coreano). Naver. 5 de março de 2018. Consultado em 13 de março de 2018. 
  63. Benjamin, Jeff (2 de junho de 2014). «BIGBANG's Taeyang Brings Adult-R&B Sound for New Solo Single 'Eyes, Nose, Lips': Watch». Billboard. Consultado em 23 de maio de 2017. 
  64. Cho, Jaeki (26 de setembro de 2014). «Interview: Taeyang Talks "Rise," Individuality in K-Pop and Life After YG Entertainment». Complex Magazine. Consultado em 7 de março de 2017. 
  65. Herman, Tamar (2 de outubro de 2015). «10 K-pop Albums for People Who Don't Like K-pop». Paste Magazine. Consultado em 7 de março de 2017. 
  66. Thomas, Fred. «Taeyang – Artist Biography». AllMusic. Consultado em 6 de maio de 2017. 
  67. «네이버 뉴스» (em coreano). Naver. Consultado em 23 de maio de 2017. 
  68. Benjamin, Jeff. «K-Pop Singer/Rapper Taeyang Talks "Moody" R&B, Calls Kanye West a Genius». Fuse. Consultado em 23 de maio de 2017. 
  69. «[태양 컴백③] '나만→눈코입→달링' 태양이 들려준 러브스토리» (em coreano). OSEN. 15 de agosto de 2017. Consultado em 20 de agosto de 2017. 
  70. Kim, Young Dae. «아이돌 최고의 보컬리스트는 누구인가» (em coreano). Ize Magazine. Consultado em 7 de março de 2017. 
  71. «가요관계자들이 뽑았다! 아이돌 보컬 BEST 10» (em coreano). TV Report. Consultado em 9 de março de 2017. 
  72. Caramanica, Jon (12 de outubro de 2015). «Review: BigBang, Following the K-Pop Playbook With Flash». The New York Times. Consultado em 6 de maio de 2017. 
  73. Zachariah, Natasha Ann (10 de fevereiro de 2015). «Concert Review: Taeyang sizzles even without BigBang». The Straits Times. Consultado em 6 de maio de 2017. 
  74. «Music Industry Association of Korea». Korea Music Industry Association. Arquivado do original em 18 de dezembro de 2008 
  75. «Gaon Chart History». Korea Music Industry Association. Gaon Chart 
  76. «BIGBANG 歌手_乐库频道_酷狗网». China Music Corporation. KuGou 
  77. «Oricon Chart History». Oricon Inc. Oricon Chart 
  78. «Big Bang's Taeyang and Siwon Received Award for Contribution to Pop Culture». 23 de novembro de 2010. Consultado em 19 de agosto de 2018. 
  79. «BIGBANG's Taeyang named honorary ambassador for PyeongChang 2018». Yonhap News Agency. 21 de junho de 2017. Consultado em 19 de agosto de 2018. 
  80. «Solar Flare Up: Big Bang's Taeyang's Shines Bright on Brand New 'International' Release». DFSB Kollective. 25 de agosto de 2010. Consultado em 19 de agosto de 2018. 
  81. a b «Winners from the '29th Golden Disk Awards' (Day 1)!». Allkpop. Consultado em 19 de agosto de 2018. 
  82. «6th Korean Music Awards Winners». Consultado em 31 de janeiro de 2016. 
  83. «8th Korean Music Awards Winners». Consultado em 31 de janeiro de 2016. 
  84. «Winners from the '2014 MelOn Music Awards'!». Consultado em 19 de agosto de 2018. 
  85. «Mnet Asian Music Awards 2014 Winners». Mnet Asian Music Awards. Consultado em 31 de janeiro de 2016.. Arquivado do original em 4 de maio de 2015 
  86. «빅뱅 태양, 렉서스 코리아 홍보대사 발탁» (em coreano). Starin edaily. Consultado em 28 de março de 2017. 
  87. «BIGBANGのSOL、LEXUS Koreaのブランドソング「So Good」MV公開…自由で情熱的な姿に注目!» (em coreano). Kstyle News. 15 de maio de 2017. Consultado em 21 de junho de 2017. 
  88. Skinner, Katie (22 de junho de 2017). «Big Bang's Taeyang Teases Photos Of New Fendi Collection (Ready To Spend $9K?)». Billboard. Consultado em 1 de julho de 2017. 
  89. «Big Bang, 2ne1, Se7en – YG donates large sum of money». Consultado em 6 de julho de 2017. 
  90. «Taeyang fans donate clean water to Myanmar and Cambodia». Korean Herald. 19 de maio de 2015. Consultado em 6 de julho de 2017. 
  91. «빅뱅 태양 대진대 연극영화학부 수시 지원» (em coreano). Newsen. 13 de novembro de 2007. Consultado em 25 de outubro de 2017. 
  92. «Taeyang's thesis for his Masters on [MADE] World Tour and the Korean wave made available to download online». Allkpop. 2 de julho de 2017. Consultado em 25 de outubro de 2017. 
  93. «11 Sexy Male Idols with Sexier Tattoos». Allkpop. Consultado em 26 de dezembro de 2015. 
  94. «Idol singer Taeyang dating actress Min Hyo-rin». The Korea Times. 3 de junho de 2015. Consultado em 24 de abril de 2016. 
  95. Kim, JiYeon (2 de junho de 2015). «YG Confirms Big Bang Taeyang and Min Hyo Rin′s Relationship». CJ E&M. Consultado em 24 de abril de 2016. 
  96. Kim, So-yeon (18 de dezembro de 2017). «Taeyang, Min Hyo-rin to marry». The Korea Herald. Consultado em 13 de março de 2018. 
  97. «Taeyang and Min Hyo Rin get married in lavish wedding inspired by Twilight». Metro. 3 de fevereiro de 2018. Consultado em 13 de março de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Taeyang